Um Diamante Para o Além, Bouncer #1


Não se inquietem. Meus bravos! A providência dos confederados colocará um rancho no nosso trilho!…

O texto seguinte pode conter spoilers do livro “Um Diamante para o Além”, primeiro volume da série Bouncer (Formato BD)

Alejandro Jodorowsky é um argumentista chileno conhecido pela dureza dos mundos criados e pela crueza e ambiguidade das suas propostas. Temáticas como a violência, o sexo e a religião interligam-se de forma credível e amoral. Em colaboração com o ilustrador François Boucq, conhecido artista francês ligado à caricatura, Jodorowsky assina Bouncer, um western violento e taciturno que desmascara a truculência do Velho Oeste real.

A Edições Asa publicou este volume em 2007, dando assim visibilidade ao trabalho de Jodorowsky e Boucq no nosso país, oferecendo um western nu e cruel de tirar o fôlego ao mais preparado dos leitores.

Sem título
Capa Edições ASA

A Guerra da Secessão terminou

Mas o terror não. O Capitão Ralton aterroriza os ranchos, saqueando os “tesouros enterrados” e dando permissão aos seus homens para violentar as mulheres dos rancheiros. Mas ele tem um propósito específico e uma ideia em mente. Recuperar o Olho de Cain, um precioso diamante que roubara dezassete anos antes. Longe das cidades, a lei é imposta pelos mais fortes, não por forças de direito, mas por aqueles que arrancam a ferros o que julgam ser seu.

O grupo de Ralton Van Dorman é um exemplo dessa força. Eles são mercenários que se recusaram a render após o final da Guerra da Secessão. O batalhão espalhou-se, mas viria a reencontrar-se, tal como o capitão previra, numa força terrível que usa a intimidação como arma prioritária.

Sem título
Prancha (Norma Editorial – edição brasileira)

 

A justiça tem um nome

É no rancho de Blake, um dos seus antigos subordinados, que Ralton reencontra sinais do diamante perdido. Blake demonstra-se pouco recetivo ao velho capitão, principalmente quando este instiga os seus homens a violentar a sua esposa – uma índia – para que ele lhes diga onde escondeu o diamante. A reserva em revelar a sua localização traduz-se na morte de Blake e da esposa, cena a que assiste o jovem filho do casal, que se encontrava escondido.

O segredo em volta do diamante está relacionado à existência de uns revólveres extraordinários na posse de Blake. Na sua busca de justiça, o jovem filho do rancheiro viaja para a cidade. Ali encontra um familiar, homem de alguma idade, famoso por conseguir manter a ordem na vida de saloon com punho de ferro e métodos pouco ortodoxos. Bouncer é como lhe chamam. Um justiceiro sem um braço, um homem que sabe de coisas e resolve problemas de forma prática e improvável.

Sem título
Bouncer (Norma Editorial – edição brasileira)
SINOPSE:

Finda a guerra da Secessão, um punhado de mercenários sulistas recusa-se a aceitar a rendição. Entre eles conta-se Ralton Van Dorman, agora apostado em recuperar o fabuloso diamante – o olho de Caïn – que furtara, dezassete anos antes, em conluio com os irmãos e a mãe, Aunty Lola… Jodorowsky e Boucq, referências lendárias da BD francófona e co- autores de Face de Lua, reencontram-se agora num terreno que até então nunca haviam explorado em parceria: o Western. Dobrados os ciclos clássicos do género no panorama da BD franco-belga – Blueberry, Jonathan Cartland ou MacCoy – o Wild West que serve de décor a Bouncer assume agora contornos bem menos cordatos e joviais. O argumentista de Incal e o criador de Jérôme Moucherot aplicam-se em Bouncer num trepidante tropel narrativo para compor, a estilete e sangue, uma tragédia familiar de fôlego clássico, assombrada por espectros seculares e pulsões universais: a cobiça, a violência, a sede de vingança, a morte. Dinâmico e apurado na ilustração, ferozmente eficaz na fluência do enredo, sombrio e pesado na ambiência, Bouncer – Um Diamante para o Além promete renovar as premissas do género e chancelar a ferro e fogo o regresso da nona arte aos rincões inóspitos do Oeste americano.

OPINIÃO:

Jodorowsky e Boucq são dois nomes controversos e imprevisíveis, cuja união só podia traduzir-se numa obra pouco consensual, dona de um perfume único e de uma roupagem inigualável. Bouncer é um western realista e trágico, e Um Diamante para o Além é a primeira fagulha de uma narrativa intensa passada num cenário sem rei nem roque.

Retratando de forma credível um período histórico conturbado, Alejandro Jodorowsky fez jus à sua fama de contador de histórias polémico. Os personagens são sombrios e viscerais, quase nos convencendo de que existiram realmente. A tragédia que somos convidados a acompanhar realça uma míriade de sentimentos: a sede de justiça, o apelo do sangue, a líbido selvagem e a ambição desmedida.

Sem título
Pormenor da capa (Edições ASA)

Somos também apresentados a duas famílias fragmentadas, o que gera uma espécie de efeito de espelho. Uma inversão de vontades e de intenções, mas ainda assim dois seios familiares poderosos. De um lado, a família de Ralton, se intuirmos o grupo militar como tal, forjando uma promessa de reunião que se concretiza em circunstâncias hostis. E mesmo quando se reunem, nem todos comungam das mesmas perspetivas. Blake é o espelho, o ponto onde as duas famílias se tocam. Ele esteve com Ralton na guerra, mas agora tem a sua própria família, e é depois do incidente no rancho que os elementos que sobrevivem a este procuram saldar contas.

A arte de François Boucq é parte integrante da crueza de estilo que o argumento exigia. Real, duro e sem coloridos exagerados, ele oferece um western visual de grande qualidade, respeitando a tradição. O argumento de Jodorowsky não me encantou. Agradou-me a definição alternativa de herói, a fuga ao estereotipo e a promessa adjacente, assim como o timbre shakespeariano da narrativa. Todavia, acabei por achar todo o enredo um pouco expectável e não me surpreendeu tanto quanto gostaria, talvez por ter as expectativas demasiado altas. É, de qualquer forma, um livro ótimo para quem procura uma história realista passada no Velho Oeste.

Avaliação: 6/10

Bouncer (Edições ASA):

#1 Um Diamante para o Além

#2 A Misericórdia dos Algozes

#3 A Justiça das Serpentes

#4 A Vingança do Carrasco

#5 O Fascínio das Lobas

#6 + #7 A Viúva Negra | Coração Dividido

 

Anúncios

3 thoughts on “Um Diamante Para o Além, Bouncer #1

  1. Pingback: Resumo Trimestral de Leituras #9 – Nuno Ferreira

Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s