Estive a Ler: Destruição e Redenção, Império das Tormentas #3


Pouco tempo depois, Ruivo estava na popa e observava Pico de Pedra a desaparecer à distância. Tinha passado mais de um ano naquela ilha, e entristecia-o vê-la a afastar-se.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO “DESTRUIÇÃO E REDENÇÃO”, TERCEIRO VOLUME DA SÉRIE IMPÉRIO DAS TORMENTAS

Blood and Tempest é o título do terceiro volume da trilogia Empire of Storms de Jon Skovron, a primeira incursão do autor norte-americano no género fantasia adulta. Conhecido dentro do género Young Adult, onde escreveu livros como Misfit, Man Made Boy e This Broke Wondrous World, Skovron encerra assim uma trilogia de fantasia repleta de piratas, espiões, taberneiros e feiticeiros, com uma boa dose de política e intriga.

Publicado em 2017 pela Orbit, o livro chega a Portugal um ano depois, pelas mãos da Saída de Emergência, que já havia traduzido para português os livros Poder e Vingança e Liberdade e Revolução, os dois primeiros volumes da trilogia. Com o título Destruição e Redenção, este livro vem assim encerrar a história do autor nascido no Ohio, numa edição de 384 páginas com tradução de Maria João Trindade.

«Alguns procuram destruição. Eles procuram redenção.»

IMG_20181007_160538_482.jpg

Um mundo rico em piratas, samurais e mutantes, é o que nos oferece Empire of Storms de Jon Skovron. Apesar de ter gostado menos deste livro do que do anterior, é importante realçar que este Império das Tormentas é uma trilogia bem homogénea, com um volume inaugural mais centrado na apresentação de personagens e um segundo volume mais político e coeso, também mais negro em virtude da verdadeira matança que o autor levou a cabo, mas sobretudo porque soube explorar as nuances mais negras das personagens.

“Império das Tormentas foi uma trilogia competente.”

Destruição e Redenção veio fechar a narrativa bem distribuída pelo segundo volume. Ainda assim, apesar de a poder catalogar como uma boa trilogia de entretenimento, o Império das Tormentas não é um livro de grande complexidade. Ele cai em muitos momentos nos lugares comuns da literatura juvenil, com foco nas paixões e no lado mais pueril dos protagonistas. Não obstante, o mundo vai sendo bem trabalhado pelo autor de uma forma que aqui e ali se torna credível.

Sem Título
Fonte: http://www.saidadeemergencia.com/produto/destruicao-e-redencao/

Neste volume, Jon Skovron explora bastante bem o Império das Tormentas, um mundo peninsular em que se destaca a norte a ilha de Pico de Pedra, onde se localiza o Palácio Imperial, ao centro Nova Laven e a sul as Ilhas Meridionais, a região menos civilizada do Império. O Império é controlado pelos biomantes, que controlam a seu bel-prazer o Imperador Martarkis, que recorre aos serviços dos servos especializados para manter o seu domínio. Os Vinchen e os biomantes são as figuras mais poderosas nessa cadeia de poder.

Desde os tempos de Manay, o Leal, que os Vinchen mantêm o juramento de proteger o Império, sem qualquer reverência ao Imperador, porque mantinham a crença de que os homens seriam facilmente corrompidos e não deviam prestar-lhes serviço por graus de poder. Escondidos no seu reduto em Charneca, os Vinchen viveram por muitos anos longe da corrupção do Império, mas após a morte de Hurlo, o Astucioso, o seu sucessor não parece comungar plenamente dessa percepção.

Imagem relacionada
Fonte: http://combopop.com.br/imperio-das-tormentas-de-jon-skovron-sera-lancado-em-marco-pela-editora-arqueiro/

De facto, Racklock alia-se aos biomantes numa verdadeira caça à mulher, ou melhor dizendo, às mulheres. Esperança Sombria, a ex-protegida de Hurlo, e Brigga Lin, a ex-biomante, que após enfrentarem os exércitos zombies dos Lordes Chacais se tornaram uma verdadeira ameaça à hegemonia dos biomantes. O que eles não esperavam era que as duas guerreiras se separassem, após os terríveis eventos de Luz da Aurora.

“Acima de tudo, a aposta em novos autores e em novas ideias é sempre bem-vinda.”

Esperança Sombria ruma à sua terra natal, ou ao que restou dela, em busca de respostas sobre o seu passado. Ali encontra um sinistro menino de cabelo branco que tem como atividade preferida matar, para transformar as vítimas em seus amigos. Na verdade, através do blanqueamento, ele aprendeu uma forma de reviver seres mortos e fazê-los responder à sua vontade, seguindo os métodos dos seus mestres, os Lordes Chacais.

A guerreira Vinchen torna-se amiga do rapaz, de seu nome Uter, e tenta mostrar-lhe que há uma forma mais saudável de fazer amigos. Pelo caminho, reencontram a Velha Yammy, que revela mais uma vez ser muito mais do que a velhinha adorável que aparenta. Desde a procura de respostas sobre o seu passado, à tentativa de honrar a sua educação Vinchen, Esperança acaba por dirigir-se à ilha de Walta. Enquanto isso, também os restantes membros do grupo se separaram.

Imagem relacionada
Fonte: http://stevensbooks.fr/critique-litteraire-hope-red-de-jon-skovron-une-aventure-flamboyante/

Com Alash, Finn e Vaderton em locais distintos e Urtigas à frente dos destinos de Círculo do Paraíso, Brigga Lin e a pequena Jilly permaneceram no navio de Gavish Grisalho, Raio Veloz, onde a ex-biomante se tornou amante do capitão. A jovem grumete é que não parece ter ficado muito satisfeita. Depois de ter sido abandonada por Esperança Sombria, que prometera ensinar-lhe a arte dos Vinchen, também Brigga Lin parece não ter grande paciência para lhe ensinar os dotes dos biomantes, limitando-se a dar-lhe livros e mais livros para ler.

No Palácio Imperial conhecemos ainda nuances de um outro mundo, o reino de Aukbontar, através das personagens Nea Omnipora, uma embaixadora, o seu guarda-costas Catim, a mecânica Drissa e um curioso estudioso da flora chamado Etcher, que a acompanham. Depois de ter travado amizade com o Príncipe Leston, escapado à influência dos biomantes e descoberto uma grande conspiração encabeçada pela Dama Merivale Hempist, Ruivo é enviado por esta com uma missão que não lhe desagrada nada: procurar Esperança Sombria e Brigga Lin, e recrutá-las para a luta contra os biomantes.

Resultado de imagem para hope and red art
Fonte: http://othercoolbirds.com/jon-foster-featured-artist/

Então, é obrigado a enfrentar Círculo do Paraíso e os acontecimentos calamitosos que marcaram a sua ausência, desde a nova identidade de Urtigas, agora sempre acompanhada pelos sinistros Moxy Poxy e Senhor Cabeleira, mas também aceitar as mudanças que ocorreram em si mesmo, depois de se ter transformado num demónio às mãos dos biomantes e sobrevivido para os ultrapassar. Mas é em Posto de Vance que a ação tem lugar. E que ação!

“Destruição e Redenção veio fechar a narrativa bem distribuída pelo segundo volume.

Destruição e Redenção foi mais uma boa leitura com o carimbo Bang! da Saída de Emergência. Depois de um início bem inferior aos volumes anteriores, acabou por ser um livro tão bom quanto eles. Adorei os finais, apesar de não ter gostado muito do excesso de volte-faces a envolver criaturas sobrenaturais, nem da fácil aceitação final do Conselho de Biomantes, com frases bem clichés. As aventuras de Rixidenteron e Esperança Sombria chegaram ao fim, e apesar de ser uma história quase juvenil, teve vários momentos de grande interesse, e um final bem amarrado.

Resultado de imagem para hope and red art
Fonte: https://www.deviantart.com/radecmai/art/Hope-and-Red-Book-Cover-606701462

Império das Tormentas foi uma trilogia competente. Se o primeiro volume teve alguns dos melhores momentos, perdeu devido ao manancial de novos termos implementados pelo autor, que tornaram a leitura muito pouco fluída. O segundo volume foi mais moderado e eu estava já mais familiarizado com as expressões, mas também teve mais revelações, intrigas e mortes imprevisíveis, pelo que foi o meu preferido.

Destruição e Redenção fechou com chave de ouro aquela que podia ser uma trilogia maravilhosa, não chegou a tanto, mas teve os seus momentos de qualidade. Venham mais trilogias e sagas, que estarei aqui para as ler e comentar. Jon Skovron é um nome que não ombreia, nem de perto nem de longe, com os meus escritores preferidos, mas é de louvar o trabalho da Saída de Emergência. Acima de tudo, a aposta em novos autores e em novas ideias é sempre bem-vinda.

Este livro foi cedido em parceria com a editora Saída de Emergência.

Avaliação: 7/10

Império das Tormentas (Saída de Emergência):

#1 Poder e Vingança

#2 Liberdade e Revolução

#3 Destruição e Redenção

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close