Estive a Ler: Clube de Patifes


O Sr. Hoover mandou chamar-me a Washington em finais de Abril de 1942.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO CLUBE DE PATIFES

Dan Simmons nasceu em Illinois, nos EUA. Depois de se licenciar em Educação na Universidade de St. Louis, foi professor durante 18 anos. A sua primeira história publicada saiu no mesmo dia em que a filha nasceu, coincidência que sempre viu como “uma ajuda para manter a perspectiva sobre a importância relativa da escrita e da vida”. O autor de O Terror, O Mistério de Charles Dickens e A Canção de Kali tem sido publicado em Portugal pela editora Saída de Emergência.

Originalmente publicado em março de 1999 pela editora William Morrow, Clube de Patifes é a tradução nacional de The Crook Factory, um livro mais histórico e menos fantasioso que outros livros do autor, apesar de ter a sua quota-parte de liberdade artística. A edição nacional que me chegou às mãos data de abril de 2011, com um total de 512 páginas e tradução de João Seixas.

Sem Título
O livro fala sobre o escritor Ernest Hemingway | Fonte: https://glamurama.uol.com.br/nos-119-anos-de-ernest-hemingway-5-curiosidades-sobre-o-autor-de-o-velho-e-o-mar/

Depois de duas experiências satisfatórias com Dan Simmons em O Terror e A Canção de Kali, decidi arriscar um grande tijolo chamado Clube de Patifes. Sabia muito pouco sobre o livro, mas uma olhadela preambular deixou-me esclarecido sobre vários pontos. Era um livro que falava sobre Ernest Hemingway e sobre redes de espionagem no decorrer da II Guerra Mundial. De facto, ao longo da narrativa esperei sempre encontrar ali algo de sobrenatural, característica decorrente da literatura de Simmons, o que não aconteceu.

E quando escreve, de uma forma ou de outra, o que Simmons escreve é sempre bom.

E, diga-se de passagem, ainda bem. O livro é um perfeito thriller de espionagem muito pouco fictício. De facto, Simmons permitiu-se a alguma liberdade narrativa para unir certos pontos, mas como ele adverte na nota de autor, 95% do que ali conta aconteceu de facto. O protagonista é fictício, mas mais do que sobre Joe Lucas, Clube de Patifes fala sobre Ernest Hemingway.

Sem Título
Fonte: https://www.wook.pt/livro/clube-de-patifes-dan-simmons/10898361

O autor de Por Quem os Sinos Dobram e O Velho e o Mar é a personagem capital do livro, e acompanhamos vários momentos da sua luta contra o nazismo até à suposta morte por suicídio, cuja obra de Simmons põe em dúvida. Clube de Patifes traz ainda à tona escândalos e curiosidades, referenciando figuras da elite política da época e transformando celebridades em personagens decorrentes do livro.

Marlene Dietrich, Ingrid Berman, Gary Cooper ou Ian Fleming são personagens de Clube de Patifes, que me surpreenderam pela forma casual e detalhada com que Simmons os descreveu. Questões relacionadas com Adolf Hitler ou John F. Kennedy também me deixaram surpreendido, sobretudo por serem verídicas. O livro é extremamente bem construído, e apesar de alguns períodos de grande “infodump”, determinantes para permitir ao leitor inteirar-se do contexto sócio-político, é uma leitura bem proveitosa.

Sem Título
O autor Ernest Hemingway, personagem do livro | Fonte: https://revistagalileu.globo.com/Cultura/noticia/2016/07/9-fatos-inacreditaveis-sobre-vida-de-ernest-hemingway.html

Em Clube de Patifes, o agente do FBI Joe Lucas (personagem fictícia) é contactado por J. Edgar Hoover a fim de manter debaixo de olho o famoso escritor Ernest Hemingway. É que vive-se o auge da Segunda Grande Guerra e Hemingway pediu apoio ao governo americano para criar uma rede de espionagem a partir da sua residência em Cuba. Mas as intenções de Hemingway são duvidosas para Hoover, que pretende colocar Lucas como uma rédea curta, preparado para eliminar o escritor se para tal haja necessidade.

Joe torna-se facilmente integrante do Clube de Patifes, nome com que Hemingway baptizou a sua rede, e pouco a pouco vai-se inteirando das rotinas e modos de vida do autor norte-americano, ao mesmo tempo que passa informações a Hoover através de um contacto que dá pelo nome de Delgado. Nesse jogo do gato e do rato, Joe Lucas ganha afeição por Hemingway e decide explorar mais a fundo a investigação até decidir de que lado está realmente.

Sem Título
La Bodeguita del Medio, restaurante histórico de Havana e um dos lugares de eleição de Hemingway | Fonte: https://www.airfrance.es/ES/es/common/travel-guide/la-bodeguita-del-medio-un-septuagenario-lleno-de-vida.htm

Ao contrário do que aconteceu em A Canção de Kali, Dan Simmons descurou um pouco a descrição do ambiente e a elegância da escrita e apresentou uma prosa mais direta e prática, mas por sua vez muito mais rica a nível de informação. Clube de Patifes não mexe muito com as nossas emoções, mas é um livro excelente de espionagem e ação, intelectualmente riquíssimo. E quando escreve, de uma forma ou de outra, o que Simmons escreve é sempre bom.

Os anos 40 em Cuba são extraordinariamente bem retratados pelo autor, uma verdadeira passadeira vermelha de celebridades e informações que deixam qualquer leitor deliciado. Sejam ou não verdadeiras as informações confidenciais que Lucas e Hemingway descobriram neste livro, muito do que ele nos traz é verdadeiramente perturbador, ou não vivêssemos então os anos terríveis do nazismo. Recomendado!

Este livro foi cedido em parceria com a editora Saída de Emergência.

Avaliação: 8/10

5 comentários em “Estive a Ler: Clube de Patifes

  1. Viva,

    Este foi o livro que menos gostei do escritor mas que ainda assim é sem duvida uma boa leitura, um dos meus escritores favoritos e mais livros publicassem por cá mais lia em especial a FC que dizem ser muito bom.

    Abraço

    1. Boas.

      Para mim também, mas dos que foram publicados em Portugal falta-me ler o Mistério de Charles Dickens.

      Abraço e boas leituras

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close