Estive a Ler: Mitologia Nórdica


Era de madrugada, mas ainda não nascera o dia, quando Thor, ainda com mais fome, mais irritação e mais sono, resolveu desferir um golpe final que silenciaria os roncos do gigante para sempre.

O texto seguinte aborda o livro Mitologia Nórdica

Neil Gaiman é um dos autores mais conhecidos em todo o mundo, pelo que apresentações são mais do que desnecessárias. Nasceu em Portchester, um subúrbio no condado de Hampshire, ao sul da Inglaterra, a 10 de novembro de 1960. Foi educado em escolas anglicanas, onde constam a Fonthill School em East Grinstead, a Ardingly College e a Whitgift School em Croydon. Natural de uma família crente na Cientologia, desde cedo deixou claro que não comungava por inteiro da religião da família. O emprego do seu pai como relações públicas na Igreja da Cientologia fez com que ele, aos sete anos de idade, visse o seu ingresso numa escola privada rejeitado.

O autor viveu em East Grinstead entre 1965 e 1980 e entre 1984 e 1987 e foi aí que conheceu a sua primeira mulher, Mary McGrath, quando ela estudava Cientologia. Casaram-se em 1985, depois de ela dar à luz o seu primeiro filho, Michael. Mitologia Nórdica, a sua mais recente homenagem ao folclore nórdico, lançado este ano, foi publicado em Portugal pela Editorial Presença, num volume de 248 páginas com tradução de Maria de Almeida.

Sem Título
Fonte: https://www.theverge.com/2017/2/15/14490692/neil-gaiman-norse-mythology-fantasy-book-review

Apesar de Neil Gaiman estar longe de ser um dos meus autores preferidos, continua a ser um dos que tenho lido com mais regularidade nos últimos anos. Só este ano, li a maior parte dos volumes de Sandman – Mestre dos Sonhos e a adaptação do seu conto Como Falar com Raparigas em Festas para BD. Este livro, Mitologia Nórdica, porém, li-o num só dia, e isso deve-se tanto ao tamanho reduzido do mesmo como à facilidade na leitura.

Mitologia Nórdica pode não ser nenhuma maravilha das letras nem virá a ser uma das obras mais emblemáticas do autor. Ele limita-se a contar, pela rama, a sua versão dos acontecimentos com os deuses nórdicos, focando-se, pois claro, em Odin, Thor e Loki. Fá-lo em jeito de contos, de forma frugal e descomplicada. Diz o que tem a dizer sem grandes floreados nem complexidade. Ainda assim, posso dizer que foi um dos livros de Gaiman que mais gostei até hoje.

Sem Título
Fonte: https://www.presenca.pt/livro/mitologia-nordica/

Esta simplicidade mascara todo um trabalho de interpretação de um mundo riquíssimo e já tantas vezes reescrito, sem cair na repetição. Ele traduz, através dos seus próprios olhos, a própria Edda e fá-lo com convicção e ligeireza, sem dar espaço para dúvidas ou hesitações. Os próprios personagens estão muito bem caracterizados, sem que Gaiman perca tempo com descrições ou qualquer tipo de minúcias. A escrita dele é crua e direta, envolvente e credível.

“Os próprios personagens estão muito bem caracterizados, sem que Gaiman perca tempo com descrições ou qualquer tipo de minúcias.”

A história inicia-se com a criação do mundo, contando a origem da vida na terra, o porquê de existirmos, como fomos feitos, e gradualmente vai-nos revelando como apareceram várias peculiaridades do nosso mundo, desde os terramotos aos poetas. De forma ordenada, os Nove Mundos são apresentados e uma sequência de acontecimentos importantes é narrada, no caminho para o decisivo (ou talvez não) Ragnarok. Os contos seguem uma linha cronológica, deixando no entanto claro que seguir essa linha não é, de todo, o mais importante.

Sem Título
Fonte: http://www.fumettologica.it/2016/06/norse-mythology-libro-neil-gaiman/

Thor revela-se, como seria de esperar, um personagem incrível e cheio de poderes, deixando aterrados todos com quem se cruza, mesmo que venha a manchar a sua reputação ao vestir-se de noiva. Mjolnir, o seu terrível martelo, garante no entanto um percentagem significativa do temor que rodeia o seu nome. Loki, o mestre das trapaças, revela-se isso mesmo. É um deus tão inventivo e esperto, que para impedir que o responsabilizem por uma tragédia, chega a transformar-se em égua para seduzir um cavalo e levá-lo para longe. E o mais engraçado é que chega a engravidar e a dar à luz um potro com umas quantas patas a mais.

Os filhos de Loki são mesmo a grande surpresa do livro. Nunca pensei que ele tivesse tantos e tão diferentes, sendo aqueles que teve com uma giganta os que trarão o fim aos deuses. O lobo Fenrir é aquele que mais destaco. Odin tentou detê-lo, infrutiferamente. O Ragnarok chegará a todos, mais cedo ou mais tarde. Odin é um personagem interessantíssimo, mas muitos são os que permeiam esta obra. Heimdall, os irmãos Freya e Frey ou Beldor, o belo, são outros personagens que, embora não apareçam tanto, têm um papel decisivo nas histórias.

Sem Título
Fonte: https://comicvine.gamespot.com/forums/battles-7/thor-norse-mythology-vs-poseidon-greek-mythology-1877447/

Pode-se qualificar este livro como uma abordagem gentil ao tema nórdico. Neil Gaiman traz-nos uma história bonita e envolvente, mas talvez lhe falte alguma brutalidade na forma de contar a história, um tom mais cinza ou negro. Pessoalmente, a narração adocicada de Gaiman facilitou-me a leitura, não que seja um especial adepto do género, mas senti muita fluidez e muito Gaiman ao ler esta versão da história. Envolvimento total e flexibilidade narrativa.

“Pode-se qualificar este livro como uma abordagem gentil ao tema nórdico.”

Acima de tudo, foi como comer algo que sabemos à partida ser ácido e amargo, e senti-lo doce à medida que o mastigamos. Sou fã da escrita de Neil Gaiman, que consegue ser intimista e arrebatadora sem grandes efeitos ou recursos de vocabulário, só não me conseguindo conquistar com as suas histórias, que recorrentemente caem no excesso de referências, para além de que a fantasia urbana está longe de me ser querida. Por isso, foi bom ver Gaiman totalmente entregue a uma das suas grandes inspirações, sem que esta fosse um mero subterfúgio narrativo.

Sem Título
Fonte: https://www.pinterest.com/explore/norse-jobs/

Mitologia Nórdica foi uma boa surpresa. Não esperem nada de muito entusiástico, nada de original, nada de boom! Peguem no livro com descompromisso e com a mera expectativa de passar alguns momentos tranquilos, a revisitar velhos conhecidos e velhas histórias, com o toque de humor apurado que é característico do autor britânico. O livro é pequeno e lê-se muito bem, e consegue surpreender em vários momentos.

“Acima de tudo, foi como comer algo que sabemos à partida ser ácido e amargo, e senti-lo doce à medida que o mastigamos.”

De Midgard a Asgard, a viagem será turbulenta e com vários solavancos, por isso aconselho veementemente que mergulhem de cabeça e sem quaisquer preconceitos numa aventura bem conseguida, cheia de gigantes e gigantas e anões e serpentes e corvos e muitos, muitos deuses, pelas mãos de um renomeado autor, tido por muitos como o expoente máximo do género. Por tudo isto, só vos posso desejar uma ótima e desenganadora viagem até aos confins do mundo.

Avaliação: 7/10

5 comentários em “Estive a Ler: Mitologia Nórdica

  1. Olá!

    Este quero ler! Excelente comentário =)

    Bjs e boas leituras

    1. Muito obrigado Lamora. Acho que vais gostar. 🙂
      Beijinhos e boas leituras

  2. Viva,

    Por vezes não temos o tempo que desejamos para ler tudo o que desejamos e este escritor é para mim um caso disso, pois gosto dos seus livros, tenho ainda Bons Augurios por ler, mas nunca tenho tempo, e pena, mas fica registada a tua recomendação 🙂

    Abraço e boas leituras

    1. O Bons Augúrios não gostei muito, aliás Gaiman é um escritor que adoro a sua escrita mas as histórias dele nunca me agradam muito. Este é focado por inteiro na mitologia agradou-me mais.
      Obrigado pelo comentário, grande abraço.

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close