Adeus 2014, Olá 2015


Numa onda de fazer balanços literários, não podia deixar de fazer uma lista dos livros que li em 2014 e divulgar então a minha tão falada wishlist dos livros que quero ler no próximo ano. Este não foi um ano de muitas leituras, ainda assim consegui o objetivo de ler livros de grandes autores e experimentar um pouquinho de todos os géneros. Experiência que quero repetir no próximo ano.

Aqui fica a lista dos livros que li em 2014:

Espada e Cimitarra – Simon Scarrow

O Pistoleiro, A Torre Negra #1Stephen King

A Cúpula #1Stephen King

Conan e O Demónio de FerroRobert E. Howard

O Enigma de AristótelesMargaret Doody

A Escolha dos Três, A Torre Negra #2Stephen King

O Vale dos Cinco LeõesKen Follett

O Palácio da Meia-NoiteCarlos Ruiz Zafón

O Aprendiz de Assassino, Saga do Assassino #1Robin Hobb

A Lâmina na Alma, Tigana #1Guy Gavriel Kay

Alabardas, Alabardas, Espingardas, EspingardasJosé Saramago

Eu Sou DeusPedro Chagas Freitas

As Mentiras de Locke Lamora, The Gentleman Bastards #1Scott Lynch

O ProcessoFranz Kafka

Os Anos de Ouro da Pulp Fiction PortuguesaOrg. Luís Filipe Silva

Quinze livros lidos em 2014. Não foram muitos mas não é uma média nada má tendo em conta os meus hábitos de leitura em anos anteriores. Tendo em conta a minha ocupação paralela de escritor – que é a minha grande prioridade nos tempos livres – é um balanço bem positivo. E tive a oportunidade de conhecer livros de autores muito conhecidos pela primeira vez. Encontro-me a ler a maravilhosa antologia Lisboa no Ano 2000, mas como só o concluirei no novo ano, já constará das leituras de 2015.

Tigana

Objetivos literários para 2015:

Continuar a ser selectivo nos livros que adquiro e que leio, explorar autores bastante conceituados que ainda não tive a oportunidade de ler, e conhecer novos autores, de preferência autores nacionais. Mal conclua o livro Lisboa no Ano 2000, dedicar-me-ei aos livros entretanto começados: O Espião que saiu do Frio de John le Carré e Mares de Sangue de Scott Lynch. Que excelente maneira de começar o ano, não?! Entretanto fui elaborando uma lista de livros que quero muito ler, alguns já o tenho em formato digital, outros pretendo vir a adquirir no decorrer deste ano ou dos próximos. Duna Saga de Frank Herbert é uma leitura que me atrai, uma vez que o tenho em digital e pretendo conhecer mais de ficção científica, acho que é uma excelente forma de o fazer. John Carter de Edgar Rice Burroughs é também um livro sobre o qual tenho muita curiosidade, embora me pareça não ter tanta qualidade quanto o mundo de Herbert. Tenho na wishlist a segunda parte de Os Pilares da Terra e até a trilogia O Século de Ken Follett, mas para além de os livros serem muito caros, tenho lido Folett todos os anos, pelo que talvez 2015 seja a altura de fazer uma pausa deste autor. Um autor que descobri melhor este ano e que entrou diretamente para os meus escritores favoritos foi Stephen King. Se este ano li três livros dele, no próximo ano quero repetir a façanha. A Cúpula #2 está nos meus planos, assim como A Lenda do Vento, volume isolado da saga A Torre Negra. Claro que se for publicado mais algum livro dessa saga, entrará de imediato nas minhas prioridades. Prioridades são também A Voz da Vingança, segunda e última parte da história de Tigana, não por ter gostado muito do primeiro livro, mas porque não quero ficar com a história a meio. Pretendo também continuar a Saga do Assassino de Robin Hobb. O primeiro livro não me conquistou, mas quero continuar, pelo menos esta primeira saga de cinco livros. Em 2015 tenciono ler, pelo menos, O Punhal do Soberano e A Corte dos Traidores. Nos meus planos está também voltar a ler um livro de George R. R. Martin e outro de Bernard Cornwell. Para além das Crónicas de Gelo e Fogo nunca li outro livro de Martin, nem mesmo os contos e histórias paralelas dos Sete Reinos. E não me parece que este seja o ano em que isso aconteça. Estou mais virado para conhecer outros romances do autor e Sonho Febril é a minha eleição. De Cornwell não tenho grande paciência para começar uma das suas sagas, nem Nathaniel Starbuck nem Os Senhores da Guerra, que ainda gostaria de vir a ler. Gostaria de ler um romance isolado, como 1356 ou Waterloo. Como é óbvio que alguns destes livros irão ficar para o ano seguinte, porque gosto de ir entremeando géneros literários e estão sempre a sair coisas novas, quero também ler alguns livros bem antigos que tenho por casa e nunca lhes peguei, e conhecer novos autores nacionais. Percorrer um pouco todos os géneros que me agradam.

A nível das “Histórias Vermelhas de Zallar”, este foi um ano produtivo com o lançamento do meu primeiro livro, “Espada que Sangra”. A sequela, “Garras Gélidas”, está em fase de revisão e será lançado se tudo correr como o previsto, no segundo semestre de 2015. Em breve terão mais novidades sobre o mesmo.

Boas entradas, e excelentes leituras.

Anúncios

14 thoughts on “Adeus 2014, Olá 2015

  1. Ena, tanto livro para 2015!

    Espero que consigas cumprir os obejctivos e cá estarei para ir acompanhando as leituras. E não só, pois espero que o Garras Gélidas seja publicado como previsto e que seja também um sucesso.

    beijinhos e bom ano!

    1. Eu também espero conseguir ler isso tudo, mas o que não conseguir fica para o ano seguinte, até porque sei que vão sempre aparecer coisas novas 😀 Quanto ao Garras Gélidas, estou confiante 🙂
      Obrigado Sofia, beijinho
      Feliz Ano Novo.

  2. Anónimo

    Ois Nuno,

    Ora bem aqui está a prova que és bastante organizado, mas tambem que lês pouco, como é possível ? Queres é namorar 😛

    Mas fico contente que até tenhas lido mais que o habitual e espero que 2014, que te trouxe algo tão bom como é publicar um livro e ver que a malta gostou, tenha sido um ano que te faça ler ainda mais, penso que consegues ler mais em 2015 que começa sem duvida da melhor maneira, boas escolhas sem duvida, gostei de ambos 🙂

    E quanto ao “Garras Gélidas, muita sorte e ficarei muito contente se a previsão se concretizar, venham essas novidades 🙂

    Abraço e bom ano

    1. Obrigado, Anónimo Fiacha 🙂
      Sim, normalmente é difícil para mim ler mais do que um livro por mês, e este ano o balanço final superou as minhas expectativas. Tenho muito que me entretenha xD
      Abraço e que 2015 também te traga muitas boas leituras

  3. Olá Nuno

    Podes ter lido pouco, segundo a opinião de alguns, no entanto leste bons livros, pelo menos alguns que conheço.
    Também para mim foi um ano de poucas leituras, e não faço muitos planos para 2015, seja o que for … é claro que há escritores que lerei de certeza, basta dizer que espero começar em Janeiro com o teu livro 🙂

    Tudo de bom e muito sucesso em 2015 para ti. beijinhos

    1. Olá São, antes de mais obrigado pelo comentário!!
      Partilho da tua opinião, foram poucos mas bons 😀
      Fico contente que comeces o novo ano com o meu livro, ficarei à espera da tua opinião.
      Obrigado e beijinhos
      Tem uma boa passagem de ano e um 2015 à tua medida. 🙂

  4. Catia valente

    Olá Nuno!!

    Sinto-me tão ignorante depois de ler esta publicação… caramba, ainda tenho tanto para ler para poder trocar ideias…

    Das tuas leituras de 2014 não li nada, mas este ano quero ler alguns livros do Stephen King que o meu irmão tem lá por casa.
    Também queria ler Os pilares da Terra, mas aquele homem escreve tanto… (como tu) que me assusta. É uma leitura fácil? Bom ritmo? Vi a série, gostei muito e também já me recomendaram várias vezes esse autor.

    Apesar de nem sempre cumprir os meu planos, tenho em mente para 2015 acabar o teu livro, continuar as Crónicas de gelo e fogo, aventurar-me na terra média e o resto logo se vê. Comprei muitos livros este ano, então não vão faltar opções.

    Beijinho e bom ano 😉

    1. Não te sintas ignorante, Cátia! Já leste outras coisas que eu não li, viveste coisas que eu não vivi, por isso…
      Acho que fazes muito bem em conhecer melhor King este ano, eu quero continuar a ler cada vez mais os livros dele xD De Tolkien li os Senhor dos Anéis, Hobbit e Silmarillion, não desgostei mas o grande mérito dele é mesmo o fantástico mundo que criou e que serviu de inspiração para milhares de autores em todo o Mundo.
      Quanto à escrita do Follet, aconselho, é muito acessível 😀 Há passagens mais monótonas mas a ação recompensa bem 😀
      Aproveita para ler os livros todos que tens por casa. 😛
      Mega Kiss!!!

  5. Olá Nuno!

    Também leste belos livros em 2014, entre eles o do Locke e o do Fitz. Belos momentos, aqueles em que descobri pela primeira vez esses universos e personagens! =)
    Gostei dos teus objetivos para este ano. Bernard Cornwell é fantástico; espero que gostes. Já leste Stephen Lawhead? A perspetiva dele em relação ao rei Artur é fantástica; a narração, bela.

    E gosto muito do novo aspecto do blog; está cheio de personalidade!

    Beijinhos e Bom Ano!!!

  6. Anónimo

    Olá, Nuno! Antes de mais um bom ano! Ainda é uma lista considerável. Tenho curiosidade em ler “A Cúpula”. Aliás, Stephen King é um dos autores que queria “estrear”. Também estou a planear ler “Duna”. Vamos ver se o conseguimos fazer em 2015. Boas leituras e força para a publicação da saga!
    bjs

    1. Olá! Acho que fazes muito bem em experimentar King e a Cúpula é muito bom 😀
      Sim, quero muito ler Duna, será a leitura digital quando terminar Mares de Sangue 🙂
      Obrigado pela força.
      Abraço. 🙂

Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s