Estive a Ler: Criminal #1


Tracy não tinha de o matar… mas alguns tipos merecem morrer.

O TEXTO SEGUINTE ABORDA O PRIMEIRO VOLUME DA SÉRIE CRIMINAL (FORMATO BD)

Criminal é uma das séries mais elogiadas da banda desenhada atual, num abordagem singular ao noir e ao policial e às suas principais qualidades, o visceral, o realista e o consistente. É também considerada a obra maior de uma das maiores duplas de criadores de comics de sempre, ou não estivéssemos a falar de Ed Brubaker e Sean Phillips. Ao longo de mais de uma década, os dois têm vindo a contar histórias passadas neste universo.

Sem uma ordem de leitura, as histórias de Criminal são imensas e esparsas, mas acabam por se passar nos mesmos locais, tendo os protagonistas propósitos e motivações muito semelhantes. As duas histórias apresentadas neste primeiro volume são “Cobarde” e “Lawless”, nome este que pode ser traduzido por fora-da-lei mas que a G Floy Studio optou por não traduzir uma vez que é também o apelido do personagem principal da narrativa. O primeiro volume inclui os números #1 a #10 da publicação original.

Sem Título 3
Fonte: G Floy Studio

Criminal é uma série que não segue uma história contínua nem o mesmo grupo de protagonistas. Neste verdadeiro puzzle literário, a cidade de Center City e os crimes são a constante, as personagens as variáveis. É aqui que Ed Brubaker e Sean Phillips, que já maravilharam os seus leitores com obras como The Fade Out: Crepúsculo em Hollywood ou Fatale podem introduzir toda a sua criatividade.

Criminal dispara o gatilho em cada história e cada uma acerta no leitor com a sua dose de perseguição, violência, carne e sangue a rodos.”

Pessoalmente tive dificuldade em ligar-me à primeira história e às suas personagens, mas acabei por, a pouco e pouco, me deixar levar pela toada mais crua e pouco intimista das mesmas. Criminal é um todo frívolo cheio de contrariedades, em que as personagens acabam por ser obrigadas a seguir certas linhas de comportamento que, de uma forma ou de outra, as levam à violência. Achei a segunda história mais empática, mas com os mesmos ingredientes.

Sem Título
Fonte: G Floy Studio

Leo Patterson é o protagonista da primeira história, “Cobarde”. Apesar de viver com os fantasmas do seu passado na cabeça, é um ás a planear golpes perfeitos e conseguir fazê-lo com distinção é um ponto de partida para o fazer, uma e outra vez. É uma desconstrução interessante para o cliché da história de assalto. Entre a necessidade de provar que não é um cobarde e a obsessão em não voltar ao presídio, Leo vive uma dicotomia e tanto.

A segunda história é encabeçada por Tracy Lawless, que regressa a Center City quando o irmão é assassinado, depois de se ter alistado nas Forças Armadas e se ter afastado daquela cidade e de todas as suas lembranças. O que ele quer agora? Vingança para os Lawless, uma família que, a reboque do nome, tem as mãos manchadas de sangue. Mas ninguém sabe quem ele é quando ele começa a unir as peças e se introduz no submundo do crime.

Sem Título 3
Fonte: G Floy Studio

Estamos então perante uma cidade escura e repleta de crimes, uma cidade do pecado em que, de uma forma ou de outra, todos são arrastados para a violência da mesma, seja por intenção, consequência dos seus atos, ou dos atos de outrem. Criminal dispara o gatilho em cada história e cada uma acerta no leitor com a sua dose de perseguição, violência, carne e sangue a rodos. 

Dura e crua, esta é uma série que não me parece de fácil entrosamento. As histórias não são grandes e é preciso alguma atenção especial para não se sentir perdido ou se esquecer delas. Não tendo gostado tanto como de The Fade Out, acabei por me deixar envolver por esta aura do noir e do policial dos anos 80, que sempre exerceu grande fascínio em mim enquanto leitor. Como diria alguém que eu conheço, tem sarcasmo, pistolas e mulheres nuas, portanto é bom!

Avaliação: 8/10

Criminal (G Floy Studio Portugal):

#1 Livro Um

#2 Livro Dois

#3 Livro Três

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close