The Walking Dead: TV vs BD #2


A pergunta que vos trago hoje é: é possível ser fã de The Walking Dead sem nunca ter lido uma bd? A minha resposta é: sim, completamente. No entanto, saber o percurso dos personagens na banda desenhada que deu origem à série de TV confere um interesse adicional ao programa, uma vez que, embora o percurso do grupo seja praticamente igual, nunca são os mesmo personagens a morrer (embora as formas de morte sejam idênticas) e existem sempre desvios e enredos adicionados pelos diretores da série.

Os personagens de que hoje vou falar são Andrea e Dale.

AndreaDale

Na série de TV, Andrea é a “ovelha negra” do grupo original. Foi encontrada por Rick e Glenn no segundo episódio do programa, quando ela e um grupo ficam aprisionados dentro de uma loja. Quando o grupo encurralado, onde se incluem T-Dog e Daryl Dixon se salvam da fúria demolidora dos walkers em Atlanta, são levados a um acampamento. Dale é um dos elementos do grupo, um velho com chapéu e balde de pescador que decidiu passar o resto da vida com a esposa na sua caravana, mas ela acabou por morrer de cancro. Lá, ela reencontra a sua irmã mais nova, Amy. No entanto, um ataque de mortos-vivos faz com que a sua irmã seja transformada e é obrigada a matá-la. O grupo de sobreviventes encontra abrigo no Centro de Controle de Doenças, onde descobrem que o vírus está espalhado pelo ar e todos estão infetados, ou seja, basta morrer para se transformar automaticamente em walker. Quando o CDC está prestes a explodir, Andrea decide ficar para morrer, mas Dale convence-a a salvar-se. Na segunda temporada, o grupo perde Sophia, a filha de Carol, e unem-se para a encontrar. Quando Carl leva um tiro acidentalmente, o grupo é levado para a fazenda dos Greene, onde Hershel salva o menino. Ali, os laços estreitam-se com aquela família, e a relação de amizade entre Andrea e Dale desenvolve-se. Apesar de ela ser a “bad-girl” do grupo, o velho consegue sempre dar-lhe um pouco de sensatez. Pelo caminho, Andrea envolve-se com Shane, para desagrado de Dale. Quando Beth, a filha mais nova de Hershel, se quer suicidar, Andrea deixa-a sozinha, dando-lhe a liberdade para o fazer. Apesar de Beth escolher viver, Maggie proibiu Andrea de entrar na sua casa. Dale é esventrado por um walker (Daryl dá-lhe um tiro na cabeça para que não se transforme) e Andrea reconhece a razão das suas palavras e chora por ele. Mais tarde, a fazenda é invadida por walkers e o grupo foge com os Greene sobreviventes, deixando-a para trás. Sobrevivendo pela floresta, ela encontra uma mulher usando uma katana, com dois walkers amarrados a ela como companhia. Na terceira temporada percebemos que essa mulher é Michonne, que usa os corpos de dois walkers sem braços nem dentes, para poder andar entre os walkers sem ser detetada. As duas encontram Woodbury, uma cidade fortificada e forte promessa de sobrevivência humana. Lá, são apresentadas ao Governador. Apesar de Michonne se mostrar relutante, Andrea se apaixona pelo homem. Enquanto a sua amiga decide abandonar a cidade e se junta ao grupo de Rick, Andrea permanece com o Governador, e pouco a pouco vai percebendo a sua mente doentia. Depois de várias tentativas frustradas de escapar às mãos do tirano e de alertar o grupo de Rick para a ameaça iminente, acaba por ser apanhada por ele e levada para uma sala da tortura. Milton, o braço direito do Governador, que o traíra, é obrigado a matá-la para redimir-se. Como não consegue fazê-lo, o Governador mata-o e deixa-o transformar-se, fechado na mesma sala que Andrea. Quando Rick e os seus companheiros chegam para a salvar, já ela está mordida pelo walker. Depois de uma emocionante despedida, ela pede a arma de Rick e dá um tiro nela própria para não se transformar. Assim ela morreu no último episódio da terceira temporada.

AndreaDale

Na banda-desenhada o grupo de Atlanta começa mesmo quando Dale encontra as irmãs Amy e Andrea a montarem o seu acampamento. Pouco a pouco o resto dos sobreviventes se junta ao grupo, onde aprendem a manejar armas para a sua própria sobrevivência. Durante um ataque de walkers ao acampamento, Amy é mordida e Andrea dá um tiro à irmã para que ela não se transforme, tal como na série de televisão. Durante a breve estadia na fazenda de Hersel (na série durou uma temporada inteira), a relação entre Dale e Andrea estreitou-se e tornaram-se amantes. Se na série, Dale é morto durante a estadia na fazenda, na banda desenhada ele viveu muito mais. O grupo muda-se para a prisão com os Greene, e Andrea foi com eles. Um dos prisioneiros sobreviventes ataca Andrea e corta-lhe parte da orelha, na tentativa de a decapitar. Arraiais postos na prisão, Dale e Andrea decidem abandonar o grupo, mas acabam por ali ficar, tornando-se uma espécie de pais adoptivos para os gémeos Billy e Ben quando o pai deles, Allen, é morto. Quando o Governador descobre a existência da prisão, Andrea ensina todos a atirar de modo a poderem defender-se de uma investida do inimigo. Quando regressa de uma saída para procurar armas de uma base militar nas imediações, descobre que Dale foi mordido por um walker e Rick é obrigado a decepar-lhe a perna para o salvar (o equivalente ao que aconteceu com Hershel na série). Durante o primeiro ataque do Governador à prisão, Andrea leva um tiro de raspão no rosto, gerando-lhe outra cicatriz, e Dale convence-a a abandonarem a prisão. No segundo ataque (o devastador ataque do Governador na mid-season finale da 4.ª temporada), Andrea regressa para ajudar e mata muitos dos homens do Governador. Ela e Dale estavam a viver na fazenda de Hershel e é para lá que ela conduz o grupo após a queda da prisão. Ali, Dale pretende viver o resto da vida tranquilamente, mas as suas convições são abaladas quando surge Abraham, Rosita e Eugene, com a esperança de uma cura em Washington. Rick decide segui-los e o grupo abandona a fazenda. Pelo caminho, um dos irmãos gémeos que o casal cuidava assassina o outro irmão (suspeita-se que Lizzie e Mika sejam inspirados nestes dois irmãos) e Dale volta a pressionar Andrea para deixarem o grupo com a criança sobrevivente, para assim lhe poderem dar uma educação digna num local tranquilo. No entanto, Carl mata o menino que sobreviveu (tal como Carol fez com Lizzie), para choque de todos. Completamente transtornado, Dale baixa as suas defesas e é mordido por um walker na perna que lhe resta. Durante algum tempo tenta esconder a mordida para proteger Andrea de mais um desgosto. No entanto, ele é capturado por um estranho grupo, os Caçadores. Este grupo de canibais é liderado por Chris (o Gareth da série), e quando Dale acorda este apresenta-se e diz-lhe que estão a comer a sua perna, pedaço por pedaço. Dale começa a rir-se, garantindo que estão a comer uma perna infectada. Os Caçadores espancam-no e deixam-no, inconsciente à porta da igreja do Padre Gabriel, onde o grupo se encontrava abrigado. O processo da morte de Dale foi adaptado para a tv através do personagem Bob, e tal como Sasha chorou com ele até à morte e lhe deu um tiro para que não se transformasse, o mesmo ocorreu com Andrea na bd. Antes de morrer, Dale fez as pazes com Rick e depois disso, Andrea passou a usar o chapéu de Dale em sua homenagem. Andrea ficou muito abalada com a morte de Dale, e depois da chegada do grupo em Alexandria, após o caso de Rick com Jessie, a jovem que era violentada pelo marido, acaba por cair nos braços do xerife. Nas bd’s atuais, Rick e Andrea são um casal unido e lideram a comunidade com garra.

Advertisements

feedback

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s