Estive a Ler: A Grande Caçada, A Roda do Tempo #2


Um arco de prata estava no lugar onde estivera a pedra, um arco repleto de um brilho prateado e suave. A saída…

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO “A GRANDE CAÇADA”, SEGUNDO VOLUME DA SÉRIE A RODA DO TEMPO

James Oliver Rigney Jr. foi um dos mais notáveis autores de fantasia, na senda do sucesso de nomes como Robert E. Howard ou J. R. R. Tolkien. Nunca ouviste falar? Talvez o conheças pelo pseudónimo. Hoje falo-vos de Robert Jordan, mais concretamente do segundo volume da sua série A Roda do Tempo, que brevemente será adaptada para uma série de TV pela Amazon Studios. Originalmente, The Wheel of Time foi planeada como uma sequência de seis livros, mas acabou por terminar com uns módicos catorze.

Publicado em 1990, The Great Hunt chegou a Portugal em 2007 pelas mãos da Bertrand, ano da morte do autor. Traduzido como A Grande Caçada, este livro de 738 páginas levou Robert Jordan ao sucesso enquanto autor de fantasia, sendo um dos primeiros nomes dentro do género a destacarem-se após a hegemonia alcançada pela obra de Tolkien. O autor, natural de Charleston, na Carolina do Sul, foi militar no Vietname entre 1967 e 1970, seguindo mais tarde a carreira como engenheiro nuclear.

Resultado de imagem para moiraine
Fonte: https://imgur.com/gallery/AepoC2z

Este livro tem muito do que um bom fã de fantasia deseja. Muitas e boas personagens, múltiplas direções, povos e sistemas de magia complexos, intrigas militares e um ritmo altíssimo. De facto, em comparação com o primeiro volume, é óbvio que A Roda do Tempo melhorou bastante. Ainda assim, no primeiro terço do livro senti bastante uma aura tolkeniana a envolver a história, o que decididamente prejudicou a minha avaliação à mesma. Já no primeiro volume tinha constatado que A Roda do Tempo tinha demasiadas semelhanças com O Senhor dos Anéis.

“Com um mundo expandido e múltiplas possibilidades, A Roda do Tempo tem todos os motivos para continuar a crescer e a mostrar mais surpresas agradáveis.”

Felizmente essa sensação foi-se dissipando no decorrer da leitura. Fluída e emocionante, a narrativa conduziu-me por trilhos interessantes e não tenho como dizer que não gostei. Existem muitas personagens bem interessantes e Jordan conseguiu dar uma capa mais adulta ao que se espera deste género de livros tão inspirados na fantasia tolkeniana. Gostei sim, mas não muito.

Resultado de imagem para a grande caçada bertrand
Fonte: https://www.fnac.pt/A-Grande-Cacada-Robert-Jordan/a208684#

Em parte, porque já li tanta coisa boa em fantasia que voltar aos especiais / escolhidos / eleitos é sempre um pouco desmotivante. Revisitar o dark lord que parece igual em todos os livros é outra desilusão. E a escrita de Robert Jordan é bem mais ou menos. Nada contra, em algumas passagens revela mesmo grande maturidade literária, mas é bem simples e sem nada que o caracterize ou marque em relação a outros autores. Sinceramente, não consigo pegar por uma ponta e dizer que Robert Jordan se destaca por isto.

Por estas razões, A Grande Caçada lê-se muito, muito bem, mas acabas por te frustrar com tantas sensações de déjà vu. Em parte, a culpa não é do autor, uma vez que muitos autores se inspiraram na sua obra posteriormente, mas a sua é claramente decalcada dos que fizeram sucesso anteriormente. Para falarmos em virtudes de Jordan, talvez ter sido dos primeiros a mostrar um sistema de magia mais complexo e estruturado. É também de realçar a importância de concentrar o poder na mulher, como uma inversão do nosso mundo e uma crítica às nossas desigualdades sociais.

Resultado de imagem para rand al'thor
Fonte: http://wot.wikia.com/wiki/Rand_al%27Thor

A premissa da série parte das invenções do Criador: o universo e a Roda do Tempo. A Roda não tem fim nem início, ela somente existe e dá os dias à Terra. Ela roda graças ao Poder Único, obtido da Fonte Verdadeira, composta da energia de metades masculinas e femininas (saidin e saidar, respectivamente). Humanos que conseguem manipular essa força são chamados de canalizadores, e a principal organização mencionada nos livros capaz disso é a Aes Sedai, na atualidade apenas composta por mulheres. Supostamente, o único homem capaz de canalizar a magia seria o Lews Telamon, o Dragão, porque os Aes Sedai masculinos enlouqueceram quando o ajudaram a selar Shai’tan, o Tenebroso, na sua prisão.

“Este livro tem muito do que um bom fã de fantasia deseja.”

No primeiro volume, Rand al’Thor, Matrim Cauthon e Perrin Aybara, três jovens da povoação de Dois Rios, são conduzidos por uma Aes Sedai chamada Moiraine e por um Guardião chamado Lan por uma senda tortuosa no sentido de escapar à perseguição dos seres das trevas, levando consigo ainda Ewgene, a amada de Rand, e Nynaeve, a jovem Sabedoria do povoado. O que eles não sabiam era que um deles seria o Dragão Renascido, aquele que voltaria a selar Shai’tan para a proteção do mundo. Pelo caminho, encontraram outros companheiros, como é o caso do ogier Loial.

Imagem relacionada
Fonte: https://koloczasu.pl/ogirowie/ogirowie-stedding-i-spiewanie-drzew/

A Grande Caçada encontra os personagens em Fal Dara, onde se recuperam dos acontecimentos descritos no primeiro livro. Eles encontraram o Corno de Valere e têm agora de o proteger, enquanto Mat tenta livrar-se da maldição que o liga a uma adaga e Rand prossegue nos seus treinos com Lan. Porém, a chegada de uma grande composição de Aes Sedai virá mudar a vida de todos eles. Durante um ataque de trollocs, o Corno de Valere e a adaga de Mat são roubados à traição, e eles terão de se desdobrar para os recuperarem.

Enquanto Ewgene e Nynaeve ficam em Fal Dara com as Aes Sedai e Moiraine tenta agir sub-repticiamente para influenciar os destinos do mundo, Rand volta a sentir nas mãos a importância de vir a ser o Dragão Renascido, mesmo que isso implique a loucura e a desgraça daqueles que ama. Por muitas vezes pensa o que teria acontecido se nunca tivesse saído de Dois Rios. Assim começa A Grande Caçada. Liderados por Lorde Ingtar, um grande grupo parte em busca do tão valoroso Corno e da adaga de Mat, acabando por ser obrigados a separar-se pelo caminho, com Rand, Loial e Hurin a seguirem um caminho diverso.

Resultado de imagem para wheel of time characters
Fonte: https://everydayshouldbetuesday.wordpress.com/2015/11/05/six-main-characters-the-wheel-of-time/

Desde as intrigas na cidade de Cairhien ao reduto dos ogier, a ação desenrola-se de forma frenética e desenvolve personagens incríveis como Loial, Hurin, Ingtar, Thom Merrilin e Selene, para além de várias Aes Sedai ou mesmo os três protagonistas da trama. Neste volume, Mat e Perrin acabaram por ter menos destaque do que o previsto e Lan e Moiraine foram quase uma sombra na ação do livro. Eles pouco se viram, mas a sua influência foi sempre sentida.

Com um mundo expandido e múltiplas possibilidades, A Roda do Tempo tem todos os motivos para continuar a crescer e a mostrar mais surpresas agradáveis. Está longe de me agradar a história do herói prometido e do dark lord, mas a evolução das personagens secundárias, a complexidade dos sistemas sociais e mágicos e os jogos políticos agradam-me bastante, pelo que espero novos e melhores desdobramentos nos volumes seguintes.

Avaliação: 6/10

A Roda do Tempo (Bertrand Editora):

#1 O Olho do Mundo

#2 A Grande Caçada

10 comentários em “Estive a Ler: A Grande Caçada, A Roda do Tempo #2

  1. Já tentei começar o Eye of The World este ano, mas confesso que me parece uma tarefa demasiado pesada meter-me numa série com 14 volumes. Mas se calhar vou dar nova hipótese… 🙂

    1. São 14 volumes e bem grandes, para além de que não me trazem grandes novidades em termos de plot. O bom é que tem um bom ritmo e muita ação. Infelizmente em Portugal só publicaram 4 ou 5.

      1. Ah, isso é que é pena. Felizmente leio em inglês. Hei-de pegar neles quando tiver mais tempo livre, da última vez só li o primeiro capítulo do primeiro volume.

      2. Se os próximos me agradarem também devo continuar. 🙂

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close