As Águias de Roma #4


Muitos deles sacrificaram-se na Ilíria e ainda não receberam o saque que lhes foi prometido. O seu ódio contra Roma aumenta dia após dia.

O texto seguinte contém spoilers do quarto volume da série As Águias de Roma (formato BD)

A série em banda-desenhada de Enrico Marini chega ao clímax neste quarto volume, publicado em Portugal pela Edições ASA. No livro anterior, Marco descobriu que o seu irmão de criação, Armínio, organizava uma rebelião germânica contra Roma, e este volume começa precisamente com uma batalha entre as forças de Marco e as de Loktar, libertado por Armínio. Em Visurgis, no quartel-general de Varo, Armínio salva a vida ao governador, ganhando assim mais uma dívida de gratidão e um voto de confiança.

sem-titulo
Armínio (Marini)

Regressado da guerra, Lépido aterroriza a mulher, Priscilla, e tenta violá-la em frente ao filho, embora o menino acabe por fugir e ser instigado por Armínio a matá-lo. Depois, Armínio regressa para junto dos clãs germânicos e engendra um encontro com Thusnelda, a filha de Segestes, com quem vive um romance proibido.

Nesse momento, Loktar e Marco enfrentam-se em batalha e Marco é aprisionado, sendo levado a Armínio. Quando um bárbaro germânico reclama a liderança dos clãs e desafia o jovem estratega para um combate corpo a corpo, o prisioneiro Marco recebe uma visita inesperada, que o liberta e ajuda a fugir. Encontra as forças de Segestes, o seu aliado germânico, e regressam a Visurgis, tentando convencer Varo da traição de Armínio. Envenenado pelas palavras deste, o romano não acredita em Marco e manda prendê-lo, depois de uma testemunha o acusar de ter assassinado o seu servo Nektarius. Nas masmorras, Armínio revela as suas intenções ao antigo amigo, enquanto o pequeno filho de Marco e Priscilla surpreende Lépido com uma faca.

Sem Título
Capa Edições Asa
SINOPSE:

As runas já o haviam anunciado: ele era aquele que iria unir as tribos da Germânia. Mesmo que para isso tivesse de trair Roma, que tudo lhe deu, que fez dele o homem que ele é agora. Armínio vai então desafiar o império romano. E Marco vai afrontar Armínio, o seu irmão de sangue. Assim se cumprem os destinos, desprezando a história e a amizade. E, quem sabe, também o amor… Porque, embora Marco seja soldado e romano, quem vive no seu coração não é o império, mas sim Priscilla. Priscilla que, mais uma vez, parece escapar-lhe. Renunciará ele à sua amada e àquele filho que chama «pai» a outro homem?

OPINIÃO:

O quarto volume de As Águias de Roma é um desfile de acontecimentos, batalhas e volte-faces que apenas vem consolidar a minha opinião positiva sobre a série. Os dois personagens principais, Marco e Armínio, demonstram desde o primeiro volume um desenvolvimento gradual, um desdobramento de comportamentos e ações que refletem a forma como cada um encara os princípios e valores em que foram gerados. Ao mesmo tempo que são a antítese um do outro, os dois personagens complementam-se.

De forma consistente e credível, Marini constrói um jogo de acontecimentos emocionantes com bastante sumo narrativo, levando o leitor a sentir os dramas dos personagens e conduzindo-o numa guerra entre dois homens que foram um dia os melhores amigos. A história fictícia antecede um facto real, a batalha da Floresta de Teutoburgo, onde Armínio massacrou as legiões romanas.

Mais um volume repleto de detalhes notáveis a nível gráfico, que consolidam este como o trabalho mais conceituado de Enrico Marini. O traço expressivo consegue inquietar e excitar, tanto nas cenas de volúpia como nas descrições de batalha, e a variância de tons continua a ser um fator muito positivo para a “leitura” das pranchas. Resumindo, posso considerar este como uma das melhores produções gráficas dentro do género histórico que já li, seguindo o melhor da tradição franco-belga.

Avaliação: 8/10

As Águias de Roma (Asa):

#1 Livro I

#2 Livro II

#3 Livro III

#4 Livro IV

#5 Livro V

 

 

 

Advertisements

5 thoughts on “As Águias de Roma #4

  1. Pingback: Resumo Trimestral de Leituras #6 – Nuno Ferreira

  2. Pingback: As Águias de Roma #1 – Nuno Ferreira

  3. Pingback: As Águias de Roma #3 – Nuno Ferreira

  4. Pingback: Resenha: As Águias de Roma #5 – Notícias de Zallar

  5. Pingback: As Águias de Roma #2 – Notícias de Zallar

feedback

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s