Estive a Ler: Capustan, Saga do Império Malazano #5


Voltou-se e viu uma segunda vaga, vinda de norte, uma das bolas tornava-se maior do que as outras. Cada vez maior, um sol furioso que voava precisamente na direção dele.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO “CAPUSTAN”, QUINTO VOLUME DA SÉRIE SAGA DO IMPÉRIO MALAZANO

Um livro bombástico! Que Steven Erikson é um dos astros modernos da literatura fantástica, ninguém duvida. O autor canadiano publicou Malazan Book of the Fallen entre 1999 e 2011 e conquistou toda uma nova geração de leitores. A sua obra foi traduzida para 23 idiomas e já vendeu mais de 3 milhões de cópias em todo o mundo. Steven esteve no nosso país na ComicCon Portugal 2018, onde deixou para reflexão vários temas explorados nos seus livros.

Se pouco conheces do autor e da sua obra, lê as minhas anteriores recensões ou o meu artigo na Revista Bang! #26 Não Acordem a Cresta, onde escrutino a obra do escritor e várias curiosidades sobre a sua publicação. Em Portugal, a Saída de Emergência já publicou os livros Jardins da Lua (Gardens of the Moon), Os Portões da Casa dos Mortos, O Caminho das Mãos (Deadhouse Gates), Memórias do Gelo e Capustan (Memories of Ice), tendo sido divididos em dois tomos, com exceção do primeiro volume. Capustan, o quinto livro, tem um total de 656 páginas e tradução de Susana Clara.

Se ainda não tens o teu exemplar, adquire-o aqui.

Resultado de imagem para game of thrones dragon gif
Fonte: https://www.inverse.com/article/35288-game-of-thrones-dragon-loot-train-battle-special-effects-filming

Gente que se transforma em dragões, legiões que combatem hordas de velociraptors com explosivos, feiticeiros transformados em condores assassinos, exércitos de mortos-vivos, povos canibais, uma montanha voadora, três magos reencarnados numa única pessoa, momentos únicos de magia. Visualmente, Capustan oferece isto. Seria suficiente para me arrebatar? Provavelmente. Mas a Saga do Império Malazano é muito mais e Capustan é a prova viva disso. Posso dizer, com segurança, que essa mistura épica de criaturas e povos foi o que menos me impressionou neste livro.

“Foram tantas as tragédias e mesmo assim acabei o livro a achar tudo aquilo tão, tão bom, digno de um mestre.

O seu verdadeiro encanto, o sumo de Capustan, está na descrição credível e minuciosa de batalhas, no cruzamento de imensos personagens tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais, na dor compartilhada, nas suas inseguranças, nos sentimentos que se vão desvendando a pouco e pouco. É a dor e a Humanidade das personagens, a tremenda Humanidade deles, que torna esta série e este livro em particular naquilo que é. Qualquer coisa de absolutamente fascinante.

Sem Título
Fonte: http://www.saidadeemergencia.com/produto/capustan/

A Saga do Império Malazano é a adaptação portuguesa de Malazan Book of the Fallen, que significa Livro Malazano dos Caídos. E é precisamente sobre os caídos, os vencidos, que a história fala. Eles podem até vencer determinadas batalhas, mas o sentimento de vitória é ténue e por vezes até mesmo inexistente. As perdas são sempre maiores que tudo o resto. Mais pesadas. Dramáticas.

Erikson segue a linha clara de Glen Cook, tanto naquela ideia de apresentar um mundo mais negro, como no diálogo sujo e de camaradagem entre soldados, mas vai mais além e dá uma credibilidade ao cenário como poucos o fizeram anteriormente. Ele é o mestre da rotação de câmara e isso fica bem vincado neste livro. Por vezes deixa as personagens a divagar nos seus pensamentos, mas isso torna-as bem vivas e humanas, extremamente reais, e gera empatia com o leitor.

Sem Título
Fonte: https://bookstooge.wordpress.com/tag/memories-of-ice-readalong/

Memórias do Gelo e Capustan são um único livro na sua forma original, Memories of Ice, e apesar de a trama continuar complexa e até em alguns momentos confusa, este é o livro da série em que tudo fica mais claro e várias intenções são dadas a entender. Este livro é também a conclusão de muitos assuntos que começaram lá no primeiro volume, Jardins da Lua, oferecendo explicações para toda a empresa de Laseen, a Imperatriz.

“É a dor e a Humanidade das personagens, a tremenda Humanidade deles, que torna esta série e este livro em particular naquilo que é. Qualquer coisa de absolutamente fascinante.

Nota-se também muitos dos conhecimentos de Erikson na arqueologia, ou não fosse essa a sua profissão. As descrições são incríveis, o livro é uma obra de arte de uma ponta à outra, e a concepção das várias raças, sejam jaghut, t’lan imass, tiste andii, tiste edur, vêm neste volume a sua explicação mais contundente na acuidade de um escritor que também é arqueólogo.

Sem Título
Fonte: http://acervodoleitor.com.br/conhecendo-os-livros-da-serie-malazan/

CUIDADO! A PARTIR DAQUI PODES ENCONTRAR MINOR SPOILERS SOBRE OS LIVROS MEMÓRIAS DO GELO E CAPUSTAN (NADA DE MAIS SE JÁ LESTE O MEMÓRIAS)

Em Capustan encontramos os exércitos agora aliados de Caladan Brood e Dujek Umbraço a caminho da cidade de Capustan, onde a pretendem conquistar aos seus inimigos pannionitas. E isto porque os exércitos do Domínio Pannion, constituídos por sicários, urdos, beklites, betaklites e outros, assim como os seus povos canibais, os tenescowri, sitiaram a cidade. Salvá-la será impossível, não chegarão a tempo, mas reconquistá-la faz parte dos seus planos.

Itkovian, o Escudo da Bigorna, leal ao deus Fener, é o rosto da defesa da cidade. Foram colocadas as mulheres, crianças e indefesos nos túneis sob Capustan, e a sua missão é defender a cidade até à morte. Mas, independentemente do que faça, a cidade está perdida. O que ele não esperava era ser vítima da traição de um sacerdote.

Sem Título
Fonte: https://www.toddlockwood.com/memories-of-ice/

Também na cidade estão os guardas de caravana Grunhido e Ardósia Menackis, o seu amigo Buke e os misteriosos Bauchelain e Korbal Broach, com o seu velho empregado Emancipor Reese. Grunhido acaba por revelar mudanças no corpo como a inclusão de listas, tornando-se o Espada Mortal do deus tigre Trake. Onde os Espadas Cinzentas e o Consílio de Máscaras falha, Grunhido e os seus seguidores vencem.

“Este livro é também a conclusão de muitos assuntos que começaram lá no primeiro volume, Jardins da Lua, oferecendo explicações para toda a empresa de Laseen, a Imperatriz.

Mas é Itkovian o cerne da guerra, da guerra carnal na cidade caída e da guerra divina nos labirintos. A relação entre Keruli e Kruppe é revelada, o Deus Estropiado quer entrar em cena com a Casa das Correntes mas só o conseguirá com a benção de uma determinada personagem, que terá os destinos de todos os deuses nas mãos. O Mestre do Baralho.

Sem Título
Fonte: https://malazan.fandom.com/wiki/Bridgeburners

Enquanto Ganoes Paran caminha para Capustan, ainda receoso do seu futuro e das responsabilidades que a nova situação acarreta, Ben Ligeiro recorre a Talamandas para atravessar os labirintos sem perecer com o veneno do Deus Estropiado. Acaba por chegar a Capustan e encarar de frente com Bauchelain e Broach. Ligeiro é muito mais que um side kick. É só absolutamente uma das personagens mais incríveis da série.

O Jovem Toc encontra-se sob a tutela do Vidente Pannion, e Lady Invidia traça um plano para o recuperar, ainda que as suas relações com a loba gigante Baaljagg e o cão Garath não atravessem os melhores dias. Mas Pannion refugiou-se agora na fortaleza de Coral, e após os confrontos em Capustan, é para lá que os exércitos se dirigem. Assim como Onos T’oolan, o imass mais conhecido por Tool, o Primeira Espada.

Sem Título
Fonte: https://subterraneanpress.com/gardens-of-the-moon

Raposa Prateada vive acuada pela degeneração repentina da mãe, Mhybe, que guarda um verdadeiro ressentimento para com a filha. Afinal, ter dado à luz Raposa trouxe-lhe uma maldição: envelhecer rapidamente. Mas a rhivi não sonha que a filha a tenta proteger à sua maneira, destacando duas marinheiras e dois lobos mortos-vivos para a seguirem. Ainda assim, é Coll e Murillio que não arredam pé de junto da mulher, e são capazes de tudo para lhe dar um pouco de justiça.

“[Ben Ligeiro] É só absolutamente uma das personagens mais incríveis da série.”

A jovem vive num conflito permanente, mas nem os conhecimentos de Tattersail, Nightchill e Bellurdan a podem ajudar a controlar os t’lan imass, quando a hora da Reunião chega e ela lhes nega o prometido. Nem sequer os conselhos de Kruppe lhe são úteis, porque a sua empresa revela-se bem mais incerta do que previa.

Sem Título
O incrível Caladan Brood. Fonte: https://malazan.fandom.com/wiki/Memories_of_Ice/Chapter_15

E são as suas fragilidades que Kallor quer aproveitar. Corrompido, o Rei Supremo tenta manobrar Brood à sua vontade, apesar de o Senhor da Guerra não ser fácil de dobrar. É neste contexto de incerteza e insegurança por parte de todos que a relação entre Brood e o exército malazano de Dujek Umbraço revela não estar tão coesa como parecia.

E é aí que entra em cena Anomander Rake. O líder dos tiste andii forjou com Whiskeyjack uma relação de verdadeira amizade, única e rara. Whiskeyjack é um homem acima do nobre. Um comandante mortal que todos respeitam. Conquistou a amizade de Rake, o amor de uma tiste andii, Korlat, a admiração dos seus homens e dos seus inimigos. Seria o legítimo sucessor do Imperador Kellanved, não fosse a usurpação do trono, e mesmo assim é um homem que se vê a si mesmo como pequeno e frágil.

Sem Título
Fonte: https://malazan.fandom.com/wiki/Category:Artist_unclear

Se Whiskeyjack é uma personagem incrível, Rake não lhe fica atrás. O Senhor da Escuridão surge pontualmente, com menos frequência do que outras personagens principais, mas ainda assim todas as suas falas são marcantes e dignas de nota, e a sua nobreza fica cada vez mais transparente na forma como encara o mundo e se relaciona com os outros.

“As perdas são sempre maiores que tudo o resto. Mais pesadas. Dramáticas.

Personagens como Seletora, Mescla, Itkovian, Grunhido e Artanthos foram verdadeiras surpresas ao longo do livro, mas as várias revelações não foram as únicas. Fiquei absolutamente sem terra e despreparado ao assistir a várias mortes. Porque sim, houve muitas, e não só de personagens secundárias.

Imagem relacionada
Fonte: http://emptynetsports.com/2017/07/oilers-players-game-thrones-characters/

Ainda assim, nem só as mortes me deixaram estupefacto. Também o ressuscitar de uma personagem muito querida de Os Portões da Casa dos Mortos e O Caminho das Mãos, que aparece no epílogo. Só fiquei confuso porque / como o fizeram, mas espero que o próximo volume dissipe as minhas dúvidas. Foram tantas as tragédias e mesmo assim acabei o livro a achar tudo aquilo tão, tão bom, digno de um mestre.

A Saga do Império Malazano é mesmo uma série difícil de começar e de compreender pela sua complexidade, mas quem quer que se entregue a ela, fica rendido. Na minha opinião, acho difícil não ficar. E mais difícil é perceber (ok, pela questão do orçamento necessário para fazer um filme ou série, compreendo) porque esta série ainda não está nas bocas do mundo. Espero ainda estar vivo quando ela for um sucesso comercial, porque quando tiver um Funko do Kruppe ou do Ben Ligeiro, ficarei aos saltos como uma criança.

Este livro foi cedido em parceria com a editora Saída de Emergência.

Avaliação: 10/10

Saga do Império Malazano (Saída de Emergência):

#1 Jardins da Lua

#2 Os Portões da Casa dos Mortos

#3 O Caminho das Mãos

#4 Memórias do Gelo

#5 Capustan

Fonte de capa: https://forum.malazanempire.com/index.php?app=gallery&module=user&user=1903&do=ipbimages&f=&st=100 (Reprodução)

11 comentários em “Estive a Ler: Capustan, Saga do Império Malazano #5

  1. Viva,

    Ainda estou a ler o livro e a caminhar para o final, já levei um valente KO com uma morte e de resto partilho todo o gosto que tens pela saga, do melhor que há a nível de fantasia se duvida e tantos novelos de enredo que não deixa de nos baralhar, pode haver ali tanta coisa importante que me deve passar ao lado rsrsrsr, mas é muito bom sem duvida 🙂

    Abarço

    Fiacha

    1. Até a mim deve passar ao lado 😀
      Mas é óptimo, do melhor que se tem publicado.

      Abraço

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close