Estive a Ler: O Marciano


Só passaram seis dias desde o início do que deveriam ter sido os dois meses mais fantásticos da minha vida, e tudo isto já se transformou num pesadelo.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO O MARCIANO

Andy Weir é um autor norte-americano fã de ficção científica, que cresceu apaixonado pelas obras de Isaac Asimov, tendo sido desde sempre apaixonado por todas as questões relativas ao espaço. Foi engenheiro informático por vinte anos, até conseguir dedicar-se à escrita a tempo inteiro, face ao sucesso de The Martian. Dedica parte importante do seu tempo a hobbies como a física relativista, a mecânica celeste e a história do voo espacial tripulado.

Lançou o livro em 2011 em e-book, tendo conseguido uma chancela editoral em 2014. A repercussão foi tão boa que um ano depois o romance foi adaptado ao cinema por Ridley Scott, num filme de grande sucesso com Matt Damon no papel principal. Em Portugal, O Marciano foi publicado em 2014 pela TopSeller, num livro com 384 páginas e tradução de Miguel Romeira.

Sem Título.png
Fonte: https://www.cuevadelobo.com/el-marciano-de-andy-weir-regresa-la-fascinacion-por-marte/

O Marciano acompanha a história de Mark Watney, um astronauta norte-americano que faz parte de uma equipa espacial que viaja a Marte em 2035, quando um imprevisto acontece e uma tempestade de areia deixa Mark sozinho e perdido no planeta vermelho. A tripulação é evacuada e todo o mundo o julga morto, mas o astronauta sobrevive e conta os sóis que lhe restam, um após outro, somando novas formas de subsistência no inóspito planeta Marte.

“Foi um livro que li por curiosidade e pelo tropel de críticas positivas que o romance registou.

Mark tem a certeza que morrerá ali, mas tenta protelar cada vez mais a chegada desse dia. Sem perspectivas aparentes de comunicar com a Terra, ele usa os poucos recursos que tem para preservar os seus mantimentos e gerar novos consumíveis. Segundo os seus cálculos, porém, não chegará a morrer de fome, porque bastará um qualquer defeito no equipamento ou as próprias características ambientais do lugar para o matar.

Sem Título
Fonte: http://www.topseller.pt/livros/o-marciano-perdido-em-marte

Acontece que este astronauta é também um génio da botânica e a sua inteligência e perspicácia reconhecidas parecem apenas encontrar naquele lugar uma plataforma para lhes dar vazão. Com uma resiliência incrível, capacidades técnicas e psicológicas assinaláveis, Mark consegue sobreviver até que, algures na Terra, alguém o identifica na paisagem remota de Marte.

O Marciano é um romance muito bem fundamentado, que revela conhecimentos verdadeiros sobre ciências e engenharia. Andy Weir convida o leitor a acompanhar uma viagem de sobrevivência fictícia, que tanto parece um documentário verídico, tal a sua credibilidade, como nos coloca na pele do protagonista, ou não fosse o livro escrito na primeira pessoa.

Sem Título
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=Mg7tB6SPpTs

Não gostei de O Marciano, mas tenho consciência que isso aconteceu não por falta de qualidade do livro mas simplesmente por não me interessar minimamente como é que se conseguem plantar batatas em Marte ou sobreviver num planeta hostil. Juntando a isso uma escrita algo insossa e um humor comezinho, acabei por não conseguir criar qualquer empatia com o protagonista. A narrativa simplesmente não me prendeu.

Foi um livro que li por curiosidade e pelo tropel de críticas positivas que o romance registou. Nunca vi o filme, tampouco, não obstante os elogios que recebeu. De facto, não há muito a apontar a este livro, é uma ficção consistente e verosímil, repleta de bons conhecimentos científicos, mas que acabei por não gostar sobretudo por não ter qualquer trama atrativa, nem me despertar qualquer espécie de interesse.

Avaliação: 3/10

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close