Estive a Ler: A Espada Ajuramentada


“Um cavaleiro tem de aprender a viver com dores”, costumava dizer Sor Arlan.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA A HISTÓRIA A ESPADA AJURAMENTADA (FORMATO CONTO E BD)

The Sworn Sword é a segunda novella escrita por George R. R. Martin enquadrada nos chamados Tales of Dunk and Egg, sendo antecedida por The Hedge Knight e sucedida por The Mistery Knight. As três histórias estão incluídas na versão brasileira do livro O Cavaleiro de Westeros e Outras Histórias, publicado pela Saída de Emergência em fevereiro de 2013 com outros contos de George R. R. Martin. A editora veio também a publicar, em formato graphic novel, as três histórias, tendo lançado recentemente a última. Assim sendo, antes de partir para a leitura da BD O Cavaleiro Misterioso, decidi ler A Espada Ajuramentada, publicada entre nós também em 2013, com um total de 152 páginas e tradução de Jorge Candeias.

Tal como fiz com O Cavaleiro de Westeros o ano passado, decidi ler e opinar o conto e a BD em simultâneo. Esta segunda história de Dunk e Egg foi publicada originalmente por George R. R. Martin em 2003, cinco anos após a publicação da primeira história e sete antes do último conto, que viria a sair em 2010. A história ocorre no mesmo mundo das Crónicas de Gelo e Fogo, porém, cem anos após os eventos narrados em A Guerra dos Tronos. A graphic novel tem argumento de Ben Avery e arte de Mike S. Miller, tal como havia sucedido com a publicação anterior.

https://i2.wp.com/www.centralcomics.com/wp-content/uploads/2013/03/Espada_Ajuramentada_BD_Page_07.jpg
Fonte: Saída de Emergência

É sempre bom ler George R. R. Martin e é sempre bom ler mais histórias sobre o mundo de Westeros, especialmente se elas não forem narradas de forma documental como Martin tem feito ultimamente em algumas coletâneas. A Espada Ajuramentada mantém o nível de O Cavaleiro de Westeros, porém gostei bastante mais dos plot-twists e personagens criadas para esta história. Martin está bem e recomenda-se, sabendo usar a descrição, o humor e a sua parafernália de nomes nos momentos certos.

“A Espada Ajuramentada é mais uma boa história de George R. R. Martin, bem desenhada e adaptada por Mike S. Miller e Ben Avery nas suas habituais graphic novels.

A BD também me agradou, embora tenha gostado mais do conto original. Miller continua a fazer um trabalho extraordinário na arte, com imagens fortes e expressivas, ao mesmo tempo que as cores saltam à vista e são um grande contributo para tornar o produto tão atrativo. Já Avery soube adaptar bem o material que tinha em mãos, não deixando a história perder-se quando assim podia ocorrer.

Resultado de imagem para a espada ajuramentada
Fonte: http://www.saidadeemergencia.com/produto/a-espada-ajuramentada/

Depois de ter perdido o seu tutor, o velho cavaleiro andante Sor Arlan de Pataqueira, para uma gripe, quando caminhavam para o famoso Torneio de Vaufreixo narrado em O Cavaleiro de Westeros, Dunk juntou-se ao jovem Egg para prosseguir as suas aventuras. Para o mundo, Dunk apresenta-se como Sor Duncan, O Alto, uma vez que Arlan o nomeou cavaleiro antes de morrer, e Egg o seu pequeno escudeiro. Na verdade, Dunk nasceu no Fundo das Pulgas em Porto Real, de onde Arlan o resgatou, e não sabe quem é o pai. E Egg é… Aegon Targaryen, um dos herdeiros dos Sete Reinos.

Dunk e Egg encontram cadáveres pendurados numa gaiola para corvos, quando chegam ao feudo de Sor Eustace com a remessa de vinho que lhe era devida. São recebidos por Sor Bennis do Escudo Castanho, um cavaleiro malcheiroso às ordens de Sor Eustace. Bennis reconhece Dunk de quando este era escudeiro de Arlan e leva-os à presença do seu senhor. A terra que percorrem, porém, parece diferente daquilo que Dunk se recordava.

https://i2.wp.com/www.centralcomics.com/wp-content/uploads/2013/03/Espada_Ajuramentada_BD_Page_05.jpg
Fonte: Saída de Emergência

Eustace Osgrey é um velho cavaleiro que pareceu perder tudo, inclusive os filhos, restando-lhe a memória gloriosa de feitos passados. Havia sido amigo de Wyman Webber antes da Rebelião Blackfyre, onde apoiou Daemon Blackfyre. Mas a facção que apoiava falhou e os seus três filhos foram mortos. Quando voltou para casa, ofereceu a filha Alysanne como refém à coroa, vindo a morrer por conta da sua traição, razão pela qual a esposa se suicidou. Daí em diante, os Osgrey foram vistos como proscritos pelos Webber, que haviam ficado com as suas terras.

“Martin está bem e recomenda-se, sabendo usar a descrição, o humor e a sua parafernália de nomes nos momentos certos.”

Com o seu feudo arruinado pela seca, decorrente da Grande Praga da Primavera, Eustace vê-se coagido pela temida Viúva Vermelha, Rohanne Webber, acessorada pelo lendário Sor Lucas Longinch, devido a uma barragem que ergueram nesses domínios. Quando Bennis encontra os homens de Webber na barragem, fere um deles no rosto, o que decerto criará um conflito mais agudo entre os Webber e os Osgrey. Desse modo, Eustace recorre a Dunk como diplomata para tentar apaziguar as intenções da maligna Viúva. Porém, a mulher não é nada do que ele podia esperar.

https://i2.wp.com/www.centralcomics.com/wp-content/uploads/2013/03/Espada_Ajuramentada_BD_Page_11.jpg
Fonte: Saída de Emergência

Sempre gostei bastante do tema da Rebelião Blackfyre e dos inúmeros eventos em que esteve envolvido o misterioso Brynden Rivers, o Corvo de Sangue, pelo que este conto agradou-me imenso pelas várias histórias que são contadas pelo terrível bastardo Targaryen e a sua família mais próxima. A própria história que o conto oferece é muito boa e repleta de volte-faces, ainda que seja pouco emocionante na sua primeira metade. Os eventos começam realmente a melhorar a partir do primeiro encontro de Dunk e Rohanne.

Em suma, A Espada Ajuramentada é mais uma boa história de George R. R. Martin, bem desenhada e adaptada por Mike S. Miller e Ben Avery nas suas habituais graphic novels. Dunk e Egg continuam tolos, extravagantes e bem-humorados, sem perderem a densidade característica das histórias de Martin. Irei seguir de imediato para O Cavaleiro Misterioso e concluir esta trilogia de novellas trazidas até nós pelas mãos hábeis do autor de A Guerra dos Tronos.

Avaliação: 8/10

Histórias de Dunk & Egg (Saída de Emergência):

#1 O Cavaleiro de Westeros

#2 A Espada Ajuramentada

#3 O Cavaleiro Misterioso

 

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close