A Tormenta de Espadas, Crónicas de Gelo e Fogo #5


O texto seguinte pode conter spoilers do livro “A Tormenta de Espadas”, quinto volume da série Crónicas de Gelo e Fogo

As Crónicas do Gelo e do Fogo são um marco na literatura fantástica mundial. George R. R. Martin, nascido em Nova Jérsia, foi fã de bandas desenhadas ao longo de toda a juventude, o que o conduziu numa carreira como guionista. Trabalhou em Hollywood como roteirista e produtor, e escreveu alguns romances de terror e fantasia, sendo que atingiu o auge da popularidade ao escrever A Song of Ice and Fire.

Tal popularidade deve-se a uma escrita fluída, descritiva mas sedutora. Marca pela suavidade com que as suas palavras jorram, saborosas, linha atrás de linha, conduzindo o leitor numa viagem alucinante.

Em Portugal, cada um dos volumes desta saga foi dividido em dois, e mesmo estes têm mais de 500 páginas cada, sendo que o original compreende cerca de 1000 páginas por tomo. Os primeiros quatro volumes, versão portuguesa, devorei-os em versão e-book, por isso não fiz uma análise detalhada sobre eles. Martin destaca-se pela originalidade que imprimiu na sua obra, fazendo uma obra de fantasia parecer credível. Nos primeiros volumes, vemos poucos elementos fantásticos, se sonegarmos estar num mundo criado de raiz pelo autor, a existência de dragões e de forças ocultas como “Os Outros”, uma espécie de zombies que vivem para lá da muralha de gelo.

sem-titulo
Capa Saída de Emergência

 

O autor também não poupa os protagonistas. Muitos dos personagens que protagonizaram os primeiros volumes acabaram por morrer de forma violenta e frustrante. Agora, os sobreviventes são capazes de tudo para reclamar o Trono de Ferro e dominarem todo o continente de Westeros. Stark e Lannister, Baratheon, Targaryen, Greyjoy, Bolton, Frey, Martell ou Tyrell. Muitas são as famílias com uma palavra a dizer nesta guerra.

A Tormenta de Espadas é o terceiro volume original e o quinto em português. Depois de os anteriores volumes pecarem pelo arrastar da história e pela falta de acontecimentos determinantes, este volume revoluciona tudo. No norte gelado, Jon Snow conhece finalmente o temível Rei-Para-Lá-Da-Muralha, ao mesmo tempo em que vive um dilema amoroso ao apaixonar-se por uma selvagem inimiga. Jaime Lannister, o arqui-inimigo dos nobres Stark e um dos principais vilões da história, ganha Pontos de Vista e também a admiração do leitor. Afinal, o Regicida também tem coração.

sem-titulo
Daenerys Targaryen (Dorkly)

Samwell Tarly é outro dos personagens a ganhar Pontos de Vista neste volume. Convencido que é um cobarde e que todos são mais corajosos que ele, acabará por ter um papel determinante nesta história. Tyrion Lannister, o personagem mais cativante da saga, perde protagonismo neste volume, mas o Duende ainda respira, e embora neste momento seja um peão nas mãos do pai, derrotado pela Batalha da Água Negra e pelas suas deformidades físicas cada vez mais acentuadas, ainda poderá fazer o jogo mudar para o seu lado. Catelyn Stark continua a apoiar o filho nas suas investidas, embora depois de libertar Jaime, as suas palavras pareçam ocas aos ouvidos dos seus vassalos.

Os seus filhos passam por grandes dificuldades: Robb falhou a uma promessa, e terá que sofrer as consequências; Arya encontrará amigos, mas serão eles de confiança?; Bran e Rickon perambulam no Norte, depois da destruição de Winterfell – chegarão a bom porto?; e por fim Sansa, ingénua e iludida, terá que lidar com a maior surpresa deste volume. Do outro lado do Mar Estreito, Daenerys Targaryen começa a construir o seu império e o seu exército, sabendo que o Trono de Ferro a espera, assim como um sem número de inimigos em Westeros. No entanto, a traição pode estar ao virar da esquina.

Esta saga é uma leitura empolgante. Apesar de serem muitos volumes, lêem-se rapidamente. O meu volume, da Saída de Emergência, edição de 2008, tem 540 páginas e aconselho vivamente a quem ainda não leu.

Entretanto, já estou a devorar a Glória dos Traidores.

Avaliação: 9/10

As Crónicas de Gelo e Fogo (Saída de Emergência):

#1 A Guerra dos Tronos

#2 A Muralha de Gelo

#3 A Fúria dos Reis

#4 O Despertar da Magia

#5 A Tormenta de Espadas

#6 A Glória dos Traidores

#7 O Festim dos Corvos

#8 O Mar de Ferro

#9 A Dança dos Dragões

#10 Os Reinos do Caos

 

Anúncios

5 thoughts on “A Tormenta de Espadas, Crónicas de Gelo e Fogo #5

  1. Pingback: TAG – Os Cavaleiros do Apocalipse – Nuno Ferreira

  2. Pingback: A Glória dos Traidores – Nuno Ferreira

  3. Pingback: E Pronto… Já Está! (Crónicas do Gelo e do Fogo) Parte Dois – Nuno Ferreira

  4. Pingback: E pronto… Já está! (Crónicas do Gelo e do Fogo) Parte Um – Nuno Ferreira

  5. Pingback: Como Erikson, Sanderson e companhia esmagaram os orcs – Nuno Ferreira

feedback

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s