A Divulgar: “Firemane” de Raymond E. Feist em 2018

O famoso autor da série O Mago, publicada em Portugal pela Edições Saída de Emergência, tem um novo projeto entre mãos. Trata-se de uma trilogia até ao momento conhecida como Firemane. Ao contrário das suas publicações mais recentes, a nova trilogia de Raymond E. Feist não será ambientada em Midkemia, mas no mundo de Garn. Pelas mãos da HarperVoyager, o primeiro volume, King of Ashes, chegará às livrarias britânicas a 5 de abril do próximo ano e às norte-americanas a 8 de maio.

Segundo o autor californiano, Firemane trará novas personagens, magia e política. O protagonista, Sefan, foi vítima de uma tentativa de assassinato que vitimou a sua família, acabando por sobreviver nas ruas, onde, adquirindo o nome Hatushaly, se envolve emocionalmente com uma rapariga chamada Hava. Já Declan é um ferreiro especializado na forja de espadas que se vê arrastado para uma trama política. Os cinco reinos de Tembria parecem viver de forma pacífica há anos, mas quando quatro desses reinos se unem para trair Ithrace, o Reino das Chamas, terá início um confronto épico conhecido como A Guerra da Traição.

King of Ashes será então o primeiro volume de Firemane, enquanto King of Ambers e King of Flames serão o segundo e terceiro, respetivamente. Uma nova trilogia de um dos autores mais importantes no que à literatura fantástica diz respeito, Raymond E. Feist, que conta já com 9 livros publicados em Portugal e que começa agora a navegar em novos mares depois de trinta anos dedicados ao The Riftwar Cycle.

Resultado de imagem para raymond e. feist art
Fonte: https://www.pinterest.co.uk/ledmachine/midkemia/
Anúncios

A Divulgar: “Alias Vol. 4” pela G Floy Studio

Chega amanhã a quiosques e livrarias de todo o país o quarto e último volume da série protagonizada por Jessica Jones, ALIAS, com argumento de Brian Michael Bendis e ilustrações de Michael Gaydos. Trata-se da história que conta a origem secreta da personagem, e portanto, o arco que mais diretamente influenciou a série de TV da Netflix. Este volume é considerado por muitos o melhor da saga e revela as origens dos super-poderes da heroína, juntando todas os fios narrativos dos volumes anteriores numa só direção, um verdadeiro “romance gráfico” em vez de uma série de comics, no que confluem os mais variados géneros: super-heróis, crime e policial, romance…

Na primeira parte do volume (números #22-23), Michael Gaydos destaca-se ao apresentar um flashback que transporta o leitor para o passado de Jessica com um desenho completamente diferente do normal, que evoca o estilo Marvel antigo, contando as origens dos poderes de Jessica e a sua vida no mesmo liceu em que foi colega de Peter Parker. Depois de tal introdução, a história chega ao seu ápice, com a intervenção dramática Homem-Púrpura.

As histórias incluídas neste volume foram nomeadas para dois Prémios Eisner em 2004, Melhor Série em Continuação e Melhor Arco de História. Não percam, por todas estas razões, a conclusão desta série, e lembrem-se… Jessica Jones regressará para o ano, em mais uma série de volumes.

https://cld.pt/dl/download/00cffc74-a86e-4d32-8125-35e6c12fcc87/Alias%20vol.%204/PT%20Alias%204%20%5BMucha%5D%20Cover%20Hi-Res_v2.jpg

SINOPSE:

AS ORIGENS SECRETAS DE JESSICA JONES, a história que inspirou a primeira temporada da série da NETFLIX!

Jessica Jones é uma detective privada implacável, e o submundo negro do Universo Marvel é o seu território, como vimos em três volumes de casos complexos, muitos dos quais envolveram super-heróis. Mas nem sempre foi assim.

Em tempos, Jessica foi ela também uma super-heroína, e aqui, pela primeira vez, descobriremos os seus segredos – como ganhou os seus poderes, como se tornou numa heroína, e o momento terrível e negro da história do Universo Marvel que mudou a sua vida para sempre. Com muitos convidados especiais, desde o Homem-Aranha e Jean Grey, aos Vingadores e ao temível Killgrave.

ALIAS volume 4

Brian Michael Bendis e Michael Gaydos

Reúne os #22-28 da série original de ALIAS

Álbum, formato comic, 176 pgs a cores, capa dura. PVP: 14,99€

ISBN: 978-84-16510-49-8

PREVIEWS:

A Divulgar: “The Warrior Bards” de Juliet Marillier em 2019

A famosa autora da trilogia Blackthorn & Grim e da série Sevenwaters está a trabalhar numa nova série de fantasia adulta, conhecida até agora como The Warrior Bards. É o tão esperado regresso de Juliet Marillier, uma escritora com provas dadas no género. Foi através do seu blogue que a autora neo-zelandesa revelou que o primeiro volume desta nova série, porém, só chegará às livrarias norte-americanas em 2019. O que significa que demorará ainda bastante até o público nacional ter acesso ao novo trabalho de uma das suas escritoras de eleição no género.

Publicada pela Penguin, a nova série de Juliet Marillier terá uma carga histórica e algumas ligações com anteriores séries da autora. Harp of Kings, o primeiro volume, será protagonizado por dois irmãos, Liobhan e Brocc, que competirão com dezenas de guerreiros por um papel de destaque na elite bélica de uma ilha ao norte da Irlanda, a Ilha Swan. Por agora, os fãs nacionais da autora podem adquirir a mais recente edição de A Filha da Floresta, lançada em outubro deste ano pela Editorial Planeta, ou O Covil dos Lobos, último volume de Blackthorn and Grim, publicado em julho.

Resultado de imagem para JULIET MARILLIER ART
Fonte: http://fairytalenewsblog.blogspot.pt/2014/06/aussies-n-fairy-tales-week-juliet.html

 

A Divulgar: Nova Série de R. A. Salvatore em 2018

Child of a Mad God é o título do próximo livro de R. A. Salvatore, que será publicado pela Tor Books em fevereiro de 2018. Ao contrário do que se podia pensar, esta nova série não é passada no mundo do elfo negro Drizzt Do’Urden, mas num mundo completamente novo.

A nova história, cuja série chamar-se-á The Coven, é protagonizada pela filha de uma bruxa, nascida sob a Lua de Sangue, que se encontra sozinha com uma tribo de bárbaros ferozes. A intenção da editora passa por garantir os velhos fãs de Salvatore, assim como angariar uma nova leva de leitores. A capa do primeiro volume é da autoria de Larry Rostant.

A Divulgar: Ilustrações de “Oathbringer” de Brandon Sanderson

Oathbringer é o título do tão aguardado terceiro volume de The Stormlight Archive, a obra-prima de Brandon Sanderson que tem deixado os fãs em grande ansiedade. A edição americana chegou finalmente às bancas, e um dos detalhes que tem feito mais sucesso tem sido a ilustração do livro. Para além da fantástica capa de Michael Whelan, o livro conta com ilustrações de Dan dos Santos (que já havia ilustrado a Edição Comemorativa dos 10 anos de O Nome do Vento) e de Howard Lyon, que destacam alguns dos personagens mais lendários da história.

Os dois primeiros desenhos, trabalho de Dan, representam Ishtar e Shalash, enquanto as duas obras de Lyon ilustram Jezerezeh e Vedeledev. Os quatro personagens são Heralds, uma facção mística de Roshar que, exaustos pelo sem-número de batalhas, puseram um ponto final nas guerras contra os enigmáticos Voidbringer, comunicando ao mundo a sua vitória.

Figuras de destaque na mitologia, os Heralds fundaram a Ordem dos Knight Radiants, na qual cada uma das suas dez secções seria dedicada aos Heralds originais, onde cada um exerce um par de artes mágicas que poderiam ser combinadas entre si. Segundo consta, os Heralds regressarão quando chegar a hora de lutar contra a Desolação, mas tanto eles como a ordem que fundaram terão desaparecido. Significarão estas ilustrações que estão de regresso?

 

A Divulgar: Amazon Ganha Série de “O Senhor dos Anéis” 

Após várias semanas de rumores sobre uma possível adaptação da obra de J. R. R. Tolkien para o pequeno ecrã, as negociações entre a Amazon Studios e a Warner Bros resultaram num comunicado por parte dos responsáveis da Amazon, numa press release em nome de Sharon Tal Yguado, uma das mentes criativas da empresa, que garantiu a aquisição dos direitos de adaptação da obra de Tolkien. Assim, a Terra Média será mesmo o cenário de uma nova série televisiva. A luta contra outras companhias gigantes do meio, como a HBO ou a Netflix, foi ganha, permitindo à Amazon trabalhar o material apresentado em O Hobbit, O Silmarillion ou O Senhor dos Anéis.

Para além de não esconder a empolgação de adaptar a obra, Sharon revela uma honra indescritível por trabalhar no projeto. Sabe-se também que a série não narrará os eventos dos filmes ou dos livros, mas a ação que precede o volume inaugural, A Irmandade do Anel, com base nos escritos do autor britânico, pelo que se poderá chamar de uma prequela. A Tolkien Estate and Trust, a HarperCollins e a New Line Cinema serão as parceiras para o arranque do projeto. Para já, resta saber para quando avançará o piloto e quem dirigirá o mesmo. 

A Divulgar: “Saga do Império Malazano” Terá Sequela

Steven Erikson é o autor da série Malazan Book of The Fallen, traduzida para português pela Saída de Emergência como Saga do Império Malazano. Aparentemente imerso na escrita da Trilogia Kharkanas, uma prequela que ocorre 300 mil anos antes dos eventos narrados em Jardins da Lua, o autor canadiano anunciou que se encontra a preparar uma nova trilogia, chamada Toblakai, que será uma continuação da série principal. De realçar que a saga tem 10 livros como coluna vertebral, iniciados com Jardins da Lua, mas tanto Erikson com Ian C. Esslemont têm escrito vários livros e pequenas séries como ramificações da mesma.

A Trilogia Kharkanas, em que Erikson se encontrava a trabalhar, conta já com dois livros publicados, Forge of Darkness e Fall of Light, narrando as raízes dos Tiste Andii, entre outros. O último volume da trilogia, Walk in Shadow, pode ter que esperar então para ser publicado. The God is not Willing é o título do primeiro volume da Trilogia Toblakai, que será focada no personagem Karsa Orlong logo após os eventos com que a Saga do Império Malazano é encerrada.

Entretanto, Steven Erikson encontra-se também envolvido em outros projetos literários, como o terceiro volume da sua space opera Wildfuld Child intitulado The Search For Spark e ainda um romance stand-alone de ficção científica chamado Rejoice, A Knife to the Heart. Ótimos motivos para continuar a acompanhar o trabalho deste autor que, no nosso país, tem já publicados os livros Jardins da Lua e a primeira parte de Os Portões da Casa dos Mortos.

Sem Título
Fonte: http://malazan.wikia.com/wiki/Karsa_Orlong

 

A Divulgar: Joe Abercrombie Revela Novo Título

Já se sabe que Joe Abercrombie está a escrever uma nova trilogia passada 30 anos após os eventos narrados em A Primeira Lei. Ainda falta bastante, porém, para que a nova série veja a “luz das bancas”, uma vez que a Gollancz apenas prevê publicar o primeiro volume em maio de 2019. No entanto, o autor britânico tem demonstrado uma grande proximidade com o público, revelando em primeira mão vários detalhes interessantes sobre a trilogia. Um deles, o facto de ter conseguido escrever o manuscrito para o segundo livro, com 175 mil palavras, mais a revisão do mesmo, em apenas seis meses.

A nova trilogia trará de volta várias personagens já conhecidas dos leitores de A Primeira Lei, introduzindo novos personagens como não poderia deixar de ser, ambientando a União numa espécie de Era Industrial. A mais recente novidade do autor é mesmo o título do primeiro volume. Chamar-se-á A Little Hatred, que poderá ser traduzido à letra como Um Pequeno Ódio. Enquanto não saem mais novidades sobre esta nova série, não seria mal pensado que alguma editora portuguesa voltasse a apostar em outros livros do autor britânico, cujo trabalho tem sido reconhecido em todo o mundo.

Sem Título
Fonte: http://www.elperiodico.com/es/ocio-y-cultura/20170122/abercrombie-cuentos-filos-mortales-5727342

 

 

A Divulgar: “A Súbita Aparição de Hope Arden” vence o World Fantasy Awards 2017

O World Fantasy Society é uma convenção anual que decorre em San Antonio, no Texas, que coroa as melhores obras de fantasia nos mais diferentes formatos. O World Fantasy Award de Best Novel presenteou, este fim de semana, o livro A Súbita Aparição de Hope Arden, da britânica Claire North. A história de uma rapariga de quem todos se esquecem foi publicada em Portugal pela Saída de Emergência e vence assim um prémio importantíssimo na área da Ficção Especulativa.

A autora estará presente na edição deste ano da ComicCon Portugal, a convite da organização e da editora, que já havia publicado o ano passado o romance da autora As Primeiras Quinze Vidas de Harry August. Este novo livro, A Súbita Aparição de Hope Arden, está no top de recomendações aqui do NDZ, pois não só foi a melhor leitura do ano até agora como foi o único livro que pontuei com 10/10 em 2017. Como tal, só posso dizer que o prémio é merecidíssimo. Parabéns à autora e à editora que teve a coragem de a publicar em português.

A Divulgar: Catálogo Bang! 2018

Que a Coleção Bang! é a chancela de qualidade no que diz respeito à literatura fantástica em Portugal, poucos são os que duvidam. A coleção da Saída de Emergência possui os melhores livros de Ficção Especulativa publicados em português de Portugal, incluindo nomes como os de George R. R. Martin, Anne Bishop, Robin Hobb e Brandon Sanderson, entre muitos outros. No Festival Bang! que ocorreu no passado dia 28 de outubro, em Lisboa, foram divulgadas algumas das novidades que a editora reserva para o próximo ano. Difícil será suplantar a qualidade dos produtos lançados em 2017, onde Espada de Vidro de Victoria Aveyard, Os Portões da Casa dos Mortos (Parte 1) de Steven Erikson e Sangue dos Elfos de Andrzej Sapkowski são as últimas grandes surpresas do ano.

Para 2018, a BD Monstress de Marjorie Liu e Sana Takeda ganhará o segundo volume, com o título O Sangue. Depois do sucesso de Despertar, o épico percurso de Maika Meiolobo continuará já no início do próximo ano. Quem receberá novas edições será Sonho Febril de George R. R. Martin, Carbono Alterado de Richard Morgan e Um Estranho Numa Terra Estranha de Robert A. Heinlein. Tanto o romance de vampiros do autor de A Guerra dos Tronos como os dois famosíssimos livros de ficção científica têm destaque no catálogo de 2018 da editora, vendo assim reconhecida a importância dos mesmos.

Sem título

The Power, o romance com que Naomi Alderman venceu este ano o Baileys Women’s Prize de Ficção (vê a notícia aqui), também será publicado em 2018. O livro mostra uma realidade alternativa em que os homens temem as mulheres, passado num mundo distópico futurista. Chegará também às bancas o terceiro e último volume da trilogia Área X, Aceitação. A publicação do último livro da série new weird de Jeff VanderMeer deverá coincidir com a estreia do filme que adapta o primeiro volume, Aniquilação, em fevereiro. Também Ray Bradbury ganhará espaço nas prateleiras Bang! Fahrenheit 451 será publicado pela Saída de Emergência, com data a definir.

E os fãs de Robin Hobb também terão motivos para sorrir. Depois de voltarem às aventuras de FitzCavalaria em 2017, com O Assassino do Bobo, a terceira série protagonizada pelo bastardo real de Torre do Cervo continuará em 2018, ano em que a autora estará presente em Portugal como a convidada de honra da segunda edição do Festival Bang!. A Saída de Emergência continua, porém, com a estratégia de manter apenas o primeiro livro das séries inteiro, dividindo os restantes. Contudo, ao invés de dar nomes novos às segundas metades, opta agora por manter o nome traduzido do original e chamá-los de Parte 1 e Parte 2. A Revelação do Bobo, Parte 1 é o próximo volume da Saga O Assassino e o Bobo.

Sem título

Sem título