7 Pais Que o Mundo da Fantasia Não Esquecerá

Dia 19 de março é o 78.º dia do calendário gregoriano. O dia em que a dinastia Sung terminou na China, a Suécia assinou a paz com Münster e os irmãos Lumiére filmaram o seu primeiro filme. É também o dia dedicado pela Igreja Católica a São José de Nazaré, esposo de Maria e pai de criação de Jesus Cristo. Por essa razão, foi estipulado como o dia internacional do pai.

Em homenagem a todos os pais, venho fazer um artigo dedicado àqueles que, embora ficcionais, deixaram um sentimento de afeição e calor paternal a todos os que os conheceram, através dos mais diversos livros de fantasia. São 7 pais que o mundo da fantasia não esquecerá. Personagens memoráveis que permanecerão na memória coletiva dos fãs do género. Se ainda não conheceste algum deles, do que estás à espera?

Sem título
Denethor (Tiziano Baracchi)
DENETHOR

O pai de Boromir e Faramir, em O Senhor dos Anéis, famigerada trilogia de J. R. R. Tolkien, não é o melhor exemplo de um pai extremoso. Filho de Ecthelion II, foi Mordomo de Gondor, a posição de regência da nação humana nos tempos em que aguardaram pelo Rei prometido. Denethor II casou com Finduilas, a filha de Adrahil de Dol Amroth, e do seu matrimónio nasceram Boromir e Faramir.

A predileção de Denethor pelo primogénito, Boromir, era evidente. Por sua vez, desdenhava do filho mais novo, que era muito próximo de Gandalf. A morte do filho mais velho tornou-o ainda mais céptico em relação a Faramir, que ainda assim viria a substituí-lo como regente de Gondor. Durante algum tempo, Denethor usou a bola Palantír, o que tornou mais frágil e o levou à loucura. Já debilitado mentalmente pela morte de Boromir, e ao julgar que também Faramir estava condenado, este pai viria a falecer ao queimar-se com a Palantír nas mãos durante o Cerco de Gondor.

Sem título
Príncipe Cavalaria (Myblack em deviantart)
PRÍNCIPE CAVALARIA

Apesar de a narrativa se iniciar com este personagem morto, a Saga do Assassino de Robin Hobb não seria a mesma se ele não tivesse existido. O Príncipe Cavalaria era o substituto natural do Rei Sagaz no trono dos Seis Ducados, uma vez que era o filho mais velho. Tendo como irmãos os príncipes Veracidade e Majestoso, Cavalaria era respeitado por todos e visto como um homem de valores e princípios. Daí que tenham sido surpreendentes os boatos e a confirmação de uma traição e da existência de um bastardo. Trata-se de Fitz, o protagonista da história.

Cavalaria assumiu a traição e colocou à disposição o seu lugar hereditário, pelo constrangimento que isso conferia ao reinado e à esposa. O príncipe era casado com a Dama Paciência, que nunca lhe havia conseguido dar filhos. Por conseguinte, após o seu desaparecimento, Paciência criou Fitz como o protocolo exigia, ainda que tenha vindo a ser Castro, um bom trabalhador e lealista ao príncipe, a vestir a pele de progenitor.

Sem título
Steven Deschain (Towerwikia)
STEVEN DESCHAIN

O pai de Roland, o protagonista da saga A Torre Negra de Stephen King, foi um pistoleiro bastante poderoso na terra de Gilead. Era um descendente de Arthur Eld, o ancestral que fundara aqueles domínios e uma clara alusão ao célebre Rei Artur do Ciclo Bretão. Filho de Deirdre e Alaric Deschain, Steven era um líder entre os pistoleiros.

Casou-se com Gabrielle, de quem viria a ter um filho, Roland. Apesar de tentar formar o filho nas leis dos pistoleiros, Roland revelou-se uma desilusão, acabando por derruir todas as suas expectativas. Na verdade, Roland descobrira que a mãe e um dos seus homens de confiança, Marten Broadcloak, eram amantes. Tentou alertar o pai para a traição, mas este nunca lhe deu ouvidos, o que resultou na sua morte. Roland, porém, regeu-se durante toda a vida pelos seus conselhos, e uma das suas máximas é: não te esqueças do rosto do teu pai.

Sem título
James Potter (Michelle Winer)
JAMES POTTER

Criado por J. K. Rowling, James é o pai de Harry Potter na famosa série de fantasia com o mesmo nome. Estudou em Hogwarts com aquela que viria a ser a sua esposa, Lilian, e os seus melhores amigos eram Sirius Black, Remus Lupin e Peter Pettigrew. Sempre fora apaixonado por Lilian, embora ela mostrasse especial predileção pelo seu amigo Severus Snape.

James e Lilian casaram após saírem de Hogwarts, vindo a juntar-se à Ordem da Fénix onde revelaram um papel fundamental no apoio a Dumbledore. Posteriormente, teriam o seu único filho, Harry, que viria a tornar-se uma peça capital para a salvação da Ordem e da própria escola de magia. Tal como a esposa, James viria a ser morto pelo terrível Lorde Voldemort.

Sem título
Ned Stark (io9)
NED STARK

Quem gosta de fantasia não esquece Ned Stark, o pai que todos gostariam de ter se vivessem em Westeros. Um dos protagonistas do volume inaugural das Crónicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin, Eddard “Ned” Stark foi sempre um homem íntegro e valoroso, de educação firme e mão de ferro. Apesar disso, ou também por isso, nunca deixou de amar os filhos e tratá-los com afeto e preocupação.

O patriarca dos Stark casou com Catelyn por amor, e ainda que todos julgassem que traíra a esposa e que dessa traição nascera Jon Snow – que viria a criar à sombra dos restantes filhos – Ned escondera um segredo terrível envolvendo a sua irmã Lyanna. Muito provavelmente, Ned manchou a sua honra para proteger a irmã. Ainda assim, a suposta traição foi perdoada por Catelyn, mesmo que esta nunca aceitasse o bastardo. Ned Stark foi vítima de uma armadilha cruel e morreu precocemente, mas todos nos recordamos da sua presença terna e da extrema afeição para com os filhos Robb, Jon, Sansa, Arya, Bran e Rickon.

Sem título
Arliden e Laurian (Corade Laurian em deviantart)
ARLIDEN

Arliden, o Bardo, é um personagem importante das Crónicas do Regicida de Patrick Rothfuss. Pai do protagonista, Kvothe, tem destaque no primeiro terço do livro O Nome do Vento, revelando-se um Edema Ruh de renome, famoso pelas suas cantigas de maldizer e por liderar uma trupe que se passeia de terra em terra para entreter os locais.

Esposo de Laurian, a filha de um nobre, é descrito pelo próprio filho como o melhor cantor e ator que este já viu. Dono de um humor mordaz e de feições afáveis, Arliden educou Kvothe com o máximo de subtileza e profundidade, vindo a preocupar-se com o dom inusitado do filho em aprender rapidamente. Em busca de uma nova música, Arliden colige vários relatos sobre o mito do Chandrian, o que vem a despertar atenções e resulta na sua morte, bem de como a da esposa.

Sem título
Jaime Lannister (Amok)
JAIME LANNISTER

Sei que já falei nas Crónicas de Gelo e Fogo, mas o Regicida é outro pai de quem nos lembramos facilmente. Ele teve três filhos com a sua irmã Cersei Lannister, ainda que estes tivessem sido criados por outro: o ébrio e fanfarrão rei Robert Baratheon.

Desde muito cedo que Jaime e Cersei estabeleceram uma relação de afinidade a roçar o erótico. Os irmãos sempre foram obcecados um pelo outro, da mesma forma que foram por si mesmos. Viram-se como o espelho um do outro – o espelho da perfeição. Apesar de nunca se preocupar em educar Joffrey, Tommen e Myrcela, Jaime sempre soube que eram seus filhos e, quando a vida levou um revés e o tornou mais humano, o que coincidiu com a perda de uma mão e a morte do filho mais velho, Jaime revelou-se mais preocupado com os outros filhos e com o real significado da palavra pai.

E vocês, têm algum “pai de estimação” no mundo da fantasia?

Prémios Nebula 2016 – Nomeados

Já são conhecidos os nomeados para os prémios mais cobiçados pelos autores norte-americanos de FC e fantasia de 2016. Os Prémios Nebula, organizados pela Science Fiction and Fantasy Writers of America, coroa os livros que mais se destacaram ao longo do ano anterior e coloca os seus autores nos píncaros do género.

Os nomeados na categoria Novel (Romance) são:

sem-titulo

All The Birds In The Sky, publicado pela Tor, é um livro de Ficção Científica que retrata o fim do nosso mundo na visão muito particular de Charlie Jane Anders.

SINOPSE:

From the editor-in-chief of io9.com, a stunning novel about the end of the world–and the beginning of our future

Childhood friends Patricia Delfine and Laurence Armstead didn’t expect to see each other again, after parting ways under mysterious circumstances during high school. After all, the development of magical powers and the invention of a two-second time machine could hardly fail to alarm one’s peers and families.

But now they’re both adults, living in the hipster mecca San Francisco, and the planet is falling apart around them. Laurence is an engineering genius who’s working with a group that aims to avert catastrophic breakdown through technological intervention into the changing global climate. Patricia is a graduate of Eltisley Maze, the hidden academy for the world’s magically gifted, and works with a small band of other magicians to secretly repair the world’s ever-growing ailments. Little do they realize that something bigger than either of them, something begun years ago in their youth, is determined to bring them together–to either save the world, or plunge it into a new dark ages.

A deeply magical, darkly funny examination of life, love, and the apocalypse.

sem-titulo

Publicado pela Saga Press, Border Line é o primeiro volume da série The Arcadia Project de Mishell Baker. Uma fantasia urbana bastante elogiada, com uma protagonista carismática e uma organização secreta de propósitos duvidosos.

SINOPSE:

A year ago, Millie lost her legs and her filmmaking career in a failed suicide attempt. Just when she’s sure the credits have rolled on her life story, she gets a second chance with the Arcadia Project: a secret organization that polices the traffic to and from a parallel reality filled with creatures straight out of myth and fairy tales.

For her first assignment, Millie is tasked with tracking down a missing movie star who also happens to be a nobleman of the Seelie Court. To find him, she’ll have to smooth-talk Hollywood power players and uncover the surreal and sometimes terrifying truth behind the glamour of Tinseltown. But stronger forces than just her inner demons are sabotaging her progress, and if she fails to unravel the conspiracy behind the noble’s disappearance, not only will she be out on the streets, but the shattering of a centuries-old peace could spark an all-out war between worlds.

sem-titulo

Segundo volume da série The Broken Earth, o livro de Ficção Científica The Obelisk Gate da nova-iorquina N. K. Jemisin apresenta uma história intensa cujas respostas para a salvação da civilização parecem residir nos antigos mistérios. Publicado pela Orbit.

SINOPSE:

The season of endings grows darker as civilization fades into the long cold night. Alabaster Tenring – madman, world-crusher, savior – has returned with a mission: to train his successor, Essun, and thus seal the fate of the Stillness forever.

It continues with a lost daughter, found by the enemy.

It continues with the obelisks, and an ancient mystery converging on answers at last.

The Stillness is the wall which stands against the flow of tradition, the spark of hope long buried under the thickening ashfall. And it will not be broken.

sem-titulo

Editado pela Solaris Books, Ninefox Gambit é o primeiro volume da trilogia The Machineries of Empire de Yoon Ha Lee, uma promissora voz no universo da FC norte-americana. Foi, de resto, a sinopse que mais me atraiu.

SINOPSE:

The first installment of the trilogy, Ninefox Gambit, centers on disgraced captain Kel Cheris, who must recapture the formidable Fortress of Scattered Needles in order to redeem herself in front of the Hexarchate.

To win an impossible war Captain Kel Cheris must awaken an ancient weapon and a despised traitor general.

Captain Kel Cheris of the hexarchate is disgraced for using unconventional methods in a battle against heretics. Kel Command gives her the opportunity to redeem herself by retaking the Fortress of Scattered Needles, a star fortress that has recently been captured by heretics. Cheris’s career isn’t the only thing at stake. If the fortress falls, the hexarchate itself might be next.

Cheris’s best hope is to ally with the undead tactician Shuos Jedao. The good news is that Jedao has never lost a battle, and he may be the only one who can figure out how to successfully besiege the fortress.

The bad news is that Jedao went mad in his first life and massacred two armies, one of them his own. As the siege wears on, Cheris must decide how far she can trust Jedao–because she might be his next victim.

sem-titulo

Pelas mãos da Tor, a autora Nisi Shawl publicou em setembro do último ano o romance Everfair, uma mistura de fantasia, distopia e steampunk. A par do nomeado anterior, parece-me uma das histórias mais aliciantes deste núcleo de nomeados, apesar de não estar muito bem cotada no GoodReads.

SINOPSE:

An alternate history / historical fantasy / steampunk novel set in the Belgian Congo, from noted short story writer Nisi Shawl.

Everfair is a wonderful Neo-Victorian alternate history novel that explores the question of what might have come of Belgium’s disastrous colonization of the Congo if the native populations had learned about steam technology a bit earlier. Fabian Socialists from Great Britian join forces with African-American missionaries to purchase land from the Belgian Congo’s “owner,” King Leopold II. This land, named Everfair, is set aside as a safe haven, an imaginary Utopia for native populations of the Congo as well as escaped slaves returning from America and other places where African natives were being mistreated.

Shawl’s speculative masterpiece manages to turn one of the worst human rights disasters on record into a marvelous and exciting exploration of the possibilities inherent in a turn of history. Everfair is told from a multiplicity of voices: Africans, Europeans, East Asians, and African Americans in complex relationships with one another, in a compelling range of voices that have historically been silenced. Everfair is not only a beautiful book but an educational and inspiring one that will give the reader new insight into an often ignored period of history.

Os nomeados nas outras categorias são:

Novella (Novela)

Runtime, S.B. Divya (Tor)

The Dream-Quest of Vellitt Boe, Kij Johnson (Tor)

The Ballad of Black Tom, Victor LaValle (Tor)

Every Heart a Doorway, Seanan McGuire (Tor)

The Liar, John P. Murphy (F&SF 3-4/16)

A Taste of Honey, Kai Ashante Wilson (Tor)

Novelette (Noveleta)

The Long Fall Up, William Ledbetter (F&SF 5-6/16)

Sooner or Later Everything Falls Into the Sea, Sarah Pinsker (Lightspeed 2/16)

Blood Grains Speak Through Memories, Jason Sanford (Beneath Ceaseless Skies 3/17/16)

The Orangery, Bonnie Jo Stufflebeam (Beneath Ceaseless Skies 12/8/16)

The Jewel and Her Lapidary, Fran Wilde (Tor)

You’ll Surely Drown Here If You Stay, Alyssa Wong (Uncanny 5-6/16)

Short Story (Conto)

Our Talons Can Crush Galaxies, Brooke Bolander (Uncanny 11-12/16)

Seasons of Glass and Iron, Amal El-Mohtar (The Starlit Wood)

Sabbath Wine, Barabara Krasnoff (Clockwork Phoenix 5)

Things With Beards, Sam J. Miller (Clarkesworld 6/16)

This Is Not a Wardrobe Door, A. Merc Rustad (Fireside Magazine 1/16)

A Fist of Permutations in Lightning and Wildflowers, Alyssa Wong (Tor)

Welcome to the Medical Clinic at the Interplanetary Relay Station / Hours Since the Last Patient Death:o, Carolina M. Yoachim (Lightspeed 3/16)

Guião Audiovisual (Prémio Ray Bradbury)

Arrival

Doctor Strange

Kubo and the Two Strings

Rogue One: A Star Wars Story

Westworld: The Bicameral Mind

Zootopia

Romance Juvenil (Prémio Andre Norton)

The Girl Who Drank the Moon, Kelly Barnhill (Algonquin)

The Star-Touched Queen, Roshani Chokshi (St. Martin’s)

The Lie Tree, Frances Hardinge (Macmillan UK; Abrams)

Arabella of Mars, David D. Levine (Tor)

Railhead, Philip Reeve (Oxford University Press; Switch)

Rocks Fall, Everyone Dies, Lindsay Ribar (Dawson)

The Evil Wizard Smallbone, Delia Sherman (Candlewick)

Fontes: Locusmag / Goodreads