Golpe em Argos Parte 3, Conan, O Bárbaro #6


Ele é um guerreiro do norte, a selvageria das montanhas reflete no seu caráter e habilidade de combate.

O texto seguinte pode conter spoilers do livro “Golpe Em Argos Parte 3” sexto volume da série Conan, o Bárbaro (Formato BD)

As aventuras do cimério Conan prosseguem na sua versão em banda-desenhada Conan, O Bárbaro, com argumento de Brian Wood e ilustrações de James Harren e Dave Stewart. Depois de lidos os primeiros quatro volumes, alguns anos atrás, regressei este ano à leitura das aventuras gráficas daquele que é um dos meus heróis preferidos de sempre, ou não fosse eu fã do seu criador, o icónico Robert E. Howard.

Neste sexto volume, após ser conduzido à forca por ter morto um homem poderoso (como podes ver aqui, na minha opinião ao volume anterior), o bravo cimério enfrenta a fúria dos impiedosos habitantes do porto de Messantia, alimentado pelo amor à bela e temível pirata Bêlit e na companhia da velha xamã N’Yaga.

Sem título 2

SINOPSE:

Big heist, Conan style! Brian Wood and James Harren pull out all the stops in the blowout conclusion to “The Argos Deception”! With Conan loose in Messantia, pirate queen Bêlit and her crew hit the city hard. Messantia’s soldiers think they’re dealing with a simple barbarian, but they’ve just stepped into Bêlit’s trap!

OPINIÃO:

A história avança e torna-se interessante sobretudo pelo paradoxo vivido por Conan. Por um lado, apaixonou-se perdidamente por Bêlit e tornou-se no seu braço armado, um homem lendário, que amedronta com os seus temíveis músculos de aço. Por outro, sabe que ela é uma terrível pirata e nem os mares são a sua casa, nem a mulher que alimenta o seu fogo interior partilha consigo interesses e intenções. Conan é um homem livre, e aquilo que constituiu com Bêlit é uma responsabilidade que o constrange.

sem-titulo
Conan, o Bárbaro (arte conceptual)

A nível narrativo este número – o sexto de vinte e cinco edições – é uma lufada de ar fresco, com pouco desenvolvimento mas várias cenas memoráveis de luta e introspeção, contando a forma como Conan contornou os algozes cidadãos de Messantia e prostrou a cidade-portuária com a ajuda da sua “deusa”. A nível gráfico gostei mais deste volume, do que tinha gostado do anterior.

Nota: 7/10

Conan, O Bárbaro:

#1 A Rainha da Costa Negra Parte 1 (lido, não comentado)

#2 A Rainha da Costa Negra Parte 2 (lido, não comentado)

#3 A Rainha da Costa Negra Parte 3 (lido, não comentado)

#4 Golpe em Argos Parte 1 (lido, não comentado)

#5 Golpe em Argos Parte 2

#6 Golpe em Argos Parte 3

#7 Fúria na Fronteira

 

Anúncios

3 thoughts on “Golpe em Argos Parte 3, Conan, O Bárbaro #6

  1. Pingback: Fúria na Fronteira, Conan, O Bárbaro #7 – Nuno Ferreira

  2. Pingback: Resumo Trimestral de Leituras #6 – Nuno Ferreira

  3. Pingback: Golpe em Argos Parte 2, Conan, O Bárbaro #5 – Nuno Ferreira

Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s