Estive a Ler: O Homem Vazio


E por isso pensa que se trata de um culto. Um idiota qualquer fala de “loucura contagiosa”. Mas não é uma doença. É um deus.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO O HOMEM VAZIO (FORMATO BD)

Vamos falar de O Homem Vazio? O argumentista Cullen Bunn e a ilustradora Vanesa R. Del Rey são dois dos mais aclamados talentos de uma nova geração de criadores de comics. O autor é conhecido por obras como Harrow County e Deadpool Mata o Universo Marvel, publicados pela G Floy Studio, enquanto a ilustradora cubana é mais famosa pela BD Redlands, ainda não publicada em Portugal. O Homem Vazio é pois a primeira publicação de Del Rey no nosso país.

A dupla traz The Empty Man, publicado pela G Floy no nosso país em dezembro de 2018 com o título O Homem Vazio, numa edição que inclui os seis números da publicação de 2016 da BOOM! Studios. No final de 2018, Bunn começou a publicar uma nova série de O Homem Vazio com outros ilustradores, apesar de ambas se tratarem de histórias auto-conclusivas a abordarem o mesmo problema.

Sem Título 3
Fonte: G Floy Studio

O Homem Vazio foi um dos lançamentos de fim-de-ano que mais me entusiasmaram. A premissa de uma doença altamente contagiosa que se difunde na eclosão de uma seita é, no mínimo, interessante. Infelizmente, o comic não correspondeu às expectativas. A história é mesmo interessante, uma mistura pouco discreta entre o policial e o sobrenatural, mas isso não é o suficiente para oferecer uma experiência de leitura que possamos dizer convincente.

“À publicação da G Floy Studio resta dar-lhe mérito em tratar-se de uma edição auto-conclusiva.

Para além da explicação do plot ser para lá de atabalhoada, a arte de Vanesa R. Del Rey não me cativou a 100%. Confesso que me desiludiu, mas essa percepção acabou se esbater durante a leitura. A coloração de Michael Garland, que realça os rosas e os liláses, acaba por compensar os traços faciais pouco convincentes e um trabalho global algo pobre da artista cubana. Mesmo assim, a trama é estranha e intrigante o quanto baste para que o livro acabe por revelar algum interesse.

Sem Título 3
Fonte: G Floy Studio

Um ano após o primeiro caso confirmado do Homem Vazio, uma estranha epidemia de que não se conhece cura, todas as tentativas de a debelar ou mitigar foram condenadas ao fracasso. Ninguém sabe o que causou a doença, apenas que os infectados apresentam sintomas como delírios febris, acessos de raiva ou tendências suicidas que tanto os conduzem à morte como ao estado vegetativo, a que lhe valeu a nomenclatura. Para piorar as investigações, começam a surgir sinais de uma seita homicida que vê esta estranha doença como uma manifestação divina.

A narrativa acompanha a agente Jensen do FBI e um membro do CDC, Langford, que investigam o culto ao Homem Vazio e tentam perceber os contornos da misteriosa epidemia. Com um pregador louco e fundamentalista, um rol de possibilidades a envolver explicações psíquicas, científicas e médicas e alguma atividade paranormal, a trama oferece uma aura X-Files a quem a lê.

Sem Título 3
Fonte: G Floy Studio

Cullen Bunn volta a não me encher as medidas com O Homem Vazio. Apesar de reconhecer qualidade no seu trabalho, nomeadamente com Harrow County ou Deadpool, é um autor que não entra, definitivamente, no lote de argumentistas de comic que mais me agradam. Também não foi este o livro dele que menos me agradou, mas infelizmente a arte de Del Rey não lhe oferece ajuda.

Pouco criativa na apresentação dos factos, visualmente confusa e com um desenvolvimento pouco consistente, O Homem Vazio é uma história de teor noir que tem na premissa a sua maior virtude. E é exatamente o tipo de narrativa e o mistério que o envolve o que mais me cativou neste álbum, bem como a fisionomia inusitada das manifestações da doença. À publicação da G Floy Studio resta dar-lhe mérito em tratar-se de uma edição auto-conclusiva.

Avaliação: 5/10

2 comentários em “Estive a Ler: O Homem Vazio

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close