Estive a Ler: Um Conto de Natal


Para começar, Marley tinha morrido. Disso não restam dúvidas. O registo do seu enterramento estava assinado pelo pastor, pelo oficial do cartório, pelo cangalheiro e pelo principal enlutado. Scrooge assinara-o.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO UM CONTO DE NATAL

A Christmas Carol é um livro da autoria de Charles Dickens. Com várias traduções em Português, sendo uma delas Um Conto de Natal, pelas Publicações Europa-América, o livro foi escrito em menos de um mês originalmente para pagar dívidas, mas tornou-se um dos maiores clássicos natalícios de todos os tempos e uma das mais célebres obras de Dickens. O autor descreveu-o como o seu “livrinho de Natal”, e foi publicado originalmente a 19 de dezembro de 1843, com ilustrações de John Leech.

A história transformou-se instantaneamente num sucesso, vendendo mais de seis mil cópias apenas numa semana. A edição de 2009, que inclui as ilustrações originais, tem um total de 184 páginas e tradução de Lucília Filipe. Incluído no Plano Nacional de Leitura, Um Conto de Natal é recomendado para o 7º ano de escolaridade e destinado a leitura orientada. Também é recomendado para a Formação de Adultos, como sugestão de leitura.

Resultado de imagem para a christmas carol
Fonte: http://www.bbc.co.uk/learningenglish/thai/features/drama/carol-ep04

Apesar de conhecer diversas versões do clássico, seja no cinema, em animações ou peças de teatro, foi a primeira vez que peguei no clássico de Charles Dickens e não fiquei defraudado. Apesar de nunca ter lido nada do autor, gostei muito de descobrir um pouquinho da sua história e fiquei curioso com o livro David Copperfield, mas decidi começar por ler dele o tão conhecido Um Conto de Natal, uma pequena delícia natalícia.

“Um Conto de Natal foi um conto que li com muito carinho e saboreei cada página.

O livro tem sobretudo uma lição moral a dar, incentivando a generosidade de cada um de nós e abrindo os olhos do leitor para aquilo que realmente importa, não só na época do Natal, como em todo o ano: olhar para os outros e viver harmoniosamente em comunidade, porque isso faz tão bem a nós como aos outros. Amizade, altruísmo e paz de espírito são características que este conto promove em oposição à ganância e avareza que o protagonista revela no início da obra.

Imagem relacionada
Fonte: https://www.fnac.pt/Um-Conto-de-Natal-Charles-Dickens/a274250#

É sobretudo essa função de consciência que Dickens nos impõe a verdadeira importância deste livro e o segredo do seu sucesso, mostrando ao leitor a vida que ele tem (reparem como é um conto sempre atual), o valor que dá a futilidades em detrimento da felicidade daqueles que estão à nossa volta, daqueles para quem caridade pode ser um gesto bem menos difícil do que se pode imaginar. E é essa a sua magia.

Dickens apresentou a realidade da época em que vivia, uma realidade que é preciso ser vista, ano após ano, se não em todas as alturas do ano, pelo menos no Natal. Um Conto de Natal é uma história com uma mensagem extremamente forte que abrange todos os públicos e todas as idades, sendo um conto que me parece poder ter interpretações diferentes mas igualmente impactantes, dependendo da vida e da idade do leitor.

Resultado de imagem para a christmas carol
Fonte: https://www.techadvisor.co.uk/how-to/entertainment/watch-christmas-carol-disney-free-3652270/

A trama apresenta Ebenezer Scrooge, um avarento homem de negócios que abomina a época natalícia. Trabalha num escritório em Londres com Bob Cratchit, o seu pobre, mas feliz empregado, pai de quatro filhos, entre os quais se encontra o debilitado Pequeno Tim, que sofre de problemas nas pernas. Numa véspera de Natal, Scrooge recebe a visita do seu ex-sócio Jacob Marley, morto há sete anos naquele mesmo dia.

“Amizade, altruísmo e paz de espírito são características que este conto promove em oposição à ganância e avareza que o protagonista revela no início da obra.

Marley revela que o seu espírito não pode descansar em paz, uma vez que não foi bom nem generoso em vida, e que Scrooge corre o mesmo risco, porém ainda tem uma oportunidade para se redimir. Revela ainda que três fantasmas o irão visitar em breve. O primeiro é o Fantasma do Natal Passado, que leva Scrooge de volta no tempo e mostra a sua adolescência e o início da sua vida adulta, quando Scrooge ainda amava o Natal.

Resultado de imagem para a christmas carol
Fonte: https://www.berfrois.com/2012/12/a-christmas-carol-charles-dickens/

O segundo fantasma, o do Natal Presente, mostra a Scrooge as celebrações do presente, incluindo a humilde comemoração natalícia dos Cratchit, onde vê que, apesar de pobre, a família do seu empregado é muito feliz e unida. O terceiro, o Fantasma do Natal Futuro, não diz nada, mas revela a Scrooge a sua morte solitária, sem amigos, e o conduz até ao cemitério, onde pode encontrar a sua própria campa. Isso, se ele não mudar o seu comportamento.

Um Conto de Natal foi um conto que li com muito carinho e saboreei cada página. É daquelas histórias que se leva para a vida e a prosa de Dickens não desilude. É um autor tipicamente britânico que contribuiu para o nosso mundo com histórias incríveis que hoje vemos desenvolvidas e adaptadas nos mais diversos meios, mas aquele travo londrino que os perpassa a todos está intimamente ligada à obra de Charles Dickens, um dos expoentes máximos da literatura inglesa.

Trata-se de uma obra riquíssima cujo protagonista inspirou a criação do bem conhecido Tio Patinhas da Disney, e inclusive o conto foi adaptado pela produtora com o pato mais avarento no papel que lhe cabe. Resta-me desejar-vos um Feliz Natal com aqueles que mais amam e se ainda não leram o conto, não percam tempo. É uma leitura muito significativa para o mundo, independentemente de quem seja o leitor.

Avaliação: 8/10

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close