Estive a Ler: O Celeiro Negro, Gideon Falls #1


Com todo o respeito, bispo. Calma não é o que preciso agora.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO “O CELEIRO NEGRO”, PRIMEIRO VOLUME DA SÉRIE GIDEON FALLS (FORMATO BD)

Conheçam O Celeiro Negro, a nova BD da G Floy Studio. O autor é o incontornável Jeff Lemire (Descender, Black Hammer), argumentista canadiano que se move bastante bem nos géneros da ficção científica, terror, super-heróis, romance urbano, e que fazem dele um dos grandes criadores de BD do nosso tempo. Venceu em 2008 e 2013 o Shuster Award for Best Canadian Cartoonist. Uma das suas mais recentes obras foi o romance gráfico Roughneck, que a Publishers Weekly descreveu como um livro “poderoso” e que a G Floy publicará em finais de 2019.

O ilustrador italiano, Andrea Sorrentino, é um artista que os leitores portugueses já conhecem de Velho Logan da Goody, com argumento de Brian Michael Bendis, e cuja arte é perfeita para esta história de terror inquietante e estranha. O Celeiro Negro é o primeiro volume da série gráfica Gideon Falls, que este ano venceu o Prémio Eisner para Melhor Nova Série, prémio que Lemire já havia ganho em 2017 com Black Hammer. O Celeiro Negro inclui os seis primeiros números em formato deluxe.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

Inspirada parcialmente em Twin Peaks, uma das paixões de jovem do autor, esta banda desenhada traz um verdadeiro clima de terror e de mistério numa cidade do interior. Afinal, quem segue o trabalho do argumentista canadiano, sabe que Lemire gosta de construir locais deslocados e explorá-los a seu gosto. Aqui, volta a encontrar-se com Andrea Sorrentino, o ilustrador com quem começou a trabalhar na série Arqueiro Verde.

“Melancólico e muito humano, vamos conhecendo as personagens e os seus demónios interiores à medida que o Celeiro se manifesta.

No centro de tudo está o Celeiro Negro, um misterioso edifício de que pouco se sabe. Uma construção que talvez venha de outro mundo, que apareceu e reapareceu ao longo da história, arrastando a morte e a loucura à sua passagem. Uma estrutura sobrenatural que assombra as pessoas e está ligada a vários incidentes na cidade ao longo dos anos.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

De um lado temos o problemático Padre Wilfred, deslocado para aquela povoação devido à sua característica capacidade de liderança. Recém-chegado à cidade, lida com os problemas da povoação e com o que lhe foi deixado em mãos. Junto da sheriff local, tenta descobrir os mistérios da paróquia. O maior deles, o misterioso desaparecimento do anterior pároco.

Do outro lado temos o lunático Norton Sinclair, que depois de sair da prisão, segue a sua intuição “divina” de procurar pedaços de madeira e pregos enferrujados no lixo da cidade. Aproxima-se de Wu, a sua psiquiatra, à medida que esta se aterroriza com os acontecimentos e percebe que as teorias da conspiração do seu paciente podem fazer algum sentido. É que o Celeiro parece agigantar os problemas de cada um, e nenhum deles está preparado para aquilo que vai encontrar no interior dele.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

Enquanto Wilfred investiga a construção e o que ali se passou, Norton tem visões e diz que tem a missão de Deus de reconstruir o Celeiro. A ironia da obra incide no desenvolvimento de um plot que se centra num padre cético e num lunático devoto. Gideon Falls é a povoação em que tudo isto acontece, e também o título da nova série de terror da G Floy Studio, em que mistério rural e terror urbano colidem numa reflexão profunda sobre a obsessão, a doença mental e a fé.

Melancólico e muito humano, vamos conhecendo as personagens e os seus demónios interiores à medida que o Celeiro se manifesta. É uma aura pesada, sufocante, densa. Há um efeito de loucura até no desenho, com as suas inversões alucinantes. A arte de Sorrentino é incrível, e Dave Stewart é cada vez mais um dos nomes maiores das cores. Uma obra completa e que continuarei a seguir com todo o prazer.

Avaliação: 8/10

Gideon Falls (G Floy Studio Portugal):

#1 O Celeiro Negro

#2 Pecados Originais

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close