Estive a Ler: Admirável Mundo Novo


Sessenta e duas mil e quatrocentas repetições fazem uma verdade.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO ADMIRÁVEL MUNDO NOVO

Oriundo de uma família de vulto na Inglaterra intelectual, Aldous Huxley nasceu em Godalming e faleceu em Los Angeles aos 69 anos. Huxley é conhecido pelos seus romances, como Brave New World, mas foi também editor da revista Oxford Poetry e publicou contos, poesias, literatura de viagem e guiões para cinema. Foi ainda entusiasta do uso responsável de substâncias alucinógenas como catalisadoras dos processos mentais do indivíduo, procurando alcançar o máximo das potencialidades humanas.

A edição original de Admirável Mundo Novo foi publicada em 1932. Em 99, a Modern Library classificou o livro como quinto na sua lista dos 100 melhores romances de língua inglesa do século XX. Em 2003, o The Observer incluiu-o nos 100 melhores romances de todos os tempos e a obra foi indicada no número 87 da pesquisa “The Big Read” da BBC. Li a edição portuguesa da Antígona de 2013, com tradução de Mário-Henrique Leiria e um total de 320 páginas.

Imagem relacionada
Fonte: https://giphy.com/gifs/metropolis-UbAxZBOuBFIVW

Após a leitura de 1984 o ano passado, não podia esperar muito tempo para ler o outro grande clássico distópico do género. Não gostei tanto deste livro, mas isso não significa que seja inferior. Tampouco significa que não gostei. Simplesmente não foi de encontro ao meu gosto pessoal, apesar de achar um trabalho notável para um livro que foi escrito há pouco menos de um século.

“Existe um paralelismo muito interessante entre este livro e o clássico de George Orwell.”

Admirável Mundo Novo é uma invenção sui generis de Aldous Huxley, convidando-nos a compreender um mundo quase oposto ao nosso. Trata-se de uma parábola fantástica sobre a desumanização dos seres humanos, realçando as características mais negativas da evolução humana e da manipulação pela ciência. É um Homem subjugado pelas suas próprias invenções o que encontramos neste livro, em que a emoção humana é completamente abafada pelos novos ideais de uma vida “plastificada” que não está assim tão longe da nossa realidade actual.

Sem Título
Fonte: https://antigona.pt/products/admiravel-mundo-novo

O livro descreve uma sociedade futura em que as pessoas seriam condicionadas em termos genéticos e psicológicos, a fim de se conformarem com as regras sociais dominantes. Tal sociedade dividir-se-ia em castas e desconheceria os conceitos de família e de moral. Contudo, esse mundo quase irrespirável não deixa de gerar os seus anticorpos. Bernard Marx, um dos protagonistas, sente-se descontente com ele, em parte por ser fisicamente diferente dos restantes membros da sua casta.

Então, numa espécie de reserva histórica em que algumas pessoas continuam a viver de acordo com valores e regras do passado, Bernard encontra um jovem que irá apresentar à sociedade asséptica do seu tempo, John, como um exemplo de outra forma de ser e de viver. Está longe de imaginar, porém, os problemas e os conflitos que essa sua decisão provocará no seio da civilização.

Resultado de imagem para brave new world gif
Fonte: https://giphy.com/explore/brave-new-world

É que este indígena é adepto de Shakespeare num mundo em que a leitura foi irradicada por opção. E é filho de um dos mais célebres membros da sociedade, Thomas, Director de Incubação e Condicionamento de Londres. Para além disso, John apaixona-se por Lenina, o interesse amoroso de Bernard, num mundo em que as pessoas são mal vistas se permanecerem com o mesmo parceiro por muito tempo e desde crianças são habituadas à devassidão e promiscuidade como algo natural e benéfico.

“Admirável Mundo Novo é uma invenção sui generis de Aldous Huxley, convidando-nos a compreender um mundo quase oposto ao nosso.”

Não há aqui o conceito de família. Os filhos são criados artificialmente, e as explicações científicas de Huxley nos primeiros capítulos são tão grotescas quanto credíveis. Palavras como paternidade ou maternidade são interpretadas como ridículas. Eles são criados em grupo, catalogados em diferentes castas consoante as diferenças que apresentam no nascimento.

Resultado de imagem para brave new world gif
Fonte: https://boingboing.net/tag/huxley

Existem os Alfas, os Betas, os Gamas, os Deltas e os Epsilons. Cada um deles tem determinadas tarefas a desempenhar e características inatas, e todos são estimulados a viver permanentemente estáveis e felizes, sem a necessidade de nada mais do que aquilo que têm. Quando as coisas dão para o torto, sempre podem tomar “soma”, uma droga que lhes diminui a esperança média de vida mas que não apresenta outros efeitos ou contraindicações.

Interessante é também a religião em voga neste mundo, se se pode chamar de religião. Os administradores conhecem as tradições do mundo antigo e a crença em Deus, mas Deus foi tão abolido como a literatura, simplesmente porque ninguém precisa nem de um nem de outro. A maior divindade deste mundo é Henry Ford, ícone da produção em massa e figura de vulto da Revolução Industrial, cuja figura é venerada como um Deus na obra.

Expressões como “Meu Ford” são corriqueiras.

Sem Título
Fonte: https://medium.com/@geraldlombardo/bravenewworldbecarefulwhatyouwishfor-d394d40c3fd2

Existe um paralelismo muito interessante entre este livro e o clássico de George Orwell. Em 1984 há uma total obrigatoriedade e vigilância sobre os indivíduos, um determinismo estóico. Aqui parece acontecer o oposto. Há uma devassidão completa e a única coisa que importa é que todos sejam felizes. A História, a Literatura, a Divindade, não têm qualquer lugar aqui, porque as pessoas não precisam delas para viver felizes. Não precisam de se questionar sobre nada.

Mas, no fundo, ambas as sociedades são geridas por governos autocráticos, que apenas se usam de ideologias completamente diferentes para manter as pessoas sossegadas, como cordeirinhos, à sua vontade. Admirável Mundo Novo é um apelo à consciência dos homens. É um aviso sério para onde a nossa sociedade tende a evoluir, caindo na ilusão de uma vida fácil e luxuosa quando apenas está a ser mantido de olhos tapados.

Avaliação: 7/10

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close