Fala-se de: Vikings T4


A quarta temporada de Vikings foi anunciada pelo History Channel no primeiro semestre de 2015, tendo estreado a 18 de fevereiro de 2016. Ao contrário das temporadas anteriores, que contaram com 10 episódios cada, a quarta temporada teve 20 episódios, dividida em duas partes. Michael Hirst, o criador da série, continuou como showrunner e produtor executivo. A primeira metade da quarta temporada manteve-se ao nível da terceira, apesar de não conter grandes acontecimentos.

Depois de se tornar rei e senhor entre os Vikings, Ragnar (Travis Fimmel) tentara conquistar Paris, encetando alianças perigosas e ficando gravemente ferido. A quarta temporada começa com um regresso às casas de origem, com Ragnar a prometer vingança ao seu irmão Rollo (Clive Standen), que o traíra, para chegar ao final da primeira metade com uma derrota que ameaçou destruir a sua própria fama. Se não viste a quarta temporada, prepara-te para alguns spoilers.

Resultado de imagem para vikings 4 season
Fonte: https://www.sbs.com.au/guide/article/2016/11/23/what-you-need-know-return-vikings-season-4-part-2

Enquanto Ragnar recupera dos seus ferimentos, Bjorn (Alexander Ludwig) ordena a prisão de Floki (Gustaf Skarsgard) pela morte de Athelstan (George Blagden), e quando o pai acorda não parece agradado com a decisão, embora a mantenha. Bjorn decide assim enfrentar o mundo selvagem para provar o seu valor. Durante a sua estadia num ermo nevado, ele é atacado por um assassino enviado pela dupla Erlendur (Edvin Endr) e Kalf (Ben Robson), mas consegue defletir o seu ataque e matá-lo.

“A primeira metade da quarta temporada manteve-se ao nível da terceira, apesar de não conter grandes acontecimentos.”

Quando regressa, Bjorn propõe a Torvi (Georgia Hirst), a esposa de Erlendur, que o acompanhe, e esta acede quando Lagertha (Katheryn Winnick) lhe assegura que protegerá a sua criança. Os melhores momentos da primeira parte da temporada passam exactamente pelas mortes de Kalf e Erlendur e do papel que as mulheres vêm a ganhar como esposas, assassinas, mas também como líderes. É outra mulher forte, Gisla (Morgane Polansk), filha do Imperador da Frância, quem arrebata Rollo e cimenta a sua posição em Paris, quando vários esquemas são postos em prática para “seduzir” Charles (Lothaire Bluteau).

Resultado de imagem para vikings 4 season
Fonte: https://www.blahcultural.com/critica-vikings-4-temporada/

No Wessex, o Ecbert de Linus Roache continuou a surpreender-me pela positiva. Enviou o filho Aethelwulf (Moe Dunford) para resgatar a princesa Kwenthrith (Amy Bailey), acabando por apoderar-se da Mércia e do seu filho Magnus (Cameron Hogan), alegado bastardo de Ragnar Lothbrok. Também o desenvolvimento da relação de Ecbert com Judith (Jennie Jacques) rendeu ótimos momentos televisivos e um dos plots mais interessantes da série.

Mas é a adição dos irmãos Harald (Peter Franzén) e Halfdan (Jasper Pääkkönen) a revolucionar o núcleo de Ragnar Lothbrok. Harald tenciona tornar-se rei de toda a Escandinávia para conquistar uma mulher, mas para isso precisa destronar Ragnar. Ainda assim, os irmãos alinham em tornar-se meros “peões” na nova incursão do rei em terras francesas. Completamente viciado numa droga que lhe é cedida pela escrava Yidu (Dianne Doan), Ragnar organiza a investida, mas acaba derrotado às mãos do próprio irmão.

Imagem relacionada
Fonte: http://www.denofgeek.com/us/tv/vikings/251491/vikings-season-4-reviews-trailers-and-episode-guide

A segunda metade da temporada é uma tempestade de acontecimentos. Ragnar havia desaparecido, mas regressa algum tempo depois a Kattegat, na tentativa de reunir tropas para um novo ataque a Inglaterra. Ninguém parece muito disposto, no entanto, a acompanhá-lo. Os filhos cresceram, e entre Ubbe (Jordan Patrick Smith), Hvitserk (Marco Ilsø), Sigurd (David Lindström) e Ivar (Alex Høgh Andersen), só este último acede em lutar ao seu lado.

“A segunda metade da temporada é uma tempestade de acontecimentos.

Ivar, o Sem Ossos, é deficiente da cintura para baixo, mas desafia o mundo com as suas estratégias ímpares e ambição louca. Depois de assustar Margrethe (Ida Marie Nielsen), que parece gostar de rebolar nos lençóis com os vários irmãos Lothbrok, junta-se a Ragnar num pequeno grupo de vikings velhos, “comprados” por Ragnar. O navio dá à costa e Ragnar assassina os sobreviventes, chegando com o filho diante Ecbert. Ragnar é aprisionado e levado a Aelle (Ivan Kaye), uma vez que Ecbert o considera um amigo e não tem coragem para o matar.

Resultado de imagem para vikings 4 season
Fonte: http://tvline.com/2016/09/14/vikings-season-4b-premiere-date/

É a morte de Ragnar Lothbrok que vem dar maior visibilidade aos seus filhos, numa temporada atípica e impressionante em que Lagertha recupera a liderança de Kattegat ao alvejar Aslaug (Alyssa Sutherland) pelas costas, onde vemos um Bjorn mais maduro a seguir as pisadas do pai e a querer explorar o Mediterrâneo, e onde somos apresentados a Astrid (Josefin Asplun), lugar-tenente de Lagertha que se revela amante de mãe e filho.

Com poucos momentos dignos de crítica, para além da ocasional aparição de ambas as orelhas de Judith quando sabemos que uma lhe foi arrancada, Vikings tem tudo para mostrar na 5.ª temporada um novo começo, agora que a vingança pela morte de Ragnar foi consumada. Resta saber o que fará Harald agora que a sua apaixonada está morta e o irmão decidiu abandoná-lo, e como irão os filhos de Ragnar conviver após a atitude final de Ivar.

Avaliação: 9/10

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close