Estive a Ler: Keys to the Kingdom, Locke & Key #4


You know me, kid. Nothing much gets me down anymore. You think you can help me with something?

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO “KEYS TO THE KINGDOM”, QUARTO VOLUME DA SÉRIE LOCKE & KEY (FORMATO BD)

O escritor best-seller do New York Times Joe Hill e o artista Gabriel Rodriguez, criadores do aclamado Locke & Key: Welcome to Lovecraft, regressam com o quarto capítulo da série, que inclui os seis números de Locke & Key: Keys to the Kingdom, para além de materiais extras. O quarto volume de Locke & Key regressa ao excêntrico mundo dos Locke, mas se não leste os volumes anteriores, aconselho-te a que os leias e voltes aqui mais tarde.

A série é publicada pela IDW Publishing, e venceu o British Fantasy Award em 2009 e 2012 e o Eisner Award em 2011, que foi entregue a Hill num ano em que a série esteve nomeada em quatro categorias para o prémio maior das BDs. Nos álbuns anteriores assistimos ao assassinato do professor Locke, à mudança da sua esposa e dos três filhos para a sua terra natal, Lovecraft, e às bizarras situações a que eles se sujeitaram.

Resultado de imagem para locke & key keys to the kingdom
Fonte: http://www.liberationfrequency.co.uk/locke-and-key-vol-4/

Este quarto volume supera os três anteriores em qualidade. Com uma aparência infantil, a caricaturar Calvin & Hobbes (o primeiro arco contém um saudável tributo à animação), o livro está coberto de cenas sangrentas e momentos do mais puro horror, centrado nos três jovens Locke e no vilão conhecido como Dodge. As situações bizarras continuam a suceder-se, com os propósitos malignos a tornarem-se cada vez mais claros e as personagens a começarem a compreender a cabala que as envolve.

“O terceiro arco é o menos empolgante do volume.”

Com mais chaves a tornarem-se conhecidas e as profundidades dos mistérios da família Locke a expandir-se, o desespero de Dodge para encontrar a Omega Key e acabar com a sua busca sombria leva os habitantes da Keyhouse cada vez mais perto de uma conclusão reveladora. Bode, Kinsey e Tyler continuam a trilhar os seus próprios caminhos, encarando as situações de forma personalizada e com um sentido peculiar, que não deixa o leitor indiferente.

Resultado de imagem para locke & key keys to the kingdom
Fonte: https://chaptersandscenes.wordpress.com/2014/02/14/pete-reviews-locke-and-key-keys-to-the-kingdom/

Bode descobre a Animal Key, que lhe permite assumir a forma de um pardal, enquanto Dodge, por sua vez, assume a forma de um cão selvagem. Claro está, estas transformações não servem apenas para encher papel e uma luta sangrenta culmina num massacre para muitos dos pardais que intervêm para ajudar os irmãos do protagonista. O primeiro arco termina com o filho mais novo de Nina inconsolável, até que encontra novos amigos, com quem recreia na neve.

Genial, o segundo arco mostra a aventura de Kinsey e Bode na tentativa de descobrir mais sobre o pai quando uma velha senhora, internada num hospital psiquiátrico, diz o nome dele quando passa por eles, acompanhada por uma enfermeira. Para voltar a encontrar a senhora, porém, têm de entrar na instituição, mas para o fazerem têm de mudar a cor da pele, e é aqui que entra mais uma chave, a Skin Key. Todavia, também Dodge usa as suas artimanhas e as suas chaves para entrar no hospício, e consegue chegar primeiro.

Resultado de imagem para locke & key keys to the kingdom
Fonte: http://skeltoncrewstudio.com/projects/locke-key/

O terceiro arco é o menos empolgante do volume. Dodge continua a sua busca pela Omega Key e várias chaves são descobertas, tornando cada vez mais próximo o achado, mas o arco é mais focado nos conflitos pessoais e escolares dos protagonistas durante o mês de fevereiro. Mas nem a Hercules Key é capaz de proteger Tyler de uma forte desilusão amorosa.

“Locke & Key é uma BD de aparência infantil sobrepujada de cenas sobrenaturais, com muito sangue à mistura.

Intrigante e reveladora, a quarta parte do álbum é focada no filho deficiente de Ellie, Rufus. Depois de brincar com Bode com os seus bonecos militares e super-heróis em miniatura, Rufus encontra o fantasma de Sam Lesser, que o alerta para a índole de Zack (Dodge) e lhe deixa algumas mensagens bem suspeitas. Por sua vez, o vilão continua a fazer das suas e interfere para que o rapaz fique de boca fechada.

Resultado de imagem para locke & key keys to the kingdom
Fonte: http://thegeeksverse.com/2011/04/26/locke-key-keys-to-the-kingdom-6/

Os dois últimos arcos são, porém, os mais impactantes do livro. No primeiro, Tyler descobre a verdade sobre Dodge, mas é feito prisioneiro por este, quando o encontra a remexer nos seus pertences. No último, o detetive Mutuku chega à casa de Ellie para interrogar Zack (Dodge), chegando à conclusão que este é um assassino. O vilão enfrenta o polícia numa cena repleta de sangue, passando por um beijo sangrento que se repercute num final… que pode ser apenas um novo início.

Keys to the Kingdom é um excelente volume de transição, com várias revelações e acontecimentos impactantes e com um cliffhanger delicioso, abrindo várias possibilidades para os dois últimos volumes da série. Subversiva, irónica e manipuladora, Locke & Key é uma BD de aparência infantil sobrepujada de cenas sobrenaturais, com muito sangue à mistura. Para continuar a acompanhar.

Avaliação: 9/10

Locke & Key (IDW Publishing):

#1 Welcome to Lovecraft

#2 Head Games

#3 Crown of Shadows

#4 Keys to the Kingdom

#5 Clockworks

#6 Alpha & Omega

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close