Estive a Ler: Children of the Nameless


Then it moved off, ignoring her. The rest of the villagers were not so lucky. They had locked themselves in their homes—where now they shouted, prayed, and pled…until one by one, they started to go silent.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA A NOVELETA CHILDREN OF THE NAMELESS

Publicado gratuitamente, Children of the Nameless é o projeto secreto em que Brandon Sanderson esteve envolvido durante boa parte de 2018. Trata-se de uma noveleta escrita pelo autor no mundo do famoso RPG Magic: The Gathering, de que o autor é jogador e fã confesso. Sanderson é um nome prolífico da fantasia atual, famoso pelas séries Mistborn, The Stormlight Archive e pelos livros Elantris, Skyward e a trilogia YA Executores. Em Portugal, a primeira trilogia Mistborn foi publicada pela Saída de Emergência.

Com o título Magic: Children of the Nameless, em português Filhos dos Sem Nome, a narrativa acompanha uma rapariga cujos poderes a ajudam a proteger os seus entes-queridos. Um dia, porém, a sua magia desaparece sem razão aparente, causando o caos e a destruição na sua aldeia. Destruída mentalmente, ela reúne os farrapos de vida que lhe restam e propõe-se a destruir o mais que óbvio responsável por aquilo: the Lord of the Manor. Mas… e se não tivesse sido ele?

Resultado de imagem para magic the gathering gif
Fonte: https://giphy.com/explore/magic-the-gathering

Se és fã de Magic: The Gathering e dos habituais quebra-cabeças de Brandon Sanderson, fica a saber que foi lançada uma história de cento e tal páginas no site da Magic, que podes descarregar gratuitamente. A história chama-se Children of the Nameless e segue a vida de uma menina chamada Tacenda e da sua irmã gémea Willa. As duas nascem com uma particularidade rara: uma fica cega durante o dia, a outra fica cega durante a noite. Essa maldição oferece-lhes também uma habilidade mágica. Enquanto Willa tem um dom para o combate, Tacenda tem um dom que afasta o perigo com a sua voz. Como? Entoando canções.

“Mesmo que termine a história com a sensação de que não foi nada de mais, não deixa de ser uma leitura bastante agradável.

Um dia, porém, o seu dom deixa de funcionar e um verdadeiro “Inferno de Dante” é despejado sobre a sua aldeia. Todos são mortos para além de Tacenda e ela busca vingança pelos pais e pela irmã contra o algoz: the Lord of Manor. Ao enfrentá-lo, porém, percebe que o tão temido senhor não é mais que um homem preguiçoso e contemplativo, que parece muito mais preocupado com as sestas e com o seu chá do que empenhado em destruir povoados.

Sem Título
Fonte: https://mtg.gamepedia.com/Children_of_the_Nameless

O seu ódio por ele, porém, não esmorece, mesmo percebendo tratar-se de um homem de carne e osso chamado Davriel Cane, muito porque ele está acompanhado de criaturas tão repugnantes e demoníacas como Miss Highwater ou Crunchgnar. O discorrer dos acontecimentos, porém, obriga-a a juntar forças a Cane, tendo em conta a descoberta da verdade. Nesta história podes encontrar diversos elementos das cartas Magic, como o Anjo, a Entidade ou o Pântano.

Sou fã (não praticante) de Magic e sou fã de Brandon Sanderson, pelo que isto só podia correr bem. Mas confesso que foi uma leitura que demorou a convencer-me. Não gostei muito das personagens, sou sincero. Foi um percurso um pouco agridoce até à ponta final do livro. Só nos últimos cinco, seis capítulos, consegui ficar agarrado à história e acabei por gostar bastante da sua conclusão. Sanderson consegue deixar-nos sempre com a cabeça em nós.

Resultado de imagem para angel magic the gathering gif
Fonte: https://giphy.com/gifs/wizardsmagic-angel-mtg-2deuIpRg2Q5dvpTepm

Children of the Nameless é uma ótima união de todas as coisas que tornam incrível a fantasia épica de forma geral e a ficção de Brandon Sanderson em particular, uma mistura convincente e divertida cheia de reviravoltas. É uma história com vários elementos e referências Magic, mas é acima de tudo uma narrativa criada e desenvolvida por Sanderson, e aí não há nada a dizer. Penso que poderá agradar mesmo a quem não conheça de todo qualquer um destes “mundos”.

É a típica história onde nada é aquilo que parece e em que o leitor é convidado a resolver o enigma junto dos protagonistas. Mas o melhor acabam por ser os volte-faces, o humor utilizado aqui e ali pelas personagens e a forma como elas foram contextualizadas num pano de fundo credível. A comunicação entre leitor e personagens é estreita graças aos seus pontos de vista e há um bom ritmo. Mesmo que termine a história com a sensação de que não foi nada de mais, não deixa de ser uma leitura bastante agradável.

Avaliação: 7/10

2 comentários em “Estive a Ler: Children of the Nameless

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close