Estive a Ler: Samitério de Animais


À frente da casa havia um vasto terreno onde as crianças podiam brincar e, mais adiante, estendiam-se bosques que pareciam infindáveis.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO SAMITÉRIO DE ANIMAIS

Quando se evocam nomes ligados à literatura de terror e suspense fantástico, aquele que se destaca ente as minhas escolhas é o do norte-americano Stephen King. Criador de thrillers que se transformaram em êxitos, não só literários como cinematográficos, exemplo disso são Shinning, It: A Coisa ou A Hora do Vampiro, King tornou-se um mestre dentro do género, influenciando inúmeros escritores que despontaram nas últimas gerações. Pet Sematary foi publicado em 1983 e publicado pela editora Doubleday.

Pet Sematary foi publicado originalmente em Portugal pela Círculo de Leitores em 1989, com o título Cemitério das Mascotes, conhecendo agora uma nova edição pela Bertrand. Com 464 páginas, a edição de 2019 tem o título de Samitério de Animais, que coincide com a nova adaptação ao cinema do clássico de horror de Stephen King. Este livro faz parte da sua extensa obra literária, tendo sido também ele influência para artistas de todas as artes, como a banda Ramones, que também é referência no livro.

Sem Título 3
Fonte: https://mashable.com/article/pet-sematary-2019-review/?europe=true

Se não posso qualificar este livro como assustador, posso chamá-lo pelo menos de inquietante. Samitério de Animais é um livro que começa lento e sem grandes ingredientes. Sabemos de antemão que algo de muito errado vai acontecer ali, mas se estivermos a salvo de alguns spoilers, podíamos esperar muito mais da primeira parte do livro. Na verdade, King estava apenas a testar-nos, a fazer-nos conhecer as personagens e a enquadrar-nos no seu quotidiano. Quando as coisas começam a correr mal, correm mal até ao fim.

“A morte é um elemento constante neste livro, da primeira à última página.

A partir da primeira morte, os acontecimentos bizarros começam a suceder-se, e quando isso acontece não conseguimos largar o livro até à última página. Ao contrário do terror de It: A Coisa, o de Samitério de Animais inquieta e assusta-me muito mais, porque se sabemos que King viajou bastante na maionese para criar It, os terrores de Samitério de Animais são-nos muito mais próximos, porque mexem com coisas do nosso quotidiano, como são a família, os animais de estimação ou o conceito e a aceitação da morte.

Sem Título 3
Fonte: https://picgra.com/user/bertrandeditora/7013355356

Samitério de Animais apresenta-nos a Louis Creed, um jovem médico de Chicago que encontra o seu emprego de sonho na Universidade do Maine, na área de serviço de saúde. Ele se muda para uma grande casa na periferia da pequena cidade de Ludlow, no Maine, com a sua esposa Rachel e os dois filhos, Ellie e Gage. Há também o gato da filha chamado Winston Churchill, ou apenas Church. A partir do momento em que chegam a Ludlow, porém, o azar ameaça persegui-los. Ellie magoa-se no joelho ao cair de um baloiço e o pequeno Gage é picado por uma abelha.

São socorridos pelo novo vizinho, um velho homem chamado Judson Crandall que ali vive há muito com a sua esposa Norma, vítima de artite. Jud adverte Louis e Rachel sobre a auto-estrada que passa em frente à nova casa, constantemente usada por grandes camiões da Orinco nas proximidades de uma fábrica de transformação química. Num dos primeiros passeios para explorar a região, o homem apresenta-lhes um cemitério de animais de estimação no bosque. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram os seus animais de estimação.

Resultado de imagem para pet sematary gif
Fonte: https://giphy.com/gifs/pet-sematary-OYHGI4FyMCq7m

O passeio provoca um grande mal-estar na menina e um desentendimento entre Louis e Rachel. A esposa não quer falar com Ellie sobre a morte, pois preocupa-se pelo modo com que ela possa sentir-se afectada por tudo aquilo que viu no “samitério”, palavra mal escrita que sinaliza a entrada do lugar. Louis descobre que a esposa vive traumatizada pela morte precoce de sua irmã Zelda, que morreu de meningite quando eram ambas crianças.

“Se não posso qualificar este livro como assustador, posso chamá-lo pelo menos de inquietante.”

Quando a mulher e os filhos vão passar uns dias com os pais dela, com quem Louis não se dá particularmente bem, o médico depara-se com uma situação delicada sobre a qual apenas o velho vizinho o pode ajudar. E então ele mostra-lhe que, para além dos pequenos túmulos, onde uma caligrafia infantil regista o primeiro contacto com a morte, há um outro cemitério. Como diz na sinopse, uma terra maligna que atrai as pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas, capazes de tornar realidade o que sempre pareceu impossível.

Resultado de imagem para pet sematary gif 2019
Fonte: https://thechive.com/sitemap.xml?yyyy=2019&mm=02&dd=18

A morte é um elemento constante neste livro, da primeira à última página. Não é, porém, uma morte fácil ou sentenciadora, não é algo saído de um imaginário disperso e francamente fictício. King consegue tornar credíveis os terrores de qualquer um e este livro é uma franca prova disso. Ainda assim, não consegui criar grande empatia com as personagens e a primeira parte foi um pouco difícil de engrenar. Na segunda parte, porém, estava já completamente absorvido e comprometido, tanto com a história como com as personagens.

Tive pena de ver o protagonista a toldar-se completamente pelo poder do Samitério, mas ao mesmo tempo achei que King soube construir e desconstruir muito bem a história, do início ao fim, sem explicações desnecessárias nem finais mais sentenciadores. Samitério de Animais é um livro que termina de uma forma que não agradará a todos, mas que respeita muito aquilo que é. Uma leitura incrível e mais um imprescindível do mestre King.

PS: Se apenas viram o filme de 2019, leiam o livro, porque as coisas acontecem de forma diferente.

Avaliação: 8/10

Imagem de capa: https://www.dreadcentral.com/news/291799/final-pet-sematary-trailer-is-stylish-and-eerie/ (Reprodução)

2 comentários em “Estive a Ler: Samitério de Animais

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close