A Divulgar: Novidades de julho pela G Floy Studio


Já está em bancas e livrarias desde julho, o segundo volume da série Wolverine Arma X, escrita por Jason Aaron (e desta feita ilustrado por Yanick Paquette): Demente! Também o décimo primeiro volume de Tony Chu: Detective Canibal, Últimas Ceias, já se encontra em distribuição e em livrarias desde finais de julho. E a série está a chegar ao fim!

O volume doze será o último da saga, e está previsto para outubro. Chew foi uma das três séries com que a G Floy inaugurou a sua nova fase de edição em Portugal, no Outono de 2014: Fatale (concluída em 2016, em cinco volumes) e Saga, que ainda não concluiu nos EUA, e de que será lançado em breve, provavelmente em Setembro, o nono volume (de um total anunciado de 18).

Wolverine Arma X Vol. 1: Demente

Sem Título

SINOPSE:

WOLVERINE ARMA X vol. 2: DEMENTE

Argumento de JASON AARON e arte de YANICK PAQUETTE

Desde a sua juventude que Wolverine tem sido tudo menos normal, enquanto viaja pelo mundo e se apaixona, ou se envolve em conflitos e perde o seu amor, no meio da mais antiga das profissões: assassino implacável. Mas, mesmo depois de um século desta vida brutal, conseguiu reflectir sobre as suas memórias, e finalmente, entender verdadeiramente quem ele é… e aquilo que ele é.

 Mas agora perdeu tudo isso, memórias e compreensão, e está preso numa cela acolchoada, num asilo para loucos como nenhum outro. Sem memória de quem é, ou de como ali chegou, Wolverine está a mercê do misterioso Dr. Rottwell e dos seus guardas sádicos. E, enquanto Wolverine luta para descobrir quem ele realmente é, e como foi parar a um sanatório cheio de assassinos psicopatas, torna-se claro que os objectivos do Dr. Rottwell são tudo menos altruístas. Conseguirá Wolverine voltar aos seus sentidos antes de sucumbir a uma das terríveis curas do doutor?

Se o primeiro volume de Arma X era como um filme de acção intenso, o segundo volume é um filme de terror ainda mais intenso!

Jason Aaron é um dos mais aclamados escritores de comics actuais (Thor, Scalped, Southern Bastards), e Wolverine Arma X foi a primeira série em continuação que escreveu para a Marvel, e uma das que lhe granjeou maior sucesso. Jason Aaron pensou esta série “Arma X” como uma espécie de Marvel MAX, uma série de histórias talvez um pouco mais violentas do que o costume, e quase completamente separadas do universo Marvel e da sua cronologia regular (mesmo que ocasionalmente apareçam outra personagens). Uma série que é, portanto, ideal para leitores e fãs dos super-heróis da Marvel mais causais.

O Canadiano Yanick Paquette é um dos mais prestigiados artistas de comics actuais, com obras publicadas na maioria das grandes editoras americanas, e trabalhou em inúmeras séries de super-heróis, incluindo X-Men, Gambit, Liga da Justiça, Mulher Maravilha e muitas mais. Em Portugal, está editado um dos seus mais aclamados trabalhos, Mulher-Maravilha: Terra Um (com argumento de Grant Morrison), que lhe valeu um prémio Shuster (um prémio que distingue o trabalho de criadores Canadianos nos comics).

Reúne os números #6-10 da série Wolverine: Weapon X.

Formato comic deluxe (19 x 28), capa dura, 120 pgs. a cores.

PVP: 13€

ISBN: 978-83-65938-47-3

Tony Chu: Detective Canibal Vol. 11 Últimas Ceias

Sem Título

SINOPSE:

O penúltimo volume da série começa a desvendar alguns dos segredos tremendos do universo de Tony Chu: O que foi na realidade a gripe das aves que matou milhões? Quem foi responsável por ela? E as misteriosas letras de fogo que surgiram no céu, o que têm que ver com isso tudo? Tony Chu, o agente federal cibopata capaz de obter impressões psíquicas daquilo que come, começa a aproximar-se das respostas e da revelação sobre a conspiração para impedir o mundo de saber a verdade sobre tudo isto. E a única coisa que se interpõe entre ele e a verdade é Mason Savoy, outro cibopata, o seu ex-colega e mentor e homicida impenitente.

Este é o penúltimo capítulo de Tony Chu, a série best-seller do New York Times sobre canalhas, cozinheiros, canibais e clarividentes! E em Outubro, os leitores poderão descobrir o volume doze, Maus Vinhos, a conclusão épica (e louca, e tramada!) desta saga!

Este volume da série inclui o crossover especial que Chew/CHU teve com a série Revival, também editada pela Image, com argumento de Tim Seeley e arte de Mike Norton. Revival trata de uma pequena vila no Wisconsin rural e distante em que os mortos regressaram à vida um dia. A vila encontra-se isolada do exterior pelas autoridades, e os habitantes têm de encontrar maneiras de conviver com os recém-ressuscitados amigos, parentes, vizinhos, e também com a hoste de fanáticos religiosos, jornalistas e média, e agentes secretos do governo que tentam manter, ou furar, a quarentena!

John Layman escreveu comics para inúmeras personagens das principais editoras americanas. Mas Chu (em inglês Chew) tornou-se de longe na sua série mais popular, e já lhe valeu dois Prémios Eisner e dois Prémios Harvey. Rob Guillory nasceu, foi criado e vive na Louisiana, e até ao momento em que foi escolhido por John Layman para artista de Chu era um relativo desconhecido. Desde então, Guillory dedicou-se à sua série, tendo encerrado os doze volumes de Chu em finais de 2016.

E visitem ChewComic.com, o site oficial desta série!

Reúne os números #51-55 da série Chew, e o crossover CHEW/REVIVAL.

Nota: Todas as imagens foram gentilmente cedidas pela editora.

Um comentário em “A Divulgar: Novidades de julho pela G Floy Studio

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close