A Divulgar: Novidades de novembro pela G Floy Studio


Ainda lançado em outubro, o volume 9 de Saga foi distribuído em bancas no início de novembro. Trata-se da série best-seller de Brian Vaughan (autor de Y: O Último Homem, cuja publicação se concluiu por estes dias também com a chancela da Levoir) e de Fiona Staples, que chega com este volume à metade da série, e com o qual a edição nacional alcança a norte-americana. É um volume absolutamente traumático, e a editora promete que os leitores da série e fãs das personagens vão ficar em estado de choque com o seu final!

Está em distribuição em bancas e já em livrarias a nossa mais recente novidade, mais um volume da série Millarworld, desta feita desenhado (magnificamente!) por Rafael Albuquerque: uma história em que Mark Millar parece esquecer-se de que é o representante da escola de comics ultra-violentos, de cérebros a explodir e braços decepados, e nos entrega uma história cheia de compaixão e boas intenções, e claro, aventura e acção! Quem gostou de Starlight: O Regresso de Duke McQueen vai adorar Huck, já que o mesmo espírito de inocência e de recuperação da era dourada dos comics perpassa pelos dois livros.

Saga Volume 9

Sem Título

SINOPSE:

SAGA volume 9

 Argumento de BRIAN K. VAUGHAN e arte de FIONA STAPLES

 SAGA narra a luta de uma jovem família para encontrar o seu lugar num universo vasto e hostil, e já foi descrito como um encontro entre a Guerra das Estrelas e Romeu e Julieta no espaço. E preparem-se para o mais chocante, surpreendente e impactante volume da série, cheio de acção e de violência há muito adiada, fake news e terror genuíno. Nada voltará a ser igual depois desta história!

O volume 9 de SAGA assinala vários marcos na edição da série. Saga chega à metade da sua… saga. Os autores anunciaram que a série teria mais 9 volumes para além deste, num total de 18 volumes (108 comics), a mais longa série que Vaughan já escreveu. Para além disso, os autores anunciaram que iam tirar umas férias (merecidas!), e por isso, o lançamento deste volume marca também o momento em que a edição Portuguesa apanha a edição Americana!

Agora resta-nos a todos esperar para que a série arranque de novo, até porque o final do vol. 9 é… traumático!

“Tentar escrever uma história de FC, mas fazê-lo com a complexidade moral e as zonas cinzentas dos conflitos reais foi muito educativo para mim. Penso muito na violência, e de como gosto dela na ficção, onde ela pode ser bela e divertida e catártica. Mas a violência no mundo real é universalmente estúpida e imoral e horrível… como é que juntamos estes dois conceitos opostos? A resposta tem muito que ver com a conclusão que estamos a tentar explorar.”

Brian Vaughan, entrevista à Entertainment Weekly

Fantasia e ficção científica – e sexo, traição, morte, amor verdadeiro e vinganças obsessivas – juntam-se como nunca antes neste épico subversivo e provocante do escritor Brian K. Vaughan e da artista Fiona Staples, que questiona incessantemente as narrativas e preconceitos do nosso tempo através do contraste com o seu mundo surreal e bizarro.

SAGA já venceu doze Prémios Eisner, um Hugo para Melhor História Gráfica, e uns incríveis dezassete Harveys.

SAGA volume 9

Brian K. Vaughan e Fiona Staples

Reúne os #49 a #54 da série original de SAGA

Álbum, formato comic, 152 pgs a cores, capa dura. PVP: 14€

ISBN: 978-83-65938-69-5

Huck

Sem Título

SINOPSE:

HUCK

Argumento de MARK MILLAR e arte de RAFAEL ALBUQUERQUE

Numa pequena e pacata vila da costa americana, Huck, o funcionário da bomba de gasolina, usa em segredo os seus talentos muito especiais para fazer uma boa acção por dia. Mas quando a história dele se começa a espalhar, ele transforma-se em notícia principal pelo país todo, e recebe a fama que sempre evitou. E, à medida que começam a emergir elementos do passado de Huck, ele deixa de perceber em quem pode confiar ou não, e que há vidas em perigo.

 Da aclamada e premiada dupla criativa de MARK MILLAR (Kick-Ass, Guerra Civil) e RAFAEL ALBUQUERQUE (American Vampire, Batgirl), uma das histórias mais genuínas e surpreendentes da década. Millar explicou as razões pelas quais escreveu Huck num artigo que se intitulava “Como Homem de Aço [o filme] me traumatizou de tal maneira que decidi escrever Huck”, como uma espécie de reacção a um excesso de violência e de “lado negro” dos comics e dos filmes neles baseados. Millar ele próprio escreveu a sua quota parte de histórias ultra-violentas, basta lembrar Kick-Ass, p.ex.! Mas por uma vez, decidiu fazer algo diferente.

“Ver o Super-Homem a partir o pescoço do General Zod no filme chocou-me, e fez-me pensar se não teríamos ido finalmente até ao fim da linha em termos de violência nos super-heróis. (…) Para mim a moral dos comics de super-heróis era que eles podiam fazer quase tudo com os seus poderes, mas no fim escolhiam ser bons. (…) Gostava que Huck lembrasse aos meus leitores que quando nos vestíamos de super-heróis em crianças, não era para sermos os mauzões, os bad-ass, não era por eles serem violentos e cruéis. Quero que Huck funcione como um antídoto aos anti-heróis, e acho que é uma experiência muito interessante nesse sentido.”

Mark Millar é o escritor de séries de comics aclamadas como Kick-Ass, Kingsman: Serviço Secreto, O Legado de Júpiter e O Círculo de Júpiter, Nemesis, etc…. Muitos destes livros já foram adaptados ao grande ecrã, e muitos outros estão em adaptação para o cinema, e depois da recente aquisição da Millarworld pela Netflix, para a televisão, incluindo livros que escreveu para a Marvel no passado, como Wolverine: Old Man Logan (Velho Logan) e Civil War (Guerra Civil) – a série de super-heróis mais vendida em quase duas décadas.

Rafael Albuquerque venceu já vários prémios Eisner e Harvey, e é o co-criador da série best-seller do New York Times American Vampire (DC Comics/Vertigo), escrita por Scott Snyder e Stephen King, e de Ei8ht, da Dark Horse. Rafael já trabalha na indústria de comics desde o início dos anos 2000, e tem trabalhos assinados para a maioria das editoras americanas, tendo ilustrado séries populares como Batman, Wolverine, Animal Man, e mais recentemente Batgirl. Fez parte do relançamento da Millarworld na NETFLIX, tendo ilustrado um arco de história para a nova série de Hit-Girl, e a mini-série Prodigy.

 Reúne os números #1-6 de Huck

Formato deluxe, capa dura, 160 pgs. a cores.

PVP: 16€

ISBN: 978-83-65938-66-4

Nota: Todas as imagens foram gentilmente cedidas pela editora.

Um comentário em “A Divulgar: Novidades de novembro pela G Floy Studio

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close