Estive a Ler: Roughneck – Um Tipo Duro


Estou a tentar ver o jogo, amigo…

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO ROUGHNECK – UM TIPO DURO (FORMATO BD)

Uma das novidades de abril da G Floy Studio Portugal é a obra Roughneck – Um Tipo Duro, escrita e desenhada por Jeff Lemire. O álbum foi editado originalmente pela chancela Gallery 13 da Simon & Schuster em 2018. Lemire é um autor best-seller do New York Times, e um autor premiado e aclamado de romances gráficos como Essex County, The Underwater Welder, The Nobody, Sweet Tooth, ou Trillium. Apesar de ter escrito várias histórias para a DC, Marvel e Valiant, Lemire viu o início do seu trabalho no início da década passada recompensado com prémios de âmbito mais independente.

É também chamado o Stephen King das bandas-desenhadas, muito porque o seu trabalho – sobretudo como argumentista – toca não só no terror, como na ficção científica, nos super-heróis e no mundo real, como este Roughneck é prova. Descender, Gideon Falls ou Black Hammer, outras obras publicadas pelo autor no nosso país, os dois primeiros pela G Floy e o terceiro pela Levoir, fizeram-no vencer o Prémio Eisner de Melhor Nova Série. Jeff Lemire vive em Toronto com a família.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

Jeff Lemire tem sido uma das maiores surpresas no que à banda-desenhada diz respeito nos últimos anos. Se fiquei entusiasmado com a narrativa de Descender e aliciado com os mistérios de Black Hammer e Gideon Falls, este Roughneck – Um Tipo Duro chega no tempo certo. Com uns toques de brutalidade rural a fazer-me lembrar Southern Bastards de Jason Aaron e Jason Latour, mas com um olhar ainda mais dramático, a mais recente publicação de Lemire no nosso país conquistou-me completamente.

“Roughneck – Um Tipo Duro, é uma história ao mesmo tempo tocante e violenta, que fala sobre passados atormentados, pecados por expiar e caminhos a seguir.

Cheio de brancos que aludem não só à neve como à simplicidade gráfica do álbum, Roughneck é uma história realista e credível, mas também desesperante e inspiradora, sobre problemas, marcas do passado, fracassos, esperança e remissão. O traço de Jeff Lemire, a grande novidade deste livro, é uma boa surpresa. Não sendo qualquer coisa de arrebatadora, tem na sua simplicidade uma força incrível que consegue espelhar na perfeição as emoções das personagens.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

O livro passa-se no Norte do Canadá, na vila de Pimitamon, termo que significa “encruzilhada” no dialecto Cree. Encruzilhada é como também se pode resumir esta história. O protagonista é um antigo jogador de hóquei, Derek Ouelette, cuja carreira terminou envolta em tragédia há mais de dez anos, após um grave acidente no gelo. Vive desde então na pequena vila, entregue ao vício do álcool e a envolver-se frequentemente em pequenas brigas nos estabelecimentos em que passa os dias.

Um evento vai, no entanto, revolucionar a sua vida. Trata-se do regresso de Beth, a sua irmã, que foge de um parceiro abusivo. Para a proteger, Derek esconde-se com ela numa cabana oculta no bosque, e ali acaba por se reaproximar da irmã, ao mesmo tempo que se dá a conhecer e a conhecer-se a si mesmo. Resolver os seus problemas do passado torna-se assim uma atividade tácita na forma como os dois interagem e quebram barreiras.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

Há, no entanto, vários segredos a morder-lhes os calcanhares, assim como o ex-namorado de Beth, que se aproxima determinado em causar dano aos dois irmãos e impedindo que eles virem completamente costas ao seu passado. Emotivo, dramático e imersivo, Roughneck – Um Tipo Duro é certamente das melhores histórias já escritas por Jeff Lemire, e também por ele brilhantemente desenhada.

O livro desperta angústia e comoção, mas oferece-nos também tempo para degustar e absorver calmamente cada acontecimento, seja através das suas pranchas simples e sem muitos diálogos, seja através do ritmo pausado e sem tramas paralelas. Roughneck – Um Tipo Duro, é uma história ao mesmo tempo tocante e violenta, que fala sobre passados atormentados, pecados por expiar e caminhos a seguir.

Avaliação: 9/10

2 comentários em “Estive a Ler: Roughneck – Um Tipo Duro

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close