Estive a Ler: Senhor da Guerra, As Crónicas Saxónicas #13


O metal é pesado e aquece, implacável.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O LIVRO “SENHOR DA GUERRA”, DÉCIMO TERCEIRO VOLUME DA SAGA AS CRÓNICAS SAXÓNICAS

Bernard Cornwell nasceu em Londres e cresceu em Essex. Trabalhou para a BBC antes de conhecer a sua esposa americana, tendo-se mudado para os EUA onde iniciou a sua carreira de escritor. O seu primeiro romance, Sharpe’s Eagle, sobre um soldado nas Guerras Napoleónicas, tornou-se um sucesso e originou uma série com mais de vinte livros e subsequente adaptação televisiva.

Também as Crónicas Saxónicas, uma das suas sagas de maior sucesso, conheceu uma adaptação para TV, The Last Kingdom, protagonizada por Alexander Dreymon. As Crónicas Saxónicas são publicadas pela Saída de Emergência e chegam ao fim com este décimo terceiro volume, War Lord, com tradução de Neuza Faustino e um total de 368 páginas.

Chegou ao fim a saga de Uthred de Bebbanburg. Senhor da Guerra é o último volume das Crónicas Saxónicas de Bernard Cornwell e coroa esta série histórica que nos conta a História de Inglaterra e a luta acérrima entre saxões e dinamarqueses. É incrível a forma como o autor me conseguiu manter preso aos 13 livros ao longo dos anos. Por norma, a saga foi repetindo as mesmas fórmulas, livro após livro, e mesmo assim conseguiu reinventar-se.

Senhor da Guerra é mais um livro incrível de Bernard Cornwell.

Este último volume voltou a surpreender-me pela positiva e tanto a nível de prosa, como de narrativa, o autor londrino não desapontou. A conclusão é absolutamente fiel ao que foi toda a saga, credível e imprevisível, e a personagem principal revela-se cada vez mais inseguro, orgulhoso e desconfiado. Senhor da Guerra é um livro ousado, que recorre ao saudosismo e ao historial das personagens para mexer com as emoções dos leitores.

Acomodado no lar que tanto se esforçou por recuperar, Bebbanburg, Uthred sente-se seguro e disposto a viver uma velhice em paz, mas não tardam a aparecer inimigos a querer a sua fortaleza para eles. Surpreendendo-o, surge nos territórios da Nortúmbria o rei Æthelstan, quando este tinha jurado a Uthred nunca invadir tais terras. Aproveitando tal facto, mensageiros inimigos sugerem a Uthred que o rei pretende extender os seus domínios até à Escócia, uma vez que já detém os três reinos de Wessex, Mércia e Ânglia Oriental e, se possuir a Nortúmbria, concretizar o sonho do seu avô Alfredo: unir toda a Bretanha.

Uthred contribuiu ao longo de toda a vida para a consumação desse sonho, mas não está disposto a converter-se ao Cristianismo. Porém, há mais reis a temer. Constantino da Escócia e outros líderes escoceses e irlandeses têm o olho em Bebbanburg e aproveitam-se da quebra de confiança em Æthelstan para tentar envenenar Uthred contra o rei cristão. Na espiral do conflito, Uthred não sabe em quem confiar e, como habitual, vai dar tantos passos em falso como passos certeiros.

Cornwell consegue completar uma saga rica em conhecimento e em verosimilhança, apesar das muitas liberdades narrativas que tomou. A História da Englaland desenhou-se em volta de uma personagem fictícia, que conhecemos muito jovem e da qual nos despedimos já em idade avançada. Uthred de Bebbanburg é um dos poucos protagonistas que me marcaram e que, muito provavelmente, me deixará saudades.

Senhor da Guerra é mais um livro incrível de Bernard Cornwell. A humanização dos viquingues, a brutalidade daqueles tempos, as batalhas para defender ou tomar fortalezas inexpugnáveis, as paredes de escudos e o profundo duelo entre o deus cristão e os deuses nórdicos assumem as tónicas determinantes nesta saga. O livro final pode não ser o melhor da saga, mas é sobretudo um livro que traz ao de cima o melhor que a série teve.

Avaliação: 9/10

As Crónicas Saxónicas (Saída de Emergência):

#1 O Último Reino

#2 O Cavaleiro da Morte

#3 Os Senhores do Norte

#4 A Canção da Espada

#5 Terra em Chamas

#6 A Morte dos Reis

#7 O Lorde Pagão

#8 O Trono Vazio

#9 Guerreiros da Tempestade

#10 O Portador da Chama

#11 A Guerra do Lobo

#12 A Espada dos Reis

#13 Senhor da Guerra

Fontes:

Imagem #1: https://www.gamersdecide.com/articles/for-honor-warlord-guide

Imagem #2: http://www.saidadeemergencia.com/produto/-o-202127/romance-historico/senhor-da-guerra/

Imagem #3 & capa: https://forhonor.fandom.com/wiki/Warlord

2 comentários sobre “Estive a Ler: Senhor da Guerra, As Crónicas Saxónicas #13

  1. Pingback: As Escolhas de 2022 – Notícias de Zallar

  2. Pingback: Vamos Falar Sobre 2022? – Notícias de Zallar

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s