Estive a Ler: O Cavaleiro Misterioso


Para onde foi o bom rei Daeron e o intrépido Baelor Quebralança?

O TEXTO SEGUINTE ABORDA A HISTÓRIA O CAVALEIRO MISTERIOSO (FORMATO CONTO E BD)

Cem anos antes de A Guerra dos Tronos, o cavaleiro Sor Duncan e o seu fiel escudeiro Egg vivem as maiores aventuras nos Sete Reinos. É esta a premissa para as chamadas Histórias de Dunk e Egg, publicadas por George R. R. Martin entre 1998 e 2010. The Mistery Knight é a terceira e última história publicada até agora, tendo sido incluída originalmente na antologia Warriors I editada por Martin e pelo seu amigo Gardner Dozois, falecido este ano.

Mais tarde, as Histórias de Dunk e Egg foram coligidas na versão original de O Cavaleiro de Westeros e Outras Histórias, que chegou até nós em 2013 pelas mãos da Saída de Emergência, com o primeiro conto de Dunk e Egg, entre outros contos de Martin. Cerca de cinco anos após a publicação da adaptação em BD de A Espada Ajuramentada, a segunda história, a Saída de Emergência publicou este ano a adaptação de O Cavaleiro Misterioso, com argumento de Ben Avery e arte de Mike S. Miller, tal como as publicações anteriores. Assim como fiz com as outras histórias, decidi ler e comentar conto e BD em simultâneo.

Fonte: Saída de Emergência

O Cavaleiro Misterioso é uma ótima conclusão para estas histórias que George R. R. Martin escreveu sobre Dunk e Egg. Se já havia gostado das referências, na história anterior, a Lorde Corvo de Sangue, esta terceira história dá-me muito mais material sobre esta personagem fantástica da História dos Sete Reinos. É um conto cheio de vivacidade, justas, torneios e casamentos onde pouco é aquilo que parece e todos parecem ter um segredo por revelar.

“Imperdível para todos os fãs de A Guerra dos Tronos.

Ben Avery voltou a fazer um bom trabalho de adaptação e, como disse na minha opinião ao livro anterior, a BD é inferior em qualidade ao conto, mas não deixa de ser um ótimo trabalho. Colocar tantos pormenores escritos por Martin num desenho não deve ser fácil, e Avery não descurou nenhum detalhe. Já a arte de Mike S. Miller continua muito atrativa, com um traço seguro e cores fortes.

Fonte: http://www.saidadeemergencia.com/produto/-o-202434/banda-desenhada-o-202439/o-cavaleiro-misterioso-oferta-ironia-tyrion-lannister/?utm_campaign=programaafiliados&utm_source=BetaTester

Sor Duncan, O Alto, nasceu na Baixa das Pulgas em Porto Real. Mas Arlan da Pataqueira resgatou-o para fazer dele seu escudeiro e, à beira da morte, fez dele cavaleiro. Dunk destaca-se pelos seus quase dois metros de altura, mas é um cavaleiro andante sem eira nem beira e ninguém lhe dá crédito. O que ninguém sabe é que o pequeno rapaz careca que o serve como escudeiro é, na verdade, Aegon Targaryen, um dos muitos herdeiros ao trono.

Dunk e Egg deixam o Septo de Pedra e partem para o norte, com a ideia de servirem Beron Stark, que havia convocado homens para afastar os feixes de rebelião Greyjoy, ainda que Dunk tenha secretamente a esperança de alcançar a Muralha, onde o pai que nunca conheceu poderá (quem sabe) fazer parte da Patrulha. Pelo caminho, encontram um septão decapitado. A causa: difundir palavras que apelam à traição. Dunk sabe que Brynden Rivers, Lorde Corvo de Sangue, é a Mão do Rei e é conhecido por ter espiões em todo o santo lugar.

Fonte: Saída de Emergência

Mais tarde, encontram um grupo de cavaleiros liderados por Gormon Peake, cujo brasão revela três castelos negros num fundo laranja. Nesse grupo encontra-se Alyn Cockshaw e ainda John, o Rabequista, o único de entre eles que trata Dunk com afabilidade. Após esse breve encontro, John convida Dunk a assistir ao matrimónio de Ambrose Butterwell com uma Frey, onde haverá um torneio. O vencedor receberá como prémio um ovo de dragão, e o Rabequista parece bastante interessado nele.

“O Cavaleiro Misterioso é uma ótima conclusão para estas histórias que George R. R. Martin escreveu sobre Dunk e Egg.”

A pensar nas recompensas que poderá granjear só por vencer qualquer justa no torneio, Dunk decide aceitar a proposta. Na viagem, trava conhecimento e amizade com três cavaleiros andantes, Sor Maynard Plumm, Sor Kyle e Sor Glendon Ball, que afirma ser filho ilegítimo de Quentyn Ball, um famoso guerreiro que lutou por Daemon Blackfyre. Mas, uma vez em Parede Branca, nem o casamento nem o torneio são aquilo que Dunk julgava, e uma conspiração muito bem tecida para usurpar o ovo de dragão pode até ameaçar o Trono de Ferro.

Fonte: Saída de Emergência

Cativante, O Cavaleiro Misterioso oferece um misto de intriga política, conspiração e subterfúgios, ao mesmo tempo que o humor permanece como uma componente permanente no seu todo. As imagens de Miller e os diálogos de Avery convencem e dão tanta cor e forma à criação de George R. R. Martin quanto a série da HBO confere à série-mãe, As Crónicas de Gelo e Fogo.

George R. R. Martin escreveu um conto ao seu melhor nível que, assim como na história anterior, só pareceu desenrolar-se do meio para a frente, mas todos os pormenores oferecidos previamente serviram na perfeição para nos fazer sentir “parvos” no bom sentido, perante algumas revelações. Tanto no conto como na BD, sentimos o épico na sua melhor forma e um universo complexo com ainda tanto por ver explorado. Imperdível para todos os fãs de A Guerra dos Tronos.

Avaliação: 8/10

Histórias de Dunk e Egg (Saída de Emergência):

#1 O Cavaleiro de Westeros

#2 A Espada Ajuramentada

#3 O Cavaleiro Misterioso

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close