Saga #3


Mas nenhum tipo causa piores impressões que escritores. Tá, quase nenhum.

O texto seguinte pode conter spoilers do terceiro volume da série Saga (formato BD)

Saga é a incrível space opera escrita por Brian K. Vaughan e ilustrada por Fiona Staples. Uma ficção científica cheia de humor, violência e debates ideológicos, Saga é mais do que uma banda-desenhada alternativa, é uma combinação deliciosa de elementos comuns a outras obras de ficção científica, recorrendo a uma violência bizarra e hilariante para pôr a nu temas e problemas do quotidiano.

sem-titulo
Klara e Izabel (Image Comics)

Neste terceiro volume, vemos os acontecimentos que precederam o tenso encontro entre Oswald e o Príncipe Robot IV. A família dos protagonistas ainda supera a morte do pai de Marko, quando chegam ao inóspito planeta Quietus, onde são atacados por esqueletos que Izabel explica tratarem-se de insetos-ossos. Quando uma caveira ataca a orelha de Klara (a mãe de Marko), o grupo é salvo por Oswald, o velho escritor com um único olho ao centro do rosto, que os leva para o farol onde vive. Segue-se um período de acalmia, momento em que Klara assume algum protagonismo.

Entre a aceitação de Alana como nora e o luto após a morte do esposo, sentimentos nascem entre a velha lunar e o escritor. No entanto, a chegada de Robot IV traz drama, morte, e momentos de pura comédia. Entretanto, o freelancer Vontade é perseguido pelas aparições de Haste, a mulher aracnídea, e apaixona-se por Gwendolyn, a antiga noiva de Marko. Em Terravista, dois repórteres gays perseguem a verdade sobre o desaparecimento de Alana.

Sem título 2
Capa GFloy
SINOPSE:

From the Hugo Award-winning duo of Brian K. Vaughan (The Private Eye, Y: The Last Man) and Fiona Staples (North 40, Red Sonja), Saga is the sweeping tale of one young family fighting to find their place in the universe. Searching for their literary hero, new parents Marko and Alana travel to a cosmic lighthouse on the planet Quietus, while the couple’s multiple pursuers finally close in on their targets.

OPINIÃO:

Não há muito a dizer sobre este volume, que não disse nas opiniões anteriores. O nível de qualidade mantém-se altíssimo, muito graças ao humor utilizado pelo autor. Os personagens são desenvolvidos durante a estadia em Quietus, ao mesmo tempo que somos apresentados a novos personagens. Os repórteres em Terravista, e a irmã de Vontade, Marca, que poderá ter um papel a desempenhar no desenrolar da trama.

sem-titulo
Sophia e Gata Mentirosa (Image Comics)

Gwendolyn e Klara ganharam protagonismo em detrimento do casal Alana e Marko, que continuam a manifestar uma química impressionante. A relação de amor entre a alada e o lunar roça o infantil, sem deixar de ser credível. O vocabulário violento, com recorrência a termos sexuais explícitos, é um dos trunfos desta graphic novel, tanto quanto a humanidade conferida a personagens exagerados que teriam tudo para ser inverosímeis.

Os encontros e desencontros entre os personagens vêm oferecer o curso narrativo expectável, mas aqui e ali somos surpreendidos por volte-faces que nos deixam surpreendidos. É uma série, definitivamente, a seguir.

Avaliação: 8/10

Saga (G Floy Studios):

#1 Volume 1

#2 Volume 2

#3 Volume 3

#4 Volume 4

#5 Volume 5

#6 Volume 6

Anúncios

6 thoughts on “Saga #3

  1. Pingback: Resumo Trimestral de Leituras #5 – Nuno Ferreira

  2. Pingback: Saga #4 – Nuno Ferreira

  3. Pingback: Saga #1 – Nuno Ferreira

  4. Pingback: Saga #2 – Nuno Ferreira

  5. Pingback: Saga #5 – Nuno Ferreira

  6. Pingback: Saga #6 – Nuno Ferreira

Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s