Aqui Jaz um Homem, Southern Bastards #1


É, mas não se preocupe, a árvore vai ficar. E eu não.

O texto seguinte contém spoilers do livro “Aqui Jaz um Homem”, primeiro volume da série Southern Bastards (Formato BD)

Com argumento de Jason Aaron e ilustração de Jason Latour, responsáveis pela comic Wolverine, chegou a Portugal o primeiro volume de Southern Bastards, pelas mãos da G Floy Portugal. O primeiro volume compreende os números 1 a 4 da comic original. Em 2015, recebeu uma indicação ao Eisner Awards, na categoria “Melhor Série”, enquanto Jason Aaron foi aclamado ainda com a nomeação para a categoria de “Melhor Roteirista”.

sem-titulo
Earl Tubb (Image Comics)

A história apresenta-nos o condado de Craw, Alabama, onde o futebol e a corrupção andam de mãos dadas, e onde a justiça fecha os olhos para os atos menos ortodoxos cometidos pelos personagens mais influentes e pela sua prole. É neste contexto de violência urbana completamente gratuita que Earl Tubbs, antigo capitão da equipa de futebol, regressa a casa, após 40 anos de ausência, depois de ter estado no Vietname. A sua ausência está relacionada com a história de amor-ódio que viveu com o seu pai, o antigo xerife da cidade, de quem ninguém gostava. Agora, ao visitar a campa do progenitor, encontra uma árvore, e um garoto pendurado nela.

Com um valor extremamente simbólico, tanto a árvore quanto o garoto sofrerão duras consequências. Também cruel é o destino de um velho amigo de Earl, espancado e morto pelos jogadores da equipa, o Runnin ‘Rebs, campeão estadual, cujo treinador, Earl acredita ser o mentor de toda a violência que passa impune nas ruas de Craw. Com um bastão nas mãos, a fazer lembrar o seu pai, Earl decide pôr um fim em toda essa violência gratuita, mas pode estar velho demais para isso. Ao longo das páginas, as suas mensagens de voz para uma personagem que só é revelada no final, revelam mais sobre Earl e o seu passado.

sem-titulo-3
Capa GFloy
SINOPSE:

Earl Tubb regressou ao condado de Craw com uma ideia apenas: esvaziar a casa do seu velho tio Buhl e abandonar a pequena cidade do Alabama a que tinha jurado nunca mais voltar. Mas vai bastar uma simples altercação com alguns habitantes locais para transformar a sua estadia numa verdadeira descida ao inferno. Um inferno feito à medida de Euless Boss, o treinador de futebol da equipa local, e inimigo de sempre do falecido xerife Tubb, o pai de Earl.

OPINIÃO:

O argumento e o grafismo andam de mãos dadas neste Southern Bastards: Aqui Jaz um Homem, história visceral com argumento de Jason Aaron e ilustração de Jason Latour, onde a violência quotidiana do Sul pauta o dia-a-dia dos habitantes de Craw, no Alabama. A história é rica em combates ideológicos e físicos, relatando o regresso amargo de um ex-futebolista à comunidade que assassinou o seu pai.

A violência é mais palpável nas atitudes dos personagens envolvidos do que propriamente exibida a nível verbal, conseguindo com sucesso transmitir o modo de ser dos sul-americanos sem cair no exagero. Foram mais as vezes em que senti comiseração pelo personagem principal e aversão aos restantes, do que propriamente me senti empolgado pela história. Existe toda uma toada dramática em volta do protagonista, que não retira nenhum brilho ao argumento. Aaron conseguiu executar aquilo a que se propôs, embora tenha-se destacado nas estrelinhas, sem conseguir sobressair-se nos diálogos.

sem-titulo
Earl Tubb (tumblr)

A nível de ilustração, todo o desenho casou muito bem com o argumento, a refletir o tom cansado e seco do personagem principal. Senti as cores a tocar sempre o vermelho, cor de sangue, cor da equipa de futebol, mas pessoalmente gostaria de ver mais diversidade a nível de pintura. Não obstante, de modo geral Southern Bastards foi uma ótima leitura.

Avaliação: 7/10

Southern Bastards (G Floy Studio Portugal):

#1 Aqui Jaz Um Homem

#2 Sangue e Suor

 

Anúncios

2 thoughts on “Aqui Jaz um Homem, Southern Bastards #1

  1. Pingback: Sangue e Suor, Southern Bastards #2 – Nuno Ferreira

  2. Pingback: Resumo Trimestral de Leituras #7 – Nuno Ferreira

feedback

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s