TOP TEN Séries de BD


Viva! Por aqui estou de férias mas agendei um artigo para vos mostrar o meu Top Ten de séries de banda-desenhada. Pessoalmente sempre gostei de BDs, mas os últimos dois, três anos desenvolvi um gosto mais apurado pela ficção adulta. As comics americanas são as minhas preferidas, apesar de também gostar bastante da arte italiana e franco-belga. De momento, são as desenvolvidas pela Image Comics as que mais se adequam ao meu gosto pessoal.

Deixei de parte várias BDs das que ainda não tenho uma opinião muito formada ou que não cabem neste Top, especialmente as desenvolvidas por Mark Millar: O Legado de Júpiter e Imperatriz, Outcast de Kirkman e Paul Azaceta, The Wicked + The Divine de Kieron Gillen e Jamie McKelvie ou Descender de Jeff Lemire e Dustin Nguyen. Outras como Borgia e O Rei Macaco de Milo Manara, As Águias de Roma de Enrico Marini, Nimona de Noelle Stevenson, Umbrella Academy de Gerard Way e Gabriel Bá, A Garagem Hermética de Moebius, Má Raça e Os Malditos de Aaron ou as várias séries da Marvel merecem os meus louvores, mas ainda não entram na minha lista de preferidos. Fiquem então com o meu Top Ten:

10. V FOR VENDETTA

Imagem relacionada

Com argumento de Alan Moore e arte de David Loyd, V de Vingança passa-se num passado distópico e pós-apocalíptico, após uma violenta guerra nuclear que fez um partido totalitário ascender ao poder. Estamos em 1997, no Reino Unido. O governo controla os media, vigia as ruas com câmaras de vigilância e tem campos de concentração para grupos minoritários como judeus, negros e homossexuais. É neste contexto que surge um revolucionário mascarado conhecido como V, fazendo explodir o parlamento e deixando uma esteira de morte à sua passagem. Publicado pela Levoir em colaboração com o Jornal Público.

9. LOCKE & KEY

Resultado de imagem para locke & key lovecraft

Com argumento de Joe Hill, filho do mestre do terror Stephen King e autor do célebre Cornos, e arte de Gabriel Rodriguez, Locke & Key é uma das melhores comics de terror moderno. Disposto a disciplinar os filhos e a envolvê-los em atividades campestres, o professor Rendell Locke é retido na sua própria casa por um grupo de alunos problemáticos que pretendiam pregar um susto ao professor e à família. O caos é despoletado quando um desses alunos, o sociopata Sam Lesser, mata Rendell e a família deste é obrigada a mudar-se para Lovecraft, a terra natal do professor. Ali vão encontrar uma casa assombrada e chaves, muitas chaves.

8. SOUTHERN BASTARDS

sem-titulo

Tem argumento de Jason Aaron e arte de Jason Latour. Southern Bastards é uma das grandes séries que a G Floy Studio publica no nosso país. Ela mostra o pior da comunidade sulista dos E.U.A., onde autor e artista cresceram. No condado de Craw, Alabama, o futebol e a corrupção andam de mãos dadas e a justiça fecha os olhos para os atos menos ortodoxos cometidos pelos personagens mais influentes e pela sua prole. É neste contexto de violência urbana completamente gratuita que Earl Tubbs, antigo capitão da equipa de futebol, regressa a casa, após 40 anos de ausência, depois de ter estado no Vietname.

7. WATCHMEN

sem-titulo

Pelas mãos da Levoir chegou-nos a obra-prima de Alan Moore, com arte de Dave Gibbons. Watchmen foge ao estereotipo das séries de super-heróis, apresentando um cenário noir e um plot de policial negro. Moore lança uma questão: como seria a vida real com super-heróis, onde a polícia se insurge contra estes seres mascarados e o mundo vive em constante ameaça nuclear? Watchmen começa com o assassinato de um destes vigilantes, numa altura em que todos eles estão velhos e cansados, e os vilões foram exterminados. Brilhante!

6. VELVET

sem-titulo

A trilogia publicada pela G Floy Studio conta a história de Velvet Templeton, uma assistente na agência secreta mais secreta dos E.U.A., que nos seus tempos áureos fora uma agente de topo. A morte de X-14, o homem que serviu durante quase 20 anos e uma série de suspeitas que a colocam na mira da sua própria gente, levam-na a voltar a usar-se dos seus inúmeros recursos como agente secreta. Uma excelente comic em três atos escrita pelo genial Ed Brubaker e trabalhada pelo prolífico artista Steve Epting. Aconselho Velvet a qualquer fã de James Bond ou Missão Impossível.

5. THE WALKING DEAD

sem-titulo

A série de BD que deu origem à famosa série televisiva, publicada entre nós pela Devir, acompanha a vida de Rick Grimes, um polícia de uma pequena cidade que acorda no hospital, após um mês de coma, e descobre que o mundo transformou-se num verdadeiro Inferno de mortos-vivos. O argumento é responsabilidade de Robert Kirkman, enquanto a arte é bem distribuída por nomes como Charlie Adlard, Stefano Gaudiano e Cliff Rathburn, entre outros. A BD chegou já ao número 30, continuando a cativar os seus milhares de fãs – eu incluído.

4. TONY CHU: DETECTIVE CANIBAL

sem-titulo

Anthony Chu é um cibopata. Trocando por miúdos, um sujeito que consegue visualizar o percurso de vida de um elemento após a ingestão do mesmo. Hoje, ele é membro de uma organização governamental que persegue o tráfico de frango. Porque, sim, aqui o frango é comercializado como uma droga, tudo porque uma grave epidemia aviária mudou o mundo como o conhecíamos. Tony Chu: Detective Canibal (Chew no original) é mais uma das excelentes séries da Image Comics que a G Floy Studio traz até nós, com um argumento louco de John Layman e uma arte incrível de Rob Guillory. Completamente viciante.

3. MONSTRESS

Publicado pela Edições Saída de Emergência, Monstress é a série sensação do momento, e não só pelas autoras, a argumentista Marjorie Liu e a artista Sana Takeda, estarem connosco em Setembro, no ComicCon Portugal, mas também por terem vencido cinco Eisners este ano, o prémio maior das BDs. Num mundo de inspiração oriental, uma rapariga arcânica vê-se no cerne de uma disputa de anos entre humanos e arcânicos. Muito embora pareça inofensiva, Maika Meiolobo tem dentro de si um poder imensurável, o resquício de um mal muito antigo que tem permanecido adormecido. A linguagem utilizada e a forma como o mundo nos é apresentado tem apenas um adjetivo: brutal.

2. SAGA

sem-titulo

Com argumento de Brian K. Vaughan e com arte de Fiona Staples chega-nos a minha série longa de eleição, publicada entre nós pela G Floy Studio. Saga é uma aventura cheia de ação, que nos relata as peripécias de um estranho casal: Alana e Marko. Alana vem do tecnologicamente avançado planeta Terravista, o maior planeta na galáxia, e Marko é proveniente da única lua de Terravista, Coroa, onde os seus habitantes, vulgarmente cornudos, se usam da magia como único armamento. O nascimento de uma filha vem mudar tudo aquilo que tinham como certo. Leve, cómico e sério, Saga aborda uma infinidade de problemas de uma família comum ao mesmo tempo que os leva a fugir entre astros e planetas.

1. THE FADE OUT

https://cld.pt/dl/download/9793b755-0a52-4109-9210-d8380b8dac82/The%20Fade%20Out/The_Fade_Out_cover_PT.jpg

Mini-série de referência, li recentemente The Fade Out, um policial noir passado na Hollywood de 1948 que a G Floy nos trouxe este verão numa edição integral. Trata-se de uma história misteriosa que acompanha a investigação de um homicídio, sendo também o mais ambicioso romance gráfico até à data de dois dos mestres da banda desenhada norte-americana, Ed Brubaker e Sean Phillips. Incrível em todos os aspectos, a história apresenta um filme noir que não consegue ser terminado, preso em filmagens que nunca acabam. Charlie Parish é o protagonista, um guionista atormentado pelo passado de guerra em Pearl Harbour que se vê arrastado para a morte misteriosa de uma jovem actriz que lhe era bastante próxima, Valeria Sommers.

E vocês, qual é o vosso Top Ten?

Nota: Todas as imagens foram gentilmente cedidas pelas editoras ou encontram referência fonte nas respetivas recensões.

 

2 comentários em “TOP TEN Séries de BD

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close