A Iniciar…

O Notícias de Zallar é um site de divulgação literária. Aqui podes estar por dentro de tudo o que de melhor é feito e publicado no segmento Ficção Especulativa em Portugal (e não só) e conhecer um pouco do meu trabalho e dos meus ídolos. Segue-me no facebook, no twitter e no instagram e fica a par de todas as novidades.

EM DESTAQUE

A Divulgar: “Lisboa Oculta” pela Imaginauta

Sem Título

Sim, sim, sim, lancem os foguetes! Será em breve lançado mais um livro com uma participação minha. Trata-se de uma antologia com um formato um pouco diferente do habitual, pois trata-se, vejam só, de um guia turístico. A história que eu escrevi destrinça o passado secreto da Estação de Santa Apolónia e um pouco da sua História, tanto aquela que as enciclopédias conhecem, como aquela que só alguns podem sequer imaginar. A edição terá ilustrações lindíssimas dos Credo quia Absurdum. Acham que conhecem bem Lisboa? Pois eu digo-vos que não.

Este ano, durante o Fórum Fantástico 2018, que se realizará em Telheiras de 12 a 14 de outubro, será lançado o guia turístico Lisboa Oculta, que desbravará vários monumentos e ícones da nossa capital e mostrará o seu lado mais… oculto. Uma iniciativa fantasista das Edições Imaginauta com histórias de 13 autores, escritas em português e inglês, entre os quais eu me incluo, bem como vários nomes incontornáveis da Ficção Especulativa nacional, como Anton Stark, João Ventura e João Barreiros. Visitem ainda o site da Imaginauta para saberem mais sobre o It’s Alive 2018, uma maratona de escrita de contos de terror que acontecerá dia 6 de outubro em Marvila. [LER +]

ESTIVE A LER

O NDZ recomenda as seguintes leituras :

Estive a Ler: The Fade Out: Crepúsculo em Hollywood

Sem Título 3The Fade Out é um policial noir passado na Hollywood de 1948 que a G Floy nos traz este verão numa edição integral. Trata-se de uma história misteriosa que acompanha a investigação de um homicídio, sendo também o mais ambicioso romance gráfico até à data de dois dos mestres da banda desenhada noir, Ed Brubaker e Sean Phillips, com a ajuda da célebre colorista Elizabeth Breitweiser, com quem já haviam trabalhado na trilogia Velvet.

Entre aspirantes a estrelas, guionistas desesperados, o medo do FBI e a histeria do McCartismo, os doze números da edição original estão coligidos numa edição de luxo, complementada por mais de 50 páginas de extras, arte e informação adicionais, num total de 400 páginas. Os extras do livro incluem os processos criativos dos artistas, do argumento às cores, bem como artigos sobre a Hollywood da época. [LER +]

Estive a Ler: Nada Enfurece Mais Uma Mulher e Outros Contos de Mulheres Perigosas

mulheresGeorge R. R. Martin e Gardner Dozois são uma dupla famosa pelas suas antologias. Depois de Rogues, a Saída de Emergência trouxe até nós Dangerous Women, ambas divididas em dois volumes. Depois de ter publicado no ano passado a primeira parte, com o título Mulheres Perigosas, chega agora a continuação, Nada Enfurece Mais Uma Mulher e Outros Contos de Mulheres Perigosas, publicando-a no ano em que faleceu o prolífico Dozois.

Com tradução de Rui Azeredo e um total de 416 páginas, esta segunda parte inclui contos de Sherrilyn Kenyon, Robin Hobb e Diana Gabaldon, entre muitos outros. São dez contos que falam de personagens femininas fortes e dominadoras, pouco confiáveis. Dangerous Women traz até nós os melhores autores de ficção, da fantasia ao policial, passando pela ficção científica e o suspense. [LER +]

Estive a Ler: O Caminho das Mãos, Saga do Império Malazano #3

Sem TítuloO universo do Império Malazano foi criado por Steven Erikson e Ian C. Esslemont no início dos anos 80 para uma campanha de RPG, inspirado no jogo de mesa Dungeons & Dragons e na obra de Glen Cook, The Black Company, autor que viria a considerar Malazan Book of The Fallen uma obra-prima da imaginação. O livro inaugural, da autoria do canadiano Steven Erikson, demorou dez anos até encontrar a receptividade de uma editora, mas Jardins da Lua foi apenas o início de uma trilha indelével, marcada pelo sucesso.

Lançado no ano 2000, Deadhouse Gates veio agigantar o género fantástico em geral e a Saga do Império Malazano em particular. Dezoito anos depois, a obra chega ao nosso país numa versão dividida pelas mãos da Saída de Emergência, fazendo desta uma das séries mais fortes da Coleção Bang! dos últimos anos. Com um total de 496 páginas, tradução de Carol Chiovatto e adaptação de Susana Clara, O Caminho das Mãos é o terceiro volume da versão portuguesa de Malazan Book of The Fallen, após a publicação de Os Portões da Casa dos Mortos em novembro de 2017. [LER +]

Especial

Artigos mais populares na categoria Especial:

Especial: Os Grandes Mistérios de Patrick Rothfuss

Sem Título

Tenham ou não lido algum dos seus livros, o nome Patrick Rothfuss é bem familiar para qualquer fã de fantasia. Aquele sujeito misterioso que parece fazer um cosplay do Hagrid de Harry Potter em cada aparição, é tão somente um dos mais talentosos autores da literatura fantástica mundial. Um dos mais amados e odiados. Amado por uns, odiado por outros, e muitas vezes, amado e odiado pelos mesmos. O motivo? Pat Rothfuss é dono de uma escrita capaz de envergonhar alguns poetas célebres, o seu personagem central é um dos mais carismáticos do multiverso fantástico e a sua história está carregada de mistérios e charadas. O problema? Só publicou 3 livros, um deles sendo um mero spin-off sem relevância aparente, e parece ter deixado todas as respostas para o último e eternamente adiado volume final da sua série.

A trilogia que se predispôs a escrever é conhecida em Portugal como Crónica do Regicida, cuja ideia passa por apresentar um anti-herói no outono da vida, a gerir uma estalagem vulgar numa povoação remota. A personagem esconde a sua verdadeira identidade do mundo que o julga morto, pois as suas façanhas despertaram inimigos tenebrosos da mesma forma que inspiraram canções e lendas. Quando salva a vida a um cronista que por ali passava, porém, resolve a contar a sua verdadeira história para que fique registada, e cada um dos três volumes corresponde a cada um dos três dias que ele leva a narrar os acontecimentos que constituirão a sua inusitada biografia. [LER +]

Especial: Vamos Falar Sobre “The Witcher” de Andrzej Sapkowski

Imagem relacionadaQuem esteve presente na edição de 2017 da ComicCon Portugal certamente encontrou filas à espera de ver os seus livros assinados. E uma delas dava para um velhote de ar amigável que fazia os fãs (des)esperarem enquanto provava mais um trago de vinho, antes do tradicional autógrafo. Andrzej Sapkowski é um dos autores de fantasia mais conhecidos em todo o mundo, muito por conta da popularidade que as suas criações alcançaram através do videojogo The Witcher, adaptação da obra literária com o mesmo nome. O autor polaco vê a sua obra atualmente a ser traduzida pela Edições Saída de Emergência, que já se encontra a promover o quarto volume da franquia, numa altura em que a Netflix está a preparar a adaptação dos livros para uma série de televisão.

Se os primeiros dois livros, O Último Desejo (O Terceiro Desejo na mais recente edição da Saída de Emergência) e A Espada do Destino oferecem uma estrutura episódica, com vários contos que nos dão a conhecer o mundo de Geralt de Rivia e as várias aventuras que deram fama e prestígio ao famoso bruxo e caçador de monstros, o livro O Sangue dos Elfos iniciou a história propriamente dita. Depois de dois livros divididos em contos, mais ou menos aleatórios, o terceiro volume desenvolveu a narrativa iniciada nos últimos contos de A Espada do Destino, embrenhando as personagens mais carismáticas da série num conflito à escala global e obrigando-as a unir esforços na protecção de uma pequena princesa dada como morta pela sociedade. [LER +]

Especial: “O Reino dos Antigos” de Robin Hobb

Sem título

Há artigo especial dedicado à rainha da fantasia épica? Há sim. Sentem-se nas cadeiras, amarrem os cintos e encomendem as pipocas, porque vamos ter muito do que falar. Publicada em Portugal pela Edições Saída de Emergência, a série Realm of the Enderlings tem encantado leitores em todo o mundo, e o NDZ está disposto a escrutinar o mundo que levou Robin Hobb a ser considerada essa coca-cola toda. FitzCavalaria Visionário, um dos protagonistas, carrega aos ombros uma coleção literária a que nenhum fã de literatura fantástica consegue ficar indiferente.

O Reino dos Antigos divide-se em 5 trilogias, sendo que em Portugal só conhecemos a 1.ª, a 3.ª e a 5.ª (a ser publicada atualmente). Nomeadamente, as séries protagonizadas por FitzCavalaria. A Saída de Emergência tem publicado cada uma das trilogias em 5 livros, mantendo o primeiro volume de cada igual ao original e dividindo os restantes dois volumes. Vamos saber mais sobre este reino e sobre aquilo que o diferencia dos demais. [LER +]

A DIVULGAR

Artigos mais populares na categoria A Divulgar:

A Divulgar: “Fire and Blood” de George R. R. Martin em Novembro

Sem títuloBad news! George R. R. Martin confirmou que The Winds of Winter, o tão aguardado sexto volume das Crónicas de Gelo e Fogo, não sairá este ano. Mas… quem é que acreditava realmente que sairia? O autor norte-americano garantiu que retornará agora para a escrita do infindável livro, ainda que me pareça um milagre que ele venha a sair em 2019. Não obstante, o autor trouxe novidades para quem quer ler mais sobre o mundo de Westeros.

Fire and Blood é o nome do novo livro do escritor, que será lançado internacionalmente a 20 de novembro, pelas mãos da Bantam. Será uma história Targaryen passada 300 anos antes dos eventos de A Guerra dos Tronos, e será o primeiro volume de uma enciclopédia sobre aqueles icónicos personagens, contendo ilustrações de Doug Wheatley. [LER +]

A Divulgar: Ilustrações de “Oathbringer” de Brandon Sanderson

Cubiertas

Oathbringer é o título do tão aguardado terceiro volume de The Stormlight Archive, a obra-prima de Brandon Sanderson que tem deixado os fãs em grande ansiedade. A edição americana chegou finalmente às bancas, e um dos detalhes que tem feito mais sucesso tem sido a ilustração do livro. Para além da fantástica capa de Michael Whelan, o livro conta com ilustrações de Dan dos Santos (que já havia ilustrado a Edição Comemorativa dos 10 anos de O Nome do Vento) e de Howard Lyon, que destacam alguns dos personagens mais lendários da história.

Os dois primeiros desenhos, trabalho de Dan, representam Ishtar e Shalash, enquanto as duas obras de Lyon ilustram Jezerezeh e Vedeledev. Os quatro personagens são Heralds, uma facção mística de Roshar que, exaustos pelo sem-número de batalhas, puseram um ponto final nas guerras contra os enigmáticos Voidbringer, comunicando ao mundo a sua vitória. [LER +]

A Divulgar: “Elric de Melniboné” em Versão Ilustrada

f222b-elric2bde2bmelnibon25c325a92bpiotr2bjab25c52582o25c52584ski2b1

A sua primeira aparição num conto data de 1961, na revista Science Fantasy, mas foi onze anos mais tarde que o primeiro romance de Elric de Melniboné viu “a luz do sol”. Numa época marcada por heróis de capa e espada, Michael Moorcock criou um protagonista enfermiço, cheio de debates interiores e de comportamentos ambíguos. Elric de Melniboné tornou-se uma referência na literatura de género, ombreando com nomes sonantes como o cimério Conan ou o puritano Solomon Kane de Robert E. Howard, entre outros.

Publicado pela Edições Saída de Emergência em 2007, Príncipe dos Dragões é o título português do primeiro volume protagonizado por Elric of Melniboné. Influenciado por um poema de Bertold Brecht, Moorcock criou aquele que viria a tornar-se um dos personagens mais conceituados do género fantástico do último século. Em 2018, a editora americana Centipede Press, fundada em 2001 por Jerad Walters, traz ao mundo uma edição especial e ilustrada de um livro que conquistou milhões de fãs ao longo das décadas. A arte pertence ao polaco Piotr Jabłoński, artista conceitual famoso pelos tons lúgubres e cinzentos. [LER +]

FALA-SE DE

Artigos mais populares na categoria Fala-se de:

Resultado de imagem para taboo

Fala-se de: Taboo T1

Nascida da mente de Tom Hardy e do seu pai, Edward, Taboo é uma série de drama britânica produzida pelas produtoras Scott Free e Hardy Son & Baker para a BBC One e FX e escrita por Steven Knight, conhecido pela série Peaky Blinders. Taboo teve o seu lançamento no Reino Unido, na BBC One, no dia 7 de Janeiro de 2017, estreando três dias depois nos EUA. Um mês depois do seu lançamento, foi renovada para a segunda temporada, ainda por gravar.

Kristoffer Nyholm e Anders Engrstöm foram os directores da primeira temporada, quatro episódios cada, enquanto a banda sonora pertenceu a Max Richter. Desde logo os grandes holofotes da trama focaram-se em Tom Hardy, não só por o famoso actor que estrelou filmes como Mad Max: Fury Road ou The Dark Knigh Rises ser o autor da ideia original que serviu de base à história, como também por ser o protagonista. James Keziah Delaney é uma mistura inusitada de Sherlock Holmes com Hannibal Lecter, mas é muito mais do que isso… [LER +]

Imagem relacionada

 

Fala-se de: O Gerente da Noite T1

Baseada num romance de espionagem do escritor John le Carré, a minissérie britânica The Night Manager ganhou diversos Emmy e Globos de Ouro no ano passado. Editado originalmente em 1993, O Gerente da Noite é um exemplo da classe e do charme de le Carré no destrinçar do mundo pós-Guerra Fria. Na série, Jonathan Pine (Tom Hiddleston) é um ex-soldado britânico que seguiu a carreira como gerente noturno de um hotel de luxo, o Nefertiti, no Cairo.

O seu caminho cruza-se com o de Sophie (Aure Atika), uma bela mulher de origem árabe, que tem ligações com Richard Onslow Roper (Hugh Laurie), um inglês do mercado negro especializado em armas. Ela fornece a Pine documentos criminosos, que ele entrega a um amigo que pertence à diplomacia britânica. Quando Sophie aparece morta, Jonathan decide trabalhar disfarçado como parte de um plano de Angela Burr (Olivia Colman) contra Roper, para se vingar da morte da mulher. [LER +]

Resultado de imagem para infinity war

Fala-se de: Guerra do Infinito, Vingadores #3

Após 10 anos de produção contínua, o Universo Marvel domina o mercado cinematográfico e a prova é o sucesso estrondoso que títulos como Guardiões da Galáxia, Pantera Negra ou Doutor Estranho têm conhecido um pouco por todo o mundo. Guerra do Infinito é o culminar deste trabalho incrível, numa produção Marvel Studios com distribuição pela Walt Disney Studios Motion Pictures, direção de Anthony e Joe Russo e argumento de Christopher Markus e Stephen McFeely.

Ao longo dos anos, a Marvel foi aprendendo com os erros e percebendo aquilo que mais prendia o espectador às telas do grande ecrã: ritmo elevado e humor “fora da caixa”. A Guerra do Infinito traz exatamente isso, um fanservice incrível, ao unir a grande maioria dos super-heróis com um objetivo comum, para além de coabitar atores de primeira água de Hollywood com outros que despontam de séries de grande sucesso, como é o caso de Peter Dinklage (Game of Thrones), Danai Gurira e Ross Marquand (The Walking Dead). [LER +]

POST-IT

Artigos mais populares na categoria Post-It:

Itália 2018

IMG_20180824_091925.jpgE as férias de verão 2018 já acabaram por estes lados. Desde 2015 que Itália é o meu destino anual de férias, uma vez que é o país de origem da minha companheira e é a sua oportunidade de rever familiares e amigos. Costumamos fazê-la no outono, mas este ano “calhou” no verão e acabaram por ser duas semanas bem intensas, apesar de ter conseguido também descansar um pouco do ritmo quotidiano e visitar uma cidade que queríamos muito desbravar: Veneza. Os primeiros dias serviram essencialmente para matar saudades da família e (sim!) fazer shopping. Logo à chegada a Itália paramos no Orio Center em frente ao aeroporto e aproveitei para explorar uma loja LEGO, como não podia deixar de ser.

Ao segundo dia, já no shopping Globo, investiguei o que anda a sair em Itália no que diz respeito a literatura fantástica, e apesar de ter concluído com pesar que também ali são os YA e a literatura de cordel que vende, a pouca fantasia adulta que encontrei compensou bastante. Encontrei edições lindíssimas das Crónicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin, edições em capa dura da saga The Witcher de Andrzej Sapkowski, por lá já concluída, livros ilustrados e lindíssimos de Neil Gaiman, H.P. Lovecraft e até o Hyperion de Dan Simmons está publicado por lá. O que ali falta em quantidade, compensa em qualidade. [LER +]

Sci-Fi Lx 2018: Como Sobreviver ao Fim do Mundo?

IMG_20180715_183912_237.jpgDiz que o mundo acaba em Lisboa. O Sci-Fi Lx regressou em 2018 com o Armageddon como tema central. O habitual certame internacional dedicado à Ficção Científica voltou a realizar-se no Instituto Superior Técnico no fim de semana 14 e 15 de julho, e este ano tive o privilégio de dar uma palestra no Auditório Literatura, pelo que agradeço desde já à Editorial Divergência pelo incentivo e à organização do Sci-Fi Lx pela integração no evento. A minha palestra aconteceu no dia 15 pelas 15 horas, com o tema Como Sobreviver ao Fim do Mundo: O Apocalipse na Literatura.

Na apresentação, dei dicas sobre o que se pode fazer no caso de um Apocalipse nos apanhar de surpresa, de uma forma bem-humorada, e mostrei o que a literatura nos diz sobre o tema, de José Saramago a Neil Gaiman. Recomendei ainda alguns livros que tratam sobre facetas do Apocalipse, como The Road de Cormac McCarthy, The Stand de Stephen King, The Walking Dead de Robert Kirkman, The Last Man de Mary Shelley ou A Canticle for Leibowitz de Walter M. Miller, Jr, entre outros. Anunciei ainda que o NDZ terá um formato físico, de distribuição bianual, já a partir de setembro, onde farei um especial sobre o tema para quem não pôde estar presente. [LER +]

Feira do Livro de Lisboa 2018

IMG_20180605_145604.jpgComo não podia deixar de ser, voltei a marcar presença na Feira do Livro de Lisboa. A edição número 88 de um dos certames de literatura mais emblemáticos da cidade trouxe algumas novidades em relação aos anos anteriores, como a adição de mais espaços virados para a restauração bem como a expansão do evento por mais 3 mil metros quadrados. A colocação estratégica do auditório logo à entrada da feira pareceu-me uma boa medida, bem como a grande variedade de espaços logísticos ao longo do Parque Eduardo VII.

Este ano não consegui ir ao fim de semana, pelo que não me foi possível realizar o habitual encontro com bloggers amigos ou mesmo deparar-me com algum autor de renome durante a minha visita. Ainda assim, acabei por passar uma tarde muito agradável que começou cinzenta e ventosa mas que rapidamente se tornou quente e solarenga.  A 88.ª Feira do Livro de Lisboa decorre de 25 de maio até dia 13 de junho, sempre com várias atividades, 294 pavilhões, lançamentos, workshops e showcookings distribuídos estrategicamente pelo espaço verde e acolhedor com que o Parque Eduardo VII habitualmente nos oferece. [LER +]

AS ORIGENS DE ZALLAR

Resultado de imagem para fantasy concept art sand

Fica por dentro de As Origens de Zallar, um companion para o meu livro Espada que Sangra. Trata-se de uma série de artigos escritos entre 2014 e 2015 onde podes conhecer as minhas influências para a conceção da saga Histórias Vermelhas de Zallar. Podes também conhecer pormenorizadamente cada uma das personagens.

Lê aqui os artigos: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10

ONLINE E GRÁTIS

Lê o meu livro Língua de Ferro: Um Sacana Qualquer gratuitamente, informa-te sobre a conceção do livro através da minha nota de autor e conhece melhor o perfil das personagens.

Sem título

Lê aqui os capítulos: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33

NO AR PAIRA ALGO MALIGNO…

Resultado de imagem para concept art horror zombie

Adquire a antologia de terror paranormal da Editorial Divergência Os Monstros que nos Habitam e lê o meu conto de zombies A Maldição de Odette Laurie, o primeiro do livro. Podes conhecer aqui as personagens do conto.

PARCERIA “EDIÇÕES SAÍDA DE EMERGÊNCIA”

Já à venda (visita o site):

Sem Título

Nota: As imagens reproduzidas têm a devida fonte nos artigos a que correspondem.

 

Anúncios